Fé em meio às adversidades

Postado em
1

por Emílio Claudiano (Campinas-SP)
*Pastor da Igreja Verbo da Vida 

“Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma”  (Tiago 1.2-4).

Nossa fé precisa ser confrontada para se desenvolver, quanto mais confrontada for, mais ela  se desenvolverá. Se soubéssemos realmente o que a fé desenvolvida é capaz de fazer, desejaríamos e trabalharíamos objetivamente para o seu desenvolvimento. Segundo Jesus, uma simples fé desenvolvida, pode mover uma montanha do lugar. Há um poder ilimitado na fé quando está ativa, esse poder é ilimitado porque a fé libera a Palavra de Deus para agir em nosso favor, pois tudo é possível para Deus e ao que crê.

O apóstolo Tiago expressa a importância desse desenvolvimento dizendo que devemos ter grande alegria quando nossa fé é confrontada, pois ela será despertada, sairá da teoria para a parte prática e, então, o lugar de onde a fé vem (da sobrenatural Palavra de Deus), começa a ser movimentado e o poder de Deus, que está em sua Palavra, começa a ser visto, provocando milagres.

A Palavra de Deus diz em Isaías 61, que somos plantio do Senhor, chamados Carvalho de Justiça. Existe uma verdade científica comprovada sobre o carvalho que diz:

“Por incrível que pareça, quanto mais o carvalho fica exposto às intempéries, mais fortalecido ele sai delas, pois suas raízes se arraigam ao solo a cada tempestade, seu tronco se revigora, e a possibilidade dele ser extraído do solo pelos temporais diminui drasticamente, até se tornar nula”.

Se compararmos as palavras de Tiago 1.2-4, com essa característica do carvalho, podemos entender porque Deus nos chama de Carvalho de Justiça. Isso significa que a única maneira de nos tornarmos fortes, maduros e íntegros ( completos), sem que nada nos falte, é quando somos expostos aos problemas, aos desafios da vida, e respondemos em fé, deixando a Palavra de Deus trabalhar a nosso favor.

Pois a inconstância dos inexperientes os matará, e a falsa segurança dos tolos os destruirá; mas quem me ouvir viverá em segurança e estará tranqüilo, sem temer nenhum mal (Provérbios 1.32-33).

Não se entristeça quando situações que exigem sua fé surgem, mas se alegre, pois você está subindo de nível, e aumentando sua capacidade de ação, está ficando experiente, confiante e completo, a ponto de não temer nenhum mal, vivendo o poder sobrenatural da Palavra de Deus.

Dormindo tranquilo

“E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram; E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo. E os seus discípulos, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos! que perecemos. E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança” (Mateus 8.23-26).

Não acredito que Jesus estava esperando aquela tempestade, mas ele estava preparado para ela, ou para qualquer outra coisa que pudesse acontecer, Ele não se deixava contaminar pela influência do mundo que envenena a fé, trazendo dúvida, medo e insegurança. Fé é uma demonstração prática de confiança e autoridade em Deus. Jesus só tinha certezas dentro dele, pois praticava diariamente somente o que ouvia e via o Pai fazer. A dúvida entra quando misturamos o que ouvimos de Deus com o que ouvimos do mundo e, então, não temos fé para agir quando é necessário.

Nossa história é construída pela fé no que Deus diz, não vou contaminá-la com o que o que ouço do mundo para que no momento em que situações extremas acontecerem em minha volta, eu fique apavorado, mas vou manter e aplicar a palavra de Deus em todas as áreas da minha vida e então dormir sem me preocupar, sabendo que seja qual for a circunstância que eu enfrente, estarei pronto para agir com fé é autoridade, pois estou construindo minha fé na sólida e poderosa Palavra de Deus. Nossas ações precisam estar em harmonia com o que conhecemos da Palavra de Deus, para que se torne realidade em nossa vida, se cremos na Palavra de Deus, precisamos agir de acordo com ela.

Quando somos ativos, aplicando a Palavra de Deus em todas as situações, o medo e a preocupação não encontram espaço para se desenvolver, assim estamos construindo uma muralha a nossa volta, a muralha da Palavra de Deus e, então poderemos dormir como Jesus dormiu, preparados para qualquer situação que possa vir sobre nós.

 Crer e Falar, esse é espírito da fé

Está escrito:Cri, por isso falei”. Com esse mesmo espírito de fé nós também cremos e, por isso, falamos” (2 Coríntios 4.13).

“Eu lhes asseguro que se alguém disser a este monte: Levante-se e atire-se no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que acontecerá o que diz, assim lhe será feito. Portanto, eu lhes digo: Tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim lhes sucederá” (Marcos 11.23-26).

O espírito de fé é um composto de duas atitudes, crer e falar. Não é crer sem falar, e nem falar sem crer, mas falar crendo com o coração é a fé acontecendo. A Bíblia diz que a maneira pela qual podemos receber o que Deus nos deu é sabendo o que Ele nos deu, crer no que Ele nos Deu, e falar o que Ele nos deu. Pois a Palavra d’Ele libera, o meu coração se apropria e a minha boca manifesta. Vida próspera é uma vida plena em todas as áreas, na saúde, nas finanças e no controle das emoções, e a fé criada pela Palavra que está em nosso coração, que sai por nossa boca apropria-se facilmente dela.

A Bíblia diz que Deus criou o mundo falando ” haja”, e houve. Deus criou o mundo usando a fala, e Jesus nos ensinou a fazer o mesmo quando em Marcos 11.23 Ele nos diz para falar ao monte crendo no coração e o monte obedeceria, Ele mesmo deu ordem aos ventos e as doenças, e disse que nós faríamos o que ele fez e outras coisas maiores.

Ficar esperando que Ele nos dê o que já nos deu, e que Ele faça o que nos mandou fazer, é uma grande perda de tempo, pois a fé pela qual o justo vive deve ser ativada por esse princípio, esse espírito de fé: saber o que nos tornamos n’Ele, ser fiel, nos apropriar e falar. O medo serve e acredita no diabo. A fé é animada e corajosa, não duvida e não tem medo, por isso fala somente o que crê.

O apóstolo Tiago diz que a língua é como um leme de um navio, dando direção e mudando o curso da natureza humana, nossa vida é um resultado do que cremos e falamos. Jesus disse que do que há em abundância no coração do homem, a boca fala, e isso contamina o homem. Trabalhe o seu coração colocando nele a Palavra de Deus, então o que sair da tua boca escreverá a tua história.

“Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus” (Mateus 4:4).

O leme está com você, coloque as coordenadas da Palavra de Deus no seu coração, e tenha uma ótima jornada com Deus através da sua boca!

 

 

1 COMENTÁRIO

  1. Palavra extraordinário, já fui impactado na EMR por sua vida e ministração, e agora mais uma vez. Grato ao nosso pai, por ti.

    Deus abençoe pastorzão!

DEIXE UMA RESPOSTA