Submissão não é palavrão

Postado em
1

por Juliana Borba

Lembro-me de uma conversa que tive com o Pr. Bud. Eu era recém-casada,  quando o encontrei, em João Pessoa, e ele disse: “Menina, você discorda do seu marido?”, e eu respondi: Às vezes, pastor”.

Às vezes no casamento a gente discorda, a gente pensa diferente, mas isso faz parte. O que não faz parte é competirmos, medirmos força. Uma vez eu escutei a frase: “Você vai ter que decidir se vai ser feliz ou ter razão”. Tem gente que não discute porque não conversa, mas você casou para compartilhar a sua vida.


Eu lembro do Apóstolo Guto dizendo que casamento é uma mesa de negociação. Sozinho você é mais rápido, mas junto você vai mais longe. Não tem como a gente ser bem-sucedido no ministério e ter a nossa base destruída.

Vós, mulheres, estai sujeitas a vossos próprios maridos, como convém no Senhor. Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não vos irriteis contra elas. Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto é agradável ao Senhor. Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo. Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus. E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens, sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis” (Colossenses 3.18-24).

Este texto fala sobre relacionamento. Tudo o que você faz é para o Senhor, tudo o que você faz dentro de casa, no trabalho…  nossa vida é sobrenatural. Tudo o que fazemos é para o Senhor.

“Nós servimos ao Senhor, servindo Às pessoaS!”

Um bom lugar, para você ser um bom servo é dentro de casa. Para as mulheres, segundo o dicionário, ser submisso é ser dependente, obediente, dócil, amável, respeitoso, humilde, servil, submetido, sujeito. Ser submissa é algo importante, faz parte do nosso papel, como esposas, e nós fomos criadas para ser auxiliadoras. É você ser socorro, ser ajuda, ser resposta. Auxílio significa: acudir, amparar, ajudar, apoiar, assessorar, assistir, cooperar, contribuir, facilitar, socorrer, sustentar.

Guto disse que nunca é perda deixar de fazer o que você gostaria de fazer, para fazer o que Deus gostaria que você fizesse. Nós precisamos pegar isso, porque existe uma onda de empoderamento feminino. A primeira voz de autoridade na minha casa é o meu marido e meu filho precisa saber disso. O diabo está tentando saquear a nossa casa, mas o verdadeiro empoderamento feminino é dominar nossos pensamentos.

Existe uma onda de empoderamento feminino que está sendo destrutiva. O mundo está tentando macular a imagem do homem. Somos sim mulheres fortes, poderosas em Deus e grandes auxiliares!

Sabe, submissão não é palavrão!

 

*Trechos da mensagem em 17 de setembro de 2020 na Conferência de Ministros On-line -Segunda Edição 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA