23 DE MAIO – Perdão e cura

Postado em
0

 

“É ele que perdoa todas as tuas iniquidades e sara todas as tuas enfer­midades”. (Salmo 103.3)

A enfermidade sobreveio aos filhos de Israel quando desobedeceram à Lei. O perdão da sua desobediência impor­tava para a cura das suas enfermidades.

Quando os filhos de Israel saíram da proteção da Aliança, ao cometerem iniquidades, surgiram as aflições (Sl 107.11,17,18). No entanto, quando clamaram ao Senhor, ele os livrou das suas necessidades. Enviou a sua palavra, e os sarou, e os livrou da sua destruição (Si 107.19,20).

Temos proteção com a nossa Aliança, mas é possível sair dela.

Desde que conheci a verdade sobre saúde e cura divinas na Palavra de Deus, a única ocasião em que alguma enfermi­dade tocou em mim foi quando saí da proteção do Senhor. Ora, não quero dizer que furtei alguma coisa ou contei uma mentira; simplesmente, não estava obedecendo a Deus como deveria estar (não estava ministrando da maneira que Deus me ordenava). Por isso, eu afastei-me da proteção da Aliança e fiquei vulnerável aos ataques do inimigo. Era, portanto, necessário arrepender-me e voltar a “andar na linha”. No momento em que o fiz, recebi a cura física.

Confissão: “Deus perdoa as iniquidades. Deus cura as doenças. Ele enviou a Sua Palavra e me sarou. Ele me livrou daquilo que era mortal”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA