A fé opera sem o amor?

Postado em
1

BANNER-MARCELO-SARAIVA_4-580x1571Certa vez, eu estava lendo um livro quando me deparei com as seguintes afirmações: “A fé opera sem o amor” e “A fé é maior e mais importante do que o amor”.

O escritor estava enfatizando a importância da fé, os benefícios da fé, o que uma vida de fé pode proporcionar em nosso dia-a-dia, etc. Concordo e fui muito edificado com muitos aspectos importantes salientados por ele, mas, quanto aquelas afirmações sobre fé, eu não posso concordar, pois no Novo Testamento a ênfase é dada ao amor de Deus em nossa vida como cristãos.

“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor” (I Coríntios 13.13)

O texto é claro: o mais importante não é a fé, é o amor.

Infelizmente, pode haver pessoas com o mesmo tipo de pensamento daquele autor, supervalorizando a fé em detrimento do amor. Por isso, vamos observar outros textos:

“Porque, em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão têm valor algum, mas a fé que opera pelo amor” (Gálatas 5.6)

Na ocasião especifica o ministro ficou irredutível mesmo eu tendo falado vários textos da palavra e ainda ter comentado sobre o Novo Mandamento dado pelo Senhor Jesus que diz:

“Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros” (João 13.34-35)

Perceba que a identidade, o distintivo, a placa dos cristãos é o Amor de Deus.

As pessoas que foram influenciadas a pensar que é possível ter uma fé operante sem o amor geralmente citam o Antigo Testamento e até fazem referência do livro de Hebreus, pois no capítulo onze observamos uma galeria de homens e mulheres que andaram pela fé e não tinham o amor do tipo de Deus em seu coração.

Concordo que o livro aos Hebreus, no capítulo onze, trate sobre homens e mulheres que viveram uma vida de fé sem o amor dentro deles, porém, na Nova Aliança, é bem diferente. O que quero que você perceba é que entre os nascidos de novo, a operação da fé está condicionado a prática do amor.

O funcionamento da nossa fé está condicionado a prática do amor de Deus que já foi derramando em nosso coração pelo Espírito Santo que nos foi dado.

Para que eu tenha uma vida de fé bem sucedida, tenho que ter uma vida de amor bem sucedida.

No Antigo Testamento ,eles não tinham o Novo Mandamento, pois esse Novo Mandamento ,que é o amor, foi dado à Nova Criação.

Outro texto esclarecedor sobre a operação da fé que é condicionada a prática do amor é o seguinte:

“Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações” (I Pero 3.7)

O texto acima também é bastante claro. Por mais fervoroso que um homem possa ser em oração, se ele não andar em amor para com a esposa, suas orações não terão efeito algum.

Outro texto que deixa o assunto bem claro está em I Timóteo, observe:

“Este é o dever de que te encarrego, ó filho Timóteo, segundo as profecias de que antecipadamente foste objeto combate, firmado nelas, o bom combate, mantendo fé e boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé. E dentre esses se contam Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para serem castigados, a fim de não mais blasfemarem” (I Timóteo 1.18-20)

Paulo citou o exemplo de homens que tentaram ter uma vida de fé bem sucedida sem ter uma boa consciência, ou um procedimento aprovado pela sua consciência. O resultado foi que naufragaram na fé.

Não devemos ser enganados, irmãos, “o amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará, mas o amor de Deus permanece para sempre em nossos corações”.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Querido vc tem razão em tal afirmação, eu quero ir além, e dizer que até mesmo os heróis da galeria da fé, de Hebreus onze não operavam sem o Amor, pois não creio em fe sem Amor.

DEIXE UMA RESPOSTA