Não se preocupe

Postado em
0

por Kenneth W. Hagin

Algum de vocês já escutou alguém lhe dizer: Não se preocupe? No exército nós dizíamos muito isso. De fato, como cristãos, nós não temos que nos preocupar com as coisas que o diabo está “jogando em nós”. O que isso quer dizer? Bem, o que quer dizer é: não fique sob pressão por causa de preocupação ou de ansiedade. Com Deus, nós não temos necessidade de nos preocupar.

“Entrega tuas preocupações ao SENHOR! Ele te sustentará; jamais permitirá que o justo venha a cair” (Salmos 55.22)

“Entregue seus fardos ao Senhor, e ele vai cuidar de você. Ele não permitirá que os piedosos a escorreguem e caiam” (versão NLT)

Jesus disse, em Mateus 11.28: Vinde a mim todos os que estais cansados de carregar suas pesadas cargas, e Eu vos darei descanso. Tomai vosso lugar em minha canga e aprendei de mim, porque sou amável e humilde de coração, assim achareis descanso para as vossas almas. Pois meu jugo é bom e a minha carga é leve”.

Agora, o que você precisa entender aqui quando ele está falando sobre tirar o jugo, tirar o peso, é que, na época, eles costumavam colocar o peso sobre a cabeça dos bois, era algo que os mantinham em linha. Precisamos eliminar preocupações da nossa cabeça. Vamos ler mais dois versículos:

“Não andeis ansiosos por motivo algum; pelo contrário, sejam todas as vossas solicitações declaradas na presença de Deus por meio de oração e súplicas com ações de graça. E a paz de Deus, que ultrapassa todo entendimento, guardará o vosso coração e os vossos pensamentos em Cristo Jesus” (Filipenses 4.6)

“Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade (preocupação, problemas, o que for), porque Ele tem cuidado de vós!” (I Pedro 5.7)

Talvez, você até as leu rapidamente por pensar: Eu já as conheço. Mas, você está permitindo que a Palavra tenha prioridade na sua vida? Sabe, nós podemos conhecer muitas escrituras e, ainda assim, não deixarmos elas governarem a nossa vida.

Nós precisamos ser lembrados das mesmas coisas periodicamente. Porque, se não formos, elas têm a tendência de escapar de nós. Nós precisamos ser lembrados delas tantas vezes até que elas sejam parte de nós. Assim como a tabuada quando você era criança.

Agora, está começando a temporada de Futebol. Sabe qual é a primeira coisa que eles irão fazer? Nos primeiros dias eles estarão com seus shorts e camisas e eles estarão fazendo exercícios condicionais que todos já fizeram todos os anos por não sei quantas milhares de vezes, não é verdade? Mas, se deixarem de fazer, eles ficarão enferrujados.

Você percebe que a mesma coisa acontece conosco e a Palavra de Deus? Nós não estamos tão afiados como deveríamos. Se não continuarmos nos relembrando continuamente, sobre o que a escritura tem a dizer sobre algumas coisas, ela vai escapar de nós. E, então, quando estiver na pressão da situação, você não conseguirá agir. Sabe, como uma pessoa me disse, nós devemos cuidar nossa mente continuamente com a verdade, com as escrituras básicas da Palavra de Deus.

Quando nós olhamos ao nosso redor, nós descobrimos que a vida é cheia de fardos, situações e circunstâncias adversas. Às vezes, nós olhamos para os lados e vemos muitas coisas que nos deixam chateados. Não é mesmo? Mas, o que nós erramos em perceber é que as coisas ao nosso redor são uma miragem. Porque tudo nessa terra está sujeito a mudanças. A Palavra de Deus fala sobre isso.

Tem uma história de um capelão militar. Ele montou uma tabela de preocupação, baseado nos problemas que as pessoas traziam até ele ao longo dos anos e descobriu que elas se encaixavam nessas categorias:

  • Se preocupar com coisas que nunca aconteceram – 40%
  • Preocupações sobre decisões passadas que não podem mudar – 30%
  • Preocupações com doenças que nunca aconteceram – 12%
  • Preocupações sobre crianças ou adultos que já podiam cuidar de si mesmos – 10%
  • Preocupações sobre problemas que realmente aconteceram – 8%

Então, olhe, de acordo com a tabela, 92% de todas as preocupações eram sobre coisas que as pessoas não podiam controlar ou sobre coisas que não existiam. Infelizmente, isso tem sido realidade também nas igrejas. Há muitas pessoas que, simplesmente, não acreditam que Deus é grande o suficiente para cuidar delas. É por isso que elas nunca entregam seus problemas para Ele.

Precisamos colocar a Palavra em prática. Temos que atentar para o que Ela diz. Quando nós olhamos para as circunstâncias ao nosso redor, nós nos desencorajamos. Quando nós olhamos para os outros, provavelmente ficamos desiludidos. Mas, quando olhamos para Deus, nós somos libertos.

Se nós continuarmos olhando para as situações, nós aumentaremos as falhas e os desapontamentos na nossa própria mente. Sabe, quanto mais você pensa em algo, maior ele fica para você. Pode até ser que não pareça ser uma grande situação, mas quanto mais você pensa nela, mais você a aumenta, até que se torna uma situação desproporcional.

Você já esteve perto de alguém com um problema pequeno e todos começam a falar, e ficam falando, e quanto mais eles falam maior fica o problema, até que vira um problema enorme, mas, na verdade, só virou um grande problema até alguém aumentá-lo? Você pode fazer isso, se não for cuidadoso.

Nós precisamos estar alertas o tempo todo. Porque o inimigo, irá trabalhar na sua mente. É por isso que Paulo ensinou a renovar a nossa mente com a Palavra (Romanos 12.2). O inimigo não pode chegar ao seu espírito, ao espírito recriado, mas ele pode chegar a sua mente. É por isso que você tem que renová-la.

Agora, quando ele entra? Para nos deixar chateados ou despedaçados? Normalmente quando estamos cansados ou frágeis. Por exemplo, quando você teve uma decepção ou quando você está só e parece que ninguém se importa. Ele também realmente entra quando alguém lhe ofende. São em momentos assim que, se você não for cuidadoso, ele vai entrar, e ele vai começar a tornar nossas situações e problemas maiores do que Deus. É por isso que eu digo: “Não se preocupe, Deus está no controle”.

Você só tem que acreditar que ele quer lhe ajudar a superar essas coisas e vai cuidar de você. Eu não disse que talvez não demore muito. Alguns pensam: “Oh isso é como jogar água no fogo não é?”. Não! Nem sempre! Mas, se você continuar crendo, Ele vai cuidar de toda a situação.

Uma vez, alguém me disse: “Cara eu estou crendo em Deus, mas está piorando”. E eu respondi: “Só continue crendo”.

Nós só temos que crer em Deus. A Palavra de Deus diz que um dia são como mil anos para o Senhor. Eu percebi que, quando o Senhor nos disse que nós teríamos Rhema por todo o mundo, isso foi nos anos 80, mas só começou a acontecer em 2000. Passaram-se 20 anos. E a gente cria nisso e sempre orava sobre isso. Pode parecer muito tempo, mas para Deus não era. Especialmente, se 1 mil anos são 1 dia, para nós não demorou nada.

O que eu estou tentando dizer é: “continue confiando em Deus, não importa quanto tempo demore. Okay?”.

Se realmente começarmos a olhar a Palavra de Deus, nós podemos ver o que realmente está acontecendo na vida. A vida, na verdade, é uma benção, é cheia de bênçãos. Se você está pensando em linha com a Palavra de Deus, perceberá isso. Agora, não é quando você está pensando no natural junto com com o que está acontecendo do mundo, e isso não é nada bom. Você tem que pensar em linha com a Palavra de Deus, com o que Ele diz.

Deus é bom! Ele é o Todo Poderoso. Mesmo no pior caso, Deus ainda pode nos dar as bênçãos. Se nós temos um problema, Deus tem uma promessa. Se nós temos uma situação, Deus tem uma solução. Se nós temos uma crise, Deus se importa. Se estamos machucados, Ele cura. Se nós temos falta. Ele vai prover. Se estamos desapontados, Deus nos lembra do nosso destino. Mesmo enfrentando uma situação impossível, Ele nos lembra: “Eu ainda estou aqui, Eu ainda estou com você”.

Nós poderíamos pensar alguns adjetivos ou advérbios que podem descrever o caráter de Deus. Enquanto estiver no meio de uma situação, só comece a pensar em Deus.  Vou lhe dar uma dica. Se for necessário use o alfabeto:

A – Deus é meu advogado, ele sempre defende meu caso. Ou Jesus é meu advogado e Ele sempre defende meu caso.

B – Bênçãos. Ele é abençoador. Nós somos abençoados. A Bíblia diz isso.

C – Ele cuida.

D – Ele é doador.

E – Emanuel. Ele está sempre presente.

F – Ele é fiel.

G – Ele é Grande

Veja, você pode continuar e pensar outras palavras…

Eu não sei o que você vai dizer quando chegar em algumas letras como N, U ou Z… Mas, pense em Deus. Aleluia! Às vezes, nós nos permitimos pensar mais no natural do que no espiritual, e a razão de ficarmos preocupados é essa. Esteja plenamente convicto de que Deus está trabalhando em você e por sua causa. Ele começou e Ele vai terminar.

Paulo disse: “E estou plenamente convicto de que aquele que iniciou boa obra em vós, há de concluí-la até o Dia de Cristo Jesus” (Filipenses 1.6).

Ao invés de pensar em nossas circunstâncias, nós temos que focar nEle. Quando você pensa no problema, o mesmo aumenta e fica pior do que já é. Mas, se você começar a pensar nas verdade das Palavra de Deus, vai se sintonizar no canal certo. E, de repente, as coisas mudam na sua mente. A vitória vai passar a ser real. Ao invés de se preocupar com as circunstâncias, foque-se na fidelidade de Deus. Toda vez que você entrar em uma situação difícil, pare e se lembre o que Ele fez por você no passado.

Deus já o livrou de algo no passado? Eu não estou falando sobre pecado, eu estou falando sobre situações difíceis que vieram contra você. Se Ele fez uma vez, Ele é fiel para fazer novamente. Porque Ele disse: “Eu nunca mudo”.

Jesus disse: “Sou o mesmo ontem, hoje e para sempre”. Pensar no problema, vai lhe causar somente estresse. Pensar nas promessas de Deus lhe trará descanso. Ao invés de afundar na preocupação, comece a adorar ao nosso Deus, Ele é maravilhoso.

Hoje, eu posso dizer para você com grande confiança: não importa o que você está enfrentando, ou que irá enfrentar no futuro, Deus é maior. Maior é aquele que está em mim, do que o que está no mundo. Só não fique chateado com as coisas que estão acontecendo, mas perceba que, se você se apegar à Palavra de Deus, estará sempre na frente e a sua vitória estará à caminho.

 

*Texto retirado da Revista Conexões, Edição Junho 2017 – Sessão Mensagem.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA