Natal: uma Palavra vos nasceu

Postado em
2

É Natal, é Natal! Embora haja tantos outros interesses neste período, principalmente os comerciais,  não deixa de ser um feriado denominado “cristão”, o qual nos remete ao nascimento de Jesus Cristo.

“O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo. 1.14). Jesus veio. As palavras proféticas de Isaías se cumpriram: “Um menino vos nasceu. Um filho vos foi dado” (Is. 9.6). Ele foi enviado para nós. Ele nasceu para nós. Ele quem? O verbo, a Palavra.

“Eis que vos trago boa nova de grande alegria, que o será para todo o povo, é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lucas 2.10-11)

Esse nascimento é motivo de alegria para todos. A salvação está disponível para todos. Mas, alguns não a receberam, porque não creram no Salvador. “Mas, a todos quanto O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (Jo. 1.12).

Não é interessante que mesmo Jesus tendo vindo, é preciso que Ele seja recebido? O nascimento dele foi para todos, mas nem todos tomaram conhecimento disto ainda, e outros que souberam, não decidiram desfrutar ou receber esta salvação.

Aqui vai outra reflexão: Só conhecer uma verdade não é suficiente para que você desfrute dela. É preciso recebê-la. Isso envolve fé e fé envolve ação, ou prática. Em Hebreus 4.2 diz que uma mesma Palavra foi dada a dois públicos, mas teve resultados diferentes. Alguns não a misturaram com fé, por isso a Palavra que receberam não lhes teve proveito algum.

“Então na sua angústia, clamaram ao Senhor, e Ele os livrou das suas tribulações. Enviou-lhes a Sua palavra, e os sarou, e os livrou do que lhes era mortal” (Salmos 107.19-20)

Como Deus nos livra? Enviando a Palavra. Como nos tornamos livres? Recebendo a Palavra, porque quando recebemos a Palavra, recebemos também o poder para nos tornar o que aquela Palavra nos promete. Foi assim com a vinda encarnada do verbo, é o mesmo princípio com toda Palavra de Deus enviada a nós.

A minha mensagem de Natal para você é: Que da mesma forma que o meninos nasceu para nós, que nasça no seu coração uma Palavra que vai lhe livrar do que você possa está passando. Uma revelação, uma instrução ou uma lembrança do que Deus lhe disse. Uma só Palavra inspirada por Deus pode mudar a sua vida.

Mas, não esqueça de receber esta Palavra, de se apegar a ela, de crer e agir correspondente a ela. Seja como aquele Centurião (Mt. 8.5) que disse: “Envia uma só Palavra”. Existe poder na Palavra de Deus. Creia nisso!

Às vezes, como pastor, já percebi o desânimo em pessoas que me procuraram pedindo ajuda e eu falei: “Tenho uma Palavra para você”. Infelizmente, elas esperavam algo diferente. Porque é mais fácil para nós querermos algo que não exija esforços da nossa parte. Mas, Deus não trabalha com mágica. Ele envia a Sua Palavra para nos livrar do que nos é mortal. Se você receber a Palavra, você vai receber a sua salvação naquela circunstância.

“Bem-aventurada a que creu, porque serão cumpridas as palavras que lhe foram ditas da parte do Senhor” (Lucas 1.45)

Feliz Natal! Busque ao Senhor e Ele terá boas novas de grande alegria para você! Da mesma forma que Maria creu que o poder divino geraria O Menino, creia no agir de Deus gerando o seu livramento, “porque para Deus não há impossíveis em nenhuma de Suas promessas”.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA