Você sabe ser gente?

Postado em
0

por Rozilon Lourenço 

“A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um”.  (Colossenses 4.6)

Há pouco mais de 100 anos o homem andava em lombos de animais e para sair do Brasil para o Japão, por exemplo, teria que  embarcar em uma longa jornada em grandes navios, que levavam pelo menos 2 meses para chegar ao destino. O tempo passou e a tecnologia tomou conta dos nossos dias. Hoje, temos impressoras 3D, aviões super rápidos. Podemos falar instantaneamente com pessoas em qualquer parte do mundo através de aparelhos celulares e saber o que está acontecendo ao vivo em qualquer lugar do planeta.

Crescemos muito em possibilidades tecnológicas, nos meios de comunicação, conhecimentos científicos, mas estamos perdendo cada vez mais o significado de ser gente.

Hoje, muito de nós vamos para a Universidade onde somos ensinados  sobre a nossa profissão, sobre como alcançar nossos sonhos e realizar nossos projetos, mas aprendemos pouco ou nada sobre a vida que realmente importa, sobre sermos humanos e compartilharmos essa humanidade.

Nossa essência parece ser algo menos importante. Temos tantas coisas para fazer, descobrir, conquistar e achamos que ser gente, vai tomar nosso tempo, vai nos privar de conhecer e fazer mais, ir mais longe. E aí, escondemos nossos sentimentos, vamos acumulando traumas e ressentimentos, sufocamos o ser dentro de nós, criamos muralhas em torno de nós mesmos, aprisionando o que somos.  A Bíblia é o “lugar” onde podemos achar respostas para todas essas coisas, onde aprendemos  a ser gente de verdade.

Diante de tudo isso, deixo alguns conselhos simples:

* Mantenha sua língua sobre controle; fale sempre menos do que pensa. A maneira de se expressar costuma ser mais importante do que a sua opinião.

* Seja cauteloso em fazer promessas e cumpra-as fielmente, seja qual for o preço.

* Nunca deixe passar uma oportunidade de dizer uma palavra bondosa e encorajadora a alguém ou acerca de alguém. Se for preciso criticar, faça-o criteriosamente, nunca de maneira rancorosa.

* Interesse-se pelos outros; pelo que fazem, pelo seu bem-estar, por suas causas e famílias. Que todas as pessoas que você conhece, por mais humildes que sejam, sintam que você as consideram importantes.

* Mantenha os cantos de sua boca voltados para cima. Alegria do senhor é nossa forca.

* Mantenha uma mente aberta. Discuta, mas não brigue. As pessoas superiores discordam, mas continuam sendo amigas.

* Que as suas virtudes, se você as tiver, falem por si mesmas. Recuse-se a falar sobre os defeitos dos outros. Desestimule a fofoca. Tome a resolução de não dizer nada acerca de outra pessoa, se não for uma coisa boa.

* Tenha cuidado com os sentimentos dos outros. Lembre-se da Regra de Ouro e, trate os outros como você gostaria de ser tratado.

* Não dê atenção a comentários maldosos a seu respeito. Simplesmente viva de maneira tal que ninguém acredite neles.

* Não fique ansioso demais acerca de suas obrigações. Faça o seu trabalho, seja paciente e mantenha-se bem-humorado, esquecendo-se de si mesmo e, você será recompensado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA