A insensatez de alguns

Postado em
0

BANNER MARCELO SARAIVA_4“Ó gálatas insensatos! Quem vos fascinou a vós outros, ante cujos olhos foi Jesus Cristo exposto como crucificado?” (Gálatas 3.1)

Essa foi a pergunta que o apostolo Paulo fez aos irmãos da Gálacia e ainda deve ser feita em nossos dias.

Durante toda a carta Paulo mostra sua perplexidade pelo fato dos crentes daquela região se voltarem para ensinamento que misturavam a Lei Mosaica com a Graça de Cristo.

De fato os irmãos daquela época foram influenciados a pensar que para ser salvo, crescer espiritualmente ou mesmo desfrutar da justiça eles deveriam guardar a Lei Mosaica.

Nessa carta não há por parte de Paulo um louvor de gratidão, um “elogio” ou uma oração, mas um sentimento de apreensão, pois eles abandonaram o evangelho e estavam separando-se da Graça de Cristo.

Observe o que Paulo disse:

Admira-me que estejais passando tão depressa daquele que vos chamou na graça de Cristo para outro evangelho,

O qual não é outro, senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo.

Mas, ainda que nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue evangelho que vá além do que vos temos pregado, seja anátema.

Assim, como já dissemos, e agora repito, se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebestes, seja anátema.

Gálatas 1.6-9

 Diante do que Paulo nos diz versos lidos eu faço algumas perguntas às quais são:

É possível perverter o evangelho de Cristo?

É possível pregar outro (heteros) evangelho?

É possível um anjo vindo do céu ou um ser de luz pregar uma “nova revelação” ou um evangelho além do que foi pregado?

Infelizmente para as três perguntas a resposta é sim.

  • É possível perverter, distorcer, dar um sentido completamente diferente ao evangelho.
  • É possível pregar um evangelho diferente, de fato não existe outro evangelho, não existe um evangelho A,B ou C, mas é possível pregar uma mensagem abominável ou rejeitado por Deus e chamá-la de evangelho.
  • É possível também uma pessoa apoiar sua pregação em uma visão alienada da Palavra de Deus, pois a Bíblia diz: “E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz”. 2Coríntios 11.14.

Diante da pergunta de Paulo, eu me encorajo a fazer outras:

“Uma mentira dita mil vezes torna-se verdade?”

“Uma mentira dita dez mil vezes torna-se verdade?”

“Uma mentira dita durante dois anos torna-se verdade?”

“Uma mentira dita durante dez anos torna-se verdade?”

A resposta para essas quatro perguntas é: Não, a mentira nunca se tornará verdade, mas depois de tanto ser dita e durante tanto tempo, engana a muitos.

De fato engana uma geração inteira. E é isso que tem acontecido, o povo de Deus tem sido enganado por falsos ensinos de falsos mestres.

O problema deles é que mesmo tendo recebido o leite genuíno da Palavra de Deus, eles se voltaram para ensinos equivocados, observe:

Ó gálatas insensatos! Quem vos fascinou a vós outros, ante cujos olhos foi Jesus Cristo exposto como crucificado?

Gálatas 3.1

Outra versão diz:

Ó gálatas sem juízo! Quem foi que enfeitiçou vocês? Na minha pregação a vocês eu fiz uma descrição perfeita da morte de Jesus Cristo na cruz; por assim dizer, vocês viram Jesus na cruz.

Gálatas 3.1 (Nova Tradução na Linguagem de Hoje)

Os irmãos da Galácia tiveram uma exposição tão clara do evangelho quanto à crucificação de Cristo que é como se eles estivessem presentes assistindo Jesus na cruz.

Paulo não trouxe uma mensagem superficialcomo alguns pensam, pelo contrário ele falou “a mensagemda cruz” com tamanha unção, graça e precisão, mas agora os crentes estavam abandonando para se voltarem a doutrinas “judaizantes”.

É lamentável que muitos dos que voltaram-se para ensinos desequilibrados já tiveram a oportunidade de ouvir e permanecer na verdade.

Sim, existe uma necessidade de nos apegarmos com mais firmeza a verdades ouvidas para que nunca nos apartemos delas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA