A doce expectativa

Postado em
0

 por Cassiane Grando Damin
(Graduada do Centro de Treinamento Bíblico Rhema)

Falar sobre expectativa tem sido algo frequente nos últimos dias e, acredito que não seja novidade para ninguém aqui, certo?

Mas, vamos relembrar, “ouvir as mesmas coisas é segurança para nós”.

Expectativa se refere a algo que esperamos que aconteça e, esse acontecimento será em benefício nosso e aos que nos rodeiam, é uma condição de alguém que tem esperança, e claro, como já falamos aqui em um texto anterior (Você está sendo promovido?), a esperança e expectativa precisam estar aliadas a uma fé genuína, pois só assim não iremos esmorecer diante de qualquer dificuldade que se apresentar.

A expectativa é algo interessante, porque nos mantêm motivados, com aquele desejo ardente e podemos tê-la em diversas áreas: ministerial, profissional, intelectual, emocional, social… enfim, e para isso, temos uma informação ou conhecimento que irá sustentá-la.

Quem já fez compras em sites do exterior? A mercadoria demora um tempo para chegar e baseado na compra (informação de todo o pedido) você cria uma expectativa, certo? Sabe que é um bom produto (ou nem sempre rsrs), o preço foi bom e você acha algum argumento de que a compra valeu a pena.

Como podemos aprender com as coisas simples da vida, não é mesmo? Mas, não quero falar sobre compras, a questão é a expectativa que nutrimos em nosso coração até a chegada e, isso é super natural e saudável. E quando a expectativa é frustrada? Quando não era o tecido que você imaginava, ou não era a cor da make que parecia ser?

Naturalmente falando, toda expectativa gerada no campo natural pode trazer algum tipo de frustração, porém, quero falar sobre uma DOCE EXPECTATIVA, aquela que é perfeita e virá no tempo adequado, sim, o arrebatamento!

Você tem expectativa sobre este grande dia? Eu espero que sim, porque é a mais legítima e que todo cristão precisa ter. Em I Tessalonicenses 5 está descrito alguns sinais do arrebatamento e, especialmente no versículo 6 afirma para não dormirmos, mas vigiarmos, estarmos atentos, ou como estamos falando, nutrir uma doce expectativa.

Um dia uma pessoa fez uma pergunta interessante: Cassi, você gosta da vida? Eu sorri e respondi que sim (mesmo sem entender o porquê da questão rsrs). Depois fiquei pensando: “Na verdade, me alegro nesta vida, tenho gratidão pelo cuidado de Deus, de como posso expressar e viver o Seu amor todos os dias, porém, minha alegria e expectativa mais autêntica estão na vida eterna com Cristo, enquanto isso… Vamos vivendo da melhor maneira possível, trazendo ‘um gostinho’ do céu aqui na Terra“.

Meu desejo é: Que não deixemos nada apagar essa expectativa daquele grande dia! Dificuldades vêm e passam, mas nossos olhos e foco precisam estar originados em Deus, somente nele!

Paulo e Silas na prisão são um exemplo disto. Ou você acha que alguém que passa por perseguições, recebe açoites, é jogado na prisão tem forças naturais para ainda assim adorar? Atos 16. 16-26 nos fala um pouco sobre isso. A fé e a expectativa num Deus que tudo pode era muito maior do que estavam passando. Assim como Paulo andava com Silas, associe-se à pessoas que se unam em fé com você e provoquem um futuro glorioso em tempos difíceis.

Não viva uma vida de “mesmice”, uma vida com Deus “mais ou menos”, não tenha medo do que você já carrega dentro de você – a vida de Deus (Zoe), vida plena e abundante (João 10.10b).

Quero deixar aqui alguns versículos que nos ajudarão a manter a expectativa certa.

  • Romanos 1.17b O justo viverá pela fé

  • Provérbios 23.18 – Se temos nosso coração em Deus nossa esperança não será frustrada; Deus nos deixou uma carta de amor para que vivamos da melhor maneira possível;

  • Jeremias 29.11 – Ele tem planos de paz ao nosso respeito;

  • I João 4.4 – Filhinhos, vocês são de Deus então maior é o que está em vocês do que o que está no mundo;

  • Filipenses 4.12-13 – Paulo sabia o que era passar por necessidade, andar em fartura, mas em todas as coisas ele sabia que Deus o fortalecia.

Tenha certeza que a cada manhã pode ser empolgante quando você começar a observar os detalhes da criação e o cuidado do Paizão, enfim, há muito a desfrutar em Deus e, lembre-se: Sempre tem mais para vivermos nEle!

Rompa com tudo aquilo que é velho e que lhe faz travar, se revista do novo e compreenda este ousado amor de Deus!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA