A Inveja corrói

Postado em
0
2794

flavio-300x300-150x150Flávio Cunha
Pastor da Igreja Verbo da Vida em Teresópolis-RJ

Pouco se fala sobre o pecado da inveja, e isto, em parte, acontece porque a inveja é conhecida como “o pecado envergonhado”.

“A inveja é um vírus que se caracteriza pela ausência de sintomas aparentes. A preguiça se derrama, a gula engorda, a avareza acumula, a luxuria se oferece, o orgulho brilha, só a inveja que se esconde”.  Zuenir Ventura

Mesmo sendo um pecado pouco comentado, a Bíblia fala sobre a inveja e nos faz advertências contra ela. De fato, inveja é um “sentimento” que todos sentem ou sentiram, em algum momento da vida.

A inveja é um desgosto pelo bem do outro, é um sentimento de que se eu não tenho ou sou, logo, você não deveria ter ou ser.

Ela nasce da baixo autoestima, que tem como raiz a falta de fé naquilo que Deus revela na sua Palavra sobre nós. Não crer no valor que Deus nos atribui, nos fará olhar para outros como melhores do que nós, produzindo assim, uma baixo autoestima podendo nos levar ao pecado da inveja.

Pessoas invejosas são sempre infelizes. A verdade é que, antes da inveja atacar a outros, já atacou aquele que a possui  sob o nome de insatisfação. Então, para esconder seus reais sentimentos, a pessoa que sente a inveja acaba por criar para si um comportamento dissimulado; criando assim uma das características mais forte de um invejoso que é a falsidade.

O sentimento de inveja produzirá reações que vão desde simplesmente ignorar alguém até a uma perseguição deliberada contra o próximo na tentativa de sabotá-lo.

A falsidade é a arma de ataque do invejoso, enquanto que orgulho é a sua arma de defesa. Por isso, geralmente pessoas invejosas também são orgulhosas.

O problema é que o invejoso tende a olhar para o futuro na expectativa de ser alguém importante e ter valor, quando deveria fazer ao contrário, olhar para trás e ver que a sua origem foi em Deus, e, por isto, saber que ele já é valioso.

A inveja produz uma vida de tormento e afasta as pessoas daqueles que as têm, destruindo assim a possibilidade de relações saudáveis. De fato, poucas pessoas irão querer pagar o preço de viver com pessoas invejosas, pois elas podem ser cruéis. Amizades sadias não florescem dentro de um ambiente de inveja.

Veja o que a bíblia diz sobre inveja. A inveja interfere nas boas relações:

“Quando meu coração estava amargurado e no meu íntimo sentia inveja, era eu um insensato e ignorante; minha atitude para contigo era semelhante à de um animal irracional”. (Salmos 73.21-23)

O invejoso perderá amigos por não o suportarem:

“O rancor é cruel e a fúria é destrutiva, mas quem consegue suportar a inveja?”. (Provérbios 27.4)

Inveja está na lista de pecados bem sérios:

“Comportemo-nos com decência, como quem age à luz do dia, não em orgias e bebedeiras, não em imoralidade sexual e depravação, não em desavença e inveja”. (Romanos 13.13)

Ela destruirá o seu hospedeiro.

“O ressentimento mata o insensato, e a inveja destrói o tolo”. (Jó 5.2)

Decida hoje ser livre deste mal silencioso e altamente destrutivo chamado inveja.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA