Aprendendo com as águias sobre criação de filhos 

Postado em
0

Por: Rozilon Lourenço

Quando meu primeiro filho nasceu eu tinha uma grande “expectativa” de ser um bom pai e de criá-lo da melhor maneira possível, e por causa disso comecei a buscar aprender sobre as várias facetas de um bom pai.

Enquanto buscava informações chegou às minhas mãos um documentário sobre as águias, e comecei a ver como esta ave maravilhosa tem muito para nos ensinar sobre criação e disciplina dos filhos.

E assim como eu aprendi quero compartilhar com vocês alguns princípios fundamentais que podemos aprender:

Em primeiro lugar ela coloca o ninho dos seus filhos longe dos predadores. Ela busca os lugares altos para ali colocar o ninho dos seus filhotes. Muitos pais perdem os filhos, porque colocam o ninho deles perto de feras perigosas. Assim como Ló, armam suas tendas perto de Sodoma.

Observe que Davi, mesmo sendo o homem segundo o coração de Deus, mesmo tendo vencido um urso, matado um leão, derrotado um gigante, conquistado um reino, e se tornado um homem de sucesso e fama internacional, perdeu os seus filhos dentro de casa. No ninho do rei havia uma víbora peçonhenta, chamado Jonadabe, que deu um conselho maligno para Amnom. Ele violentou a sua própria irmã.

Mais tarde Absalão matou Amnon, conspirou contra o seu pai e foi morto. Salomão, quando assumiu o reinado, matou seu irmão Adonias. Houve estupro, assassinato, conspiração, derramamento de sangue na casa de um homem de Deus, porque ele construiu o ninho de seus filhos perto dos predadores.

Pais onde vocês estão construindo o ninho dos seus filhos? Onde estão os seus filhos? Quem são os conselheiros de seus filhos? Quem frequenta a sua casa com os seus filhos?

Em segundo lugar a águia ensina os seus filhos pelo exemplo – Muitos pais fracassam na disciplina dos filhos, porque ensinam uma coisa e praticam outra. Os filhos não veem coerência na vida dos pais. Quando o filhote da águia está na hora de sair do ninho, ela começa a voar sobre o ninho, mostrando-lhe a necessidade de sair para as aventuras da vida. A Bíblia não diz que os pais devem ensinar a criança o caminho em que ela quer andar, nem mesmo o caminho em que ela deve andar, mas NO caminho em que ela deve andar. Ensinar O caminho é algo teórico, ensinar NO caminho é uma lição de vida.

Terceiro lugar: A águia aplica disciplina adequada aos filhos na hora certa – Quando o filhote da águia não obedece o comando para voar, e mesmo diante do exemplo se nega a sair do ninho, ela então, remove toda a penugem do ninho e deixa apenas os espinhos pontiagudos para provocar o filhote. Tem hora que a única linguagem que os filhos entendem é a voz da disciplina. Há muitos pais que estragam seus filhos, protegendo-os demais. A disciplina é ato de amor. Ela visa o amadurecimento do filho. Ela produz fruto de justiça.

Quarto lugar: a águia vai às últimas consequências para disciplinar e discipular os filhos – Quando o filhote se recusar até mesmo a atender o expediente da disciplina, a águia toma uma medida radical. Ela pega o filhote do ninho com as suas possantes garras e arroja-o das alturas para o chão. Ele que nunca voou sozinho, cai de ponta cabeça, desesperado; e ela deixa. Quando o filhote está para espatifar-se ao chão, ela o toma novamente e o leva de volta para as alturas e novamente o arroja de lá.

E faz isso, duas, cinco, dez vezes, até que o filhote aprende a voar sozinho. A lei da águia é: meu filho tem que ser meu discípulo. A águia não desiste do filho. Precisamos aprender essa lição: Não podemos abrir mão dos nossos filhos. Eles são filhos da promessa. Eles são herança de Deus. Não geramos filhos para a morte, não geramos filhos para povoar o inferno. Nossos filhos são presente de Deus. Devemos amá-los, discipliná-los, orar com eles, por eles e jamais abrir mão deles, até que Deus os restabeleça e faça deles uma bênção, uma coroa de glória na sua mão!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA