O homem sábio

Postado em
0
648

Por: Perilo Borba

Trecho do Livro: “Sábias Prioridades”

“Tesouro desejável e azeite há na casa do sábio, mas o homem insensato os desperdiça” (Provérbios 21.20)

O homem é o cabeça do lar. Ele é o sacerdote. Abaixo de Deus ele é o responsável por proteger, suprir e liderar a esposa, os filhos e as coisas da casa. Ele é o administrador, a palavra dele é determinante. Grande é a sua responsabilidade.

Se este homem for sábio e amar a sua mulher como Cristo amou a igreja, entregando-se em favor dela, protegendo-a, promovendo-a e suprindo-a, certamente ele fará o seu casamento ser uma grande benção. O seu lar será harmônico, sua família unida e os seus dias felizes.

Na casa do homem sábio há tesouros desejáveis. Haverá sim, provisão contínua de alimentos, roupas e demais bens materiais, mas também haverá riquezas bem maiores do que estas: paz, alegria, unidade, cumplicidade, santidade, sinceridade… Todos estes valores estão em escassez neste mundo corrupto, eles são desejados até mesmo por muitos milionários, mas só estarão em fartura na casa daqueles que buscarem a sabedoria do alto para proceder como marido e como pai.

Também não faltará azeite – unção. Seu lar será um lugar de pregação do Evangelho e do mover do Espírito Santo, literalmente ou, no mínimo, através do seu proceder, que atrairá o favor e o agir de Deus, a graça d’Ele, tornando fácil o que era difícil, possível o que era impossível e santo o que era imundo. A cada passo de obediência, a cada atitude de sabedoria dentro de casa, certamente a unção de Deus aumentará sobre a sua vida. Você e a sua casa serão um referencial para muitos.

A sabedoria levará o homem a falar da forma certa; administrar bem o seu tempo; permanecer conquistando a sua esposa todos os dias; saber esperar com paciência quando, por exemplo, ela demora a maquiar-se para sair de casa. O homem sábio será um bom exemplo para os seus filhos, administrará bem as finanças e, acima de tudo, governará bem a sua casa no reino espiritual, deixando as influências certas entrarem e a Palavra de Deus sempre ditar as ordens.

Embora tenha responsabilidades e seja zeloso com o que possui, um homem sábio não é apegado às coisas, mas sim a quem ele ama: a sua esposa e os seus filhos. Ele prefere até ver o seu carro arranhado a arranhar o seu casamento. Então, ele não tem dificuldades em deixar a esposa sair no carro 0 km se ela precisar.

O homem sábio é aquele que entende que a mulher é a parte mais frágil não por ser mais fraca, mas por ser mais sensível, por isso, trata-a com dignidade e vive a vida comum do lar com discernimento, percepção espiritual – sabedoria. Assim, as suas orações não são interrompidas.

“Do mesmo modo vocês, maridos, sejam sábios no convívio com suas mulheres e tratem-nas com honra, como parte mais frágil e co-herdeiras do dom da graça da vida, de forma que não sejam interrompidas as suas orações.”  (I Pedro 3.7)

Você, homem, o cabeça do lar, decida hoje se moldar de acordo com a sabedoria do alto, acerte as suas prioridades, conserte o seu caráter, ame como Cristo e transforme a sua casa. Independente do que outros possam pensar ou falar, tome a mesma sábia decisão de Josué, levante a sua voz e declare com fé e ousadia: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor” (Josué 24.15)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA