Somente ouvir não é suficiente

Postado em
0
288

Por Perilo Borba

*Trecho do Livro: Sábias Prioridades

Ouvir é muito importante. A fé vem pelo ouvir  o ouvir a Palavra de Deus (Romanos 10.17). Este ouvir não é o simples ato de escutar com os ouvidos. Senão, os surdos não poderiam ser enquadrados nesse texto e Deus não faz acepção de pessoas. Embora Salomão tenha usado a expressão “incline os seus ouvidos”, o que isso realmente significa é considerar, receber, atentar e deixar ser implantado em você.

Uma das formas de “ouvir” é pela audição mesmo. Jesus disse várias vezes: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz à Igreja”. Ele também falou em determinada situação: “Vede, pois, como ouvis”. Isto me ensina que é possível não considerarmos algo que escutamos. As palavras escutar e ouvir até poderiam ter significados diferentes aqui. Você escuta o som, mas se, além de simplesmente escutar, você entende e considera aquilo, você está de fato ouvindo, ou dando ouvido. Permita-me falar assim, por favor, só para que se torne mais compreensível a mensagem que lhe passarei a partir de agora.

Como estamos reagindo ao que temos escutado da parte de Deus, principalmente através das pessoas? É importante “ouvir”, devemos priorizar “ouvir”, mas, acima de tudo, devemos considerar, atentar, dar importância, a ponto de meditar naquilo que ouvimos. Julgue tudo que você ouvir e retenha o que for bom, mesmo que não seja confortável ou prazeroso naquele momento, como, por exemplo, uma correção.

Não deixe, como algumas pessoas dizem, “entrar por um ouvido e sair pelo outro”. Aquilo que estiver contrário à Palavra de Deus, isso, sim, deve ser desconsiderado, não permita nem que entre pelos seus ouvidos, para não alcançar o seu coração.

Mas, aquilo que lhe trará esclarecimento, norte, auxílio, ajuste, aperfeiçoamento, edificação e bom aprendizado em alguma área de conhecimento, saiba ouvir. Atente bem, considere, medite, anote para ler depois, repita em voz alta, faça o que for necessário para, como água em uma esponja, aquilo penetrar em você.

Ouça com a motivação certa em seu coração. Ouça com humildade. Ouça com interesse. Saiba ouvir para nunca deixar de aprender.

Tiago nos alertou para “acolhermos com mansidão a Palavra implantada em nós” (Tiago 1.21). É precisa acolher, receber! Segundo o escritor aos Hebreus, misturar fé com a palavra que você ouviu dará resultado (Hebreus 4.1-2). E, após ouvir, Praticar!

Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos. Aquele que ouve a palavra, mas não a põe em prática, é semelhante a um homem que olha a sua face num espelho e, depois de olhar para si mesmo, sai e logo esquece a sua aparência. Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer”. (Tiago 1:22-25)

Considere atentamente a ponto de praticar. Não seja só ouvinte, pratique! Aprendi algo que mudou a minha vida: Quando eu dou importância a Palavra de Deus eu estou dando importância ao próprio Deus. Esta é uma sábia prioridade.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA