Salvação no espírito, alma e corpo

Postado em
0

Por Marcelo Saraiva


Vamos começar lendo Hebreus 2.2-3, que está escrito: Se, pois, se tornou firme a palavra falada por meio de anjos, e toda transgressão ou desobediência recebeu justo castigo, como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? A qual, tendo sido anunciada inicialmente pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram”.

Algumas passagens do Antigo e do Novo Testamento mostram sobre a salvação de Cristo que nos alcança no espírito e se estende à alma e ao corpo também. Em Filipenses 2, Paulo fala sobre desenvolver a nossa salvação. A recriação do espírito humano é a nossa salvação, é responsabilidade de Deus fazer isso conosco, nos recriar, nos tornar uma nova criatura pela fé, pelo sacrifício do Seu filho.

A Palavra de Deus diz o que devemos fazer com o espírito, alma e corpo. O problema é “de junta”, ou seja, pegar tudo junto e submeter à Palavra de Deus (I Tessalonicenses 5.23).

Somos um ser espiritual, temos uma alma e habitamos em um corpo, e a salvação se iniciou primeiramente no espírito humano, mas agora devemos fazer algo com a nossa vida.

Em Mateus 4.4 está escrito: “Jesus, porém, respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus”.

Precisamos nos alimentar espiritualmente, do mesmo jeito que o nosso corpo precisa de alimento, é necessário alimentar o espírito humano com a Palavra de Deus. Não devemos negligenciar o alimento espiritual, a Bíblia fala de crescimento espiritual como um todo. Não é o tempo de cristão que nos faz crescer, mas a alimentação é o fator determinante para o crescimento, tanto naturalmente como espiritualmente. Muitos cristãos não estão evidenciando a salvação, porque tem recebido o ensino que não é a Palavra de Deus (Jeremias 15.16).

Em I Timóteo 4.6 está escrito: Expondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Cristo Jesus, alimentado com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido”.

Todo cristão tem uma responsabilidade, que é de se alimentar, se encher da Palavra de Deus para que possa crescer espiritualmente. Em I Pedro 2.1-2 está escrito: 

“Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências, desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação”.

Da mesma forma que a criança deseja o leite materno, assim devemos ser eu e você, desejar a Palavra de Deus, o genuíno leite, que nos faz crescer verdadeiramente. A mesma Palavra que alimenta o homem interior é a que renova a nossa mente.

Em Romanos 12.1-2 está escrito: Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

O nosso culto a Deus é muito mais do que ir a igreja, o nosso culto é apresentar o corpo vivo, santo e agradável a Deus todo dia. Para desfrutar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus é preciso mudar os nossos pensamentos, somente a Palavra tem o poder para renovar a nossa mente e participarmos da vontade de Deus. Não pensar como o mundo pensa é uma mudança completa e isso acontece por meio da Palavra.

Não se renova a mente por imposição de mãos, é um processo gradativo, já o novo nascimento é algo que acontece instantaneamente. Quanto mais rápido eu renovar a mente, mais rápido vou desfrutar das bênçãos de Deus e vou ter menos prejuízos.

Em Tiago 1.21 está escrito: Portanto, despojando-vos de toda impureza e acúmulo de maldade, acolhei, com mansidão, a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar a vossa alma”.

A Palavra de Deus é poderosa para salvar a nossa alma. A meditação é algo tão simples, mas muitas vezes negligenciada. O Espírito Santo abre o entendimento sobre versículos da Palavra quando meditamos n’Ela. Dificuldades que enfrentamos, hoje, à medida que vamos crescendo serão mais fáceis de serem enfrentadas.

Em I Coríntios 9.23-27 está escrito: 

“Tudo faço por causa do evangelho, com o fim de me tornar cooperador com ele. Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível. Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar. Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado”.

Paulo não vivia uma vida irresponsável, ele praticava a Palavra, pregava e continuava vivendo da maneira que pregou. Tudo se conquista na vida com diligência e esforço. O crescimento espiritual é assim, não devemos negociar com a carne, pois sempre perdemos. Paulo exercia controle sobre o seu corpo, pois ele tinha desejos na carne contrários a Palavra, é o meu e o seu papel dominarmos os nossos corpos.

É nossa responsabilidade aumentarmos a nossa fé, enchermos o nosso espírito, nós que vamos tirar os pesos e pecados que rodeiam a nossa vida. Paulo fazia algo com o seu corpo, com o espírito e alma alimentado e dominado pela Palavra (Gálatas 5.24).

Em Mateus 5.27-30 está escrito: 

“Ouvistes que foi dito: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela. Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno. E, se a tua mão direita te faz tropeçar, corta-a e lança-a de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não vá todo o teu corpo para o inferno”.

Jesus não estava dizendo para mutilarmos os nossos corpos, mas exercer o domínio sobre o corpo, quando alimentamos o nosso homem interior com a Palavra, Ela renova a nossa mente e vamos conseguir dominar o nosso corpo e seremos abençoados. Vamos cultivar essa tão grande salvação!

 

*Texto extraído do Site da Igreja Verbo da Vida Sede em Campina Grande (PB).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA