Ative as notificações do céu

Postado em
1

por Perilo Borba

No tempo de Jesus ele utilizava parábolas com símbolos da época como pescaria e agricultura, hoje, podemos utilizar coisas mais modernas. Minha mensagem dessa vez é sobre um assunto que gosto muito: conexão. Trabalho diariamente com as mídias sociais e internet e sei o poder de estar bem conectado.

Se não tivermos cuidado, vamos deixar de ter um celular, um celular vai passar a ter a gente. Nada pode ter você. Um time de futebol não pode ter você, uma atividade, um hobbie, um esporte não podem ter você. Somente quem pode tê-lo é Deus. Ele nos fez propriedade exclusiva d’Ele e não podemos dar o lugar que é de Deus a nada mais, inclusive a um celular.

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu…” (Eclesiastes 3.1).

Existe tempo para se conectar e tempo para estar desconectado. Você não pode estar o tempo todo on-line, o tempo todo conectado, o tempo todo olhando uma mídia social.

A mensagem é que temos que ativar as notificações do céu.

Se você utiliza aplicativos, você está sempre recebendo notificações. Mas, para isso, você precisa permitir que o aplicativo lhe envie estas notificações; é necessário ativar essa ferramenta. O rev. Kenneth E. Hagin dizia que não importa o extremo em que você esteja, você só precisa estar em algum para que o diabo se aproveite. Paulo dizia que Deus não nos deu espírito de moderação. Já a minha vó dizia algo parecido: “Tudo demais é exagero”.

As notificações são alertas, lembretes, novidades que visam gerar uma interação, um engajamento e comunhão com o que está sendo notificado. Seja uma atualização disponível para ser feita, uma mensagem que chegou, uma promoção nova…

Geralmente, nós precisamos permitir essas notificações, ativá-las. Você também precisa estar conectado com um sinal, ou não terá como receber a notificação.

Às vezes paramos pra fazer algo, mas, de repente o celular vibra no bolso, você escuta aquele alerta e foi uma notificação. Aquela notificação chama sua atenção ao ponto de você parar o que estava fazendo para vê-la. 

Paulo dizia que todas as coisas nos são lícitas, mas não podemos nos deixar levar por nenhuma delas. Eu desafio você, tente ficar pelo menos um dia inteiro sem celular, será um grande desafio, mas tire um tempo para jejuar e fazer outra coisa. Leia a Bíblia, vá orar, ter um tempo de comunhão com seu irmão, com seus pais, mas não se deixe ficar dominado. O maior inimigo da unção é a distração. Se existe algo, hoje, que nos distrai e que que nos faz perder o foco são as mídias sociais.

“Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus” (Efésios 5.15-16).

Quando recebemos Jesus como Senhor e Salvador da nossa vida, somos salvos, e na salvação (do grego: “sozo”) existe um pacote de coisas disponíveis: cura, redenção, remissão dos pecados, um novo coração, uma nova natureza. Digamos que somos “resetados” e passamos a ter vários aplicativos novos. Esses aplicativos podem gerar algumas notificações e o “notificador” se chama Espírito Santo, Ele passa a habitar dentro de nós.

Quando lemos as cartas inspiradas por Jesus, em Apocalipse, percebemos que no capítulo 2 e 3 todas as cartas têm uma mesma frase: Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça o que Deus diz a igreja”.

Em outras palavras ele está dizendo: “O Espírito Santo está falando, quem quiser, ouça”.

O Espírito Santo sempre vai ter algo para nos falar.

Jesus disse que o Espírito Santo é quem vai nos guiar e nos inspirar a toda verdade, ele nos ajuda, nos consola, nos orienta e ainda anuncia coisas que vão acontecer. 

O problema não está no Espírito Santo falar ou não, a questão está em nós ouvirmos. É por isso que precisamos “permitir” ou “ativar”, para receber essas notificações, essas instruções e direcionamentos d’Ele.

É possível também que por algumas coisas que você faça, veja, ouça, lugares que visita, etc… você permita que nesse coração que está “resetado”, sejam instalados alguns outros aplicativos que não vieram do kit da salvação.

É por isso que está escrito em Provérbios 4.23: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele depende a tua vida”.

Existem influências que podem se instalar no nosso coração; “aplicativos” que não vão nos fazer bem. É por isso que precisamos guardar o nosso coração. Precisamos verificar o que está “instalado” nele, quais notificações estamos permitindo que cheguem.

“Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito” (Romanos 8.5).

A nossa carne quer acessar alguns aplicativos, mas o nosso espírito quer acessar outros. Aquele que permite ou dá lugar ao Espírito vai receber notificações do Espírito, vai se inclinar para o Espirito, recebendo notificações do Espírito. Já aquele que é inclinado para a carne, vai receber e permitir notificações da carne.

“…não se ponha o sol sobre a vossa ira, nem deis lugar ao diabo” (Efésios 4.27).

O diabo não tem lugar em nossas vidas, mas ele anda sempre ao derredor procurando uma brecha. Paulo deixa bem claro: “Não dê permissão ao diabo”.

A escolha é nossa. Nunca vamos ter a desculpa de dizer: “Ah, foi mais forte do que eu!” Até porque a Bíblia diz que não existe tentação maior do que as nossas forças (ver I Coríntios 10.13). A escolha é sua: permitir ou não.

A escolha é sua se estará sempre recebendo notificações de coisas ruins ou não. Temos que ser aqueles que buscam a Deus, aqueles que querem Deus. Caçadores de Deus. Buscar e pensar são as formas de você ativar as notificações. Aquilo que você busca e pensa é aquilo que você dá permissão para receber convites, alertas, notificações.

O que você tem buscado? No que tem pensado? Busque as coisas da alto, clique naquilo que vem do alto.

*Trechos de mensagem transcrita no Acampamento Conectados – Adolescentes Verbo da Vida de João Pessoa

1 COMENTÁRIO

  1. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus” (Efésios 5.15-16). Esse versículo nos dias de hoje deve ser Rhema em nossos corações, as pessoas estão em casa e se não gerirem bem seus horários, o celular estará em suas mãos 24h por dia e falo sem exagero, a necessidade está fazendo pessoas dormirem pouco ou trocar a noite pelo o dia. Louvo a Deus por sua vida pastor Perilo, existem chaves poderosas nesse texto, se escolhermos pender para a carne, caminharemos para a morte, e o peso das mídias sociais em tempos de quarentena e notícias ruins (notificações de morte) pode encher ouvidos de incredulidade e posteriormente o coração. Eu estou protegendo meu ouvido e sei que assim, guardando o meu coração. Podemos utilizar as redes, mas é uma linha tênue entre a necessidade e a mania de uso. Falo por experiência própria há alguns anos atrás tive problemas sérios ligados ao uso excessivo, mas graças a Deus a palavra chegou, iluminou meus olhos e colocou tudo no lugar. Sejamos felizes e sábios, há tempo para se fazer tudo ainda mais nessa experiência de isolamento… Fique com a família, leia a Bíblia, brinque com os filhos … Escolhemos crescer durante os desafios da vida.

DEIXE UMA RESPOSTA