A Importância da boa influência

Postado em
0

Rafael Keidann

Pastor Auxiliar na Igreja Verbo da Vida Água Verde, Curitiba-PR

Meu melhor amigo dos tempos de Ensino Médio era um craque no futebol. Ele participava da seleção da escola e fazia parte de um time amador, jogar bola era seu principal lazer. Eu sempre gostei de jogar bola, mas essa nunca foi minha maior virtude. Por causa da minha convivência com ele acabei participando de muito mais jogos do que jogaria se não estivesse com ele. Além disso, meu amigo me incentivou a participar da escola de futebol onde ele treinava. Toda essa influência ajudou no desenvolvimento de minhas “qualidades futebolísticas” e me levaram, inclusive, a fazer parte da seleção de nossa escola (onde ele já participava do time).

Nos tempos da faculdade também tive muitos amigos que me influenciaram. Em um determinado semestre, acabei me associando com alguns amigos que tinham uma habilidade tremenda em matar aula para ficar conversando. Em pouco tempo, desenvolvi minhas habilidades nessa área e me tornei um “matador de aula” profissional. Entretanto, logo vi que isso me causaria problemas e deixei de relacionar-me com eles e de receber aquele tipo de influência. Hoje, colho os frutos dessa sábia decisão. Muitos deles levaram muitos semestres a mais para se formar enquanto eu me formei com um semestre de antecedência.

A influência é algo tão poderoso que Paulo exortou aos coríntios a não se associar com pessoas imorais que se dizem irmãs, inclusive a nem comer com tais tipos de pessoas (1 Coríntios 5)!

Entulho ou Catalizador?

Os nossos pensamentos, atitudes, comportamentos podem resumir-se a um fardo pesado que deixa a nossa vida pesada e lenta. Infelizmente, muitas pessoas não pensam duas vezes quando a questão é lançar sobre outros esse tipo de “entulho”.

“Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta.” (Hebreus 12:1)

A Bíblia nos ensina a nos livrar de tudo o que nos atrapalha (em outras versões “de todo embaraço” ou “de todo o peso”). Isso inclui amizades, relacionamentos, associações. Por outro lado, existem pessoas que são como um catalizador: irão acelerar o seu crescimento e te levar para níveis que você jamais conseguiria alcançar sozinho.

“É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! E se dois dormirem juntos, vão manter-se aquecidos. Como, porém, manter-se aquecido sozinho? Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade.” (Eclesiastes 4:9-12)

Quer um conselho? Simplesmente use a lógica: entulho é lixo! Não vamos descartar pessoas mas, podemos escolher não sermos depósitos dos “entulhos” que algumas delas insistem em lançar sobre nós. Precisamos nos cercar de pessoas “catalisadoras”!

Sinergia

Outra importância de estar associado é a sinergia (capacidade de 2 ou mais indivíduos obterem um resultado maior trabalhando juntos do que a soma dos seus resultados isolados).

“Como poderia um só homem perseguir mil, ou dois porem em fuga dez mil, a não ser que a sua Rocha os tivesse vendido, a não ser que o Senhor os tivesse abandonado?” (Deuteronômio 32:30)

Não é interessante que um homem poderia perseguir mil, mas o dobro de homens poderia derrotar dez vezes mais? Isso fala a respeito de sinergia! Se você estiver associado às pessoas certas, todos juntos irão produzir mais do que a soma da produção individual de cada um.

É melhor ter um amigo com valor absoluto baixo mas que te acrescente valor do que alguém com um grande valor negativo.

A escolha é sua! Nós sempre seremos influenciados por aqueles com o qual convivemos mais. A diferença é que alguns nos influenciarão positivamente, outros negativamente.

Ninguém pode dar o que não tem e dificilmente seremos influenciados por uma característica pouco relevante do outro. Normalmente, as pessoas nos influenciam naquilo em que são melhores e que as destacam das demais (positiva ou negativamente). Você não tem como escolher o tipo de influência que as pessoas oferecem, mas tem a capacidade de escolher com quem quer se associar!

Toda ASSOCIAÇÃO gera INFLUÊNCIA.
Toda INFLUÊNCIA gera INSPIRAÇÃO.
Toda INSPIRAÇÃO gera FRUTOS.
Não está satisfeito com seus frutos? É hora de mudar suas associações!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA