Talentos: nova modalidade de galardões

Postado em
0

por Socorro Quirino

Breve história e objetivos 

A igreja Verbo da Vida usa, atualmente, um sistema de premiação para as crianças baseado na distribuição de balas e guloseimas, para incentivá-las a terem uma participação efetiva nos cultos, partindo do princípio de que tudo o que fazemos traz recompensas boas ou não, dependendo das ações que praticamos. 

Porém, esse sistema, por várias razões, não tem mais alcançado os objetivos almejados e, a atual forma de recompensas, não mais as motivam porque algumas delas podem comprar mais do que lhe são oferecidos. Hoje, também convivemos com o fato de que alguns pais, por motivo de saúde, preferem que seus filhos não participem desse tipo de premiação. 

Pensando assim, resolvemos adotar um sistema de galardão implantado na Igreja Verbo da Vida de Aracaju, através do Pastor Darren e Edma Wray, e que foi bem aceito pela comunidade infantil e pelos seus responsáveis: o Verbo Money.

Esse sistema de recompensas surgiu no coração do Pastor Darren Wray com o intuito de ensinar as nossas crianças a importância de congregar, o amor pela sua Bíblia e incentivar a boa participação nos cultos, além de ensinar também sobre organização financeira e princípios de economia (saber guardar em vez de sair gastando tudo com bobagens, esperando o tempo certo para comprar o que se deseja). Com o Verbo Money, as crianças aprendem também a compartilhar e entendem, na prática, princípios bíblicos como dízimos e ofertas.  

O galardão das nossas crianças era doce, mas considerando não ser o melhor para elas, em uma das suas idas aos Estados Unidos, o Pastor Darren conheceu um modelo de recompensa com etiquetas e, então, a ideia foi remodelada para o Verbo da Vida, em Aracaju, ganhando o nome de “VERBO MONEY”. 

Segundo informações da liderança, “Ao longo de mais de 10 anos de funcionamento, o Verbo Money tem sido um sucesso e temos colecionado diversos testemunhos de crianças que se ajudam para completar a quantia necessária do amiguinho, para que ele possa comprar o brinquedo desejado, como também, de crianças que levam bombom para dar aos colegas que ofertam o Verbo Money, além de crianças querendo dizimar com ele”.

O Projeto da Coordenação de Crianças Verbo da Vida a ser implantado na igreja busca reformular os galardões oferecidos às crianças pela sua participação nos cultos e, mais especificamente, mostrar a elas que suas atitudes de serviço e obediência ao Senhor podem ser recompensados segundo a Palavra:

Hebreus 11.6, “Deus é galardoador daqueles que o buscam”. O versículo estimula as crianças a estabelecerem metas para alcançar alvos espirituais e naturais e, por causa disso, serem premiadas através dos galardões, agora denominado de “Talentos”. Como também, baseado em I Coríntios 9.25-26 e Filipenses 3.14, desenvolver nelas habilidades naturais para administrarem seus próprios recursos, traçando prioridades e sendo responsáveis por controlá-los e investi-los com equilíbrio.

Por que “TALENTOS”?

O termo escolhido foi baseado em uma antiga moeda grega, tal como na “Parábola dos Talentos”, em Mateus 25, e teve como motivo uma maneira de associar à questão de contabilidade financeira sem ser, diretamente, ligada à ideia do dinheiro, para não gerar ambições negativas nas crianças.

Embora o nome Talento seja de uma moeda, a palavra possui outros significados no nosso idioma, tais como: “tudo aquilo que alguém consegue desenvolver” ou “dom, aptidão e habilidade distintos para se fazer algo específico”. 

Na parábola contada por Jesus, os talentos simbolizam aquilo que recebemos de Deus e que prestaremos contas. Caso utilizados de maneira correta, se multiplicados, seremos abençoados e recompensados.

Funcionamento

Os nossos “Talentos” serão notas personalizadas com três diferentes valores (seguindo a ideia da parábola): 01 Talento, 02 Talentos e 05 Talentos. E funcionarão da seguinte forma:

Para as faixas etárias entre 3 e 12 anos, as crianças serão recompensadas a cada culto com Talentos de acordo com uma tabela que determina os valores alcançados por elas, sendo que o valor máximo obtido, por culto, será 05 talentos. Quantos aos critérios de recompensa serão quatro de seu esforço pessoal, e um que dependerá da decisão de outra pessoa. Serão avaliados: chegada antes do horário de início do culto, trazer a Bíblia (impressa) para o culto, atividades, comportamento excelente e trazer colega(s) convidado(s) que não seja(m) da igreja. Cada critério terá o valor de 01 Talento.

Para a igreja que resolver adotar o sistema de Talentos, será interessante dispor de um móvel tipo vitrine para exibir os prêmios que serão trocados pela moeda e, também, estabelecer os cultos para as trocas. De preferência, mais de um culto para que não haja aglomeração por falta de opção. A igreja deve previamente estudar como será a manutenção dos prêmios para que as vitrines sempre tenham objetos para serem trocados.

Os Talentos terão a sua arte disponibilizada através da Coordenação de Crianças do Ministério Verbo da Vida, devendo assim ser um padrão para todas as igrejas que resolverem adotar o sistema monetário como premiação.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA