Aquecendo a chama

Postado em
0
1715

sinaraSinara Aguiar
Diretora do Rhema em Porto Alegre-RS

E, porque se multiplicará a iniquidade, vai esfriar o amor de muitos.” (Mateus 24.12)

Nós estamos vivendo os últimos dias, que antecedem a segunda vinda de Cristo e podemos perceber o quanto a criminalidade, o pecado e a injustiça tem se multiplicado!

E por causa dessa multiplicação, a Bíblia alerta que o amor de muitos vai se esfriar. As pessoas se tornarão insensíveis, vão se tornar frias, vão diminuir a intensidade no quesito amor!

Mas, essa não é a vontade de Deus!

Em Filipenses 1.9 Paulo, inspirado pelo Espírito de Deus escreveu: “que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção”.

Em Romanos 5.5 está escrito que esse amor é derramado em nossos corações por meio do Seu Espírito que habita em nós. Podemos decidir esfriar ou aquecer o amor de Deus que está dentro em nós. Uma fogueira para manter o fogo, precisa ser alimentada com lenha. Do contrário, ela pode apagar.

Se na sua vida você percebe que está esfriando no amor, quero lhe convidar a pensar um pouco sobre o que podemos fazer para aumentar ou manter acesa a chama do amor.

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá”. (I Coríntios 13:4-8)

Este é um texto que pode nos ajudar com algumas dicas:

1) Seja paciente – longânimo, ou seja, de pavio longo, tardio para se irar.

2) Seja bondoso – gentil, educado, cortês.

3) Não seja invejoso ou ciumento – se alegre quando alguém for promovido.

4) Não seja presunçoso ou orgulhoso – não fique se exibindo ou se enaltecendo.

5) Não seja egoísta – troque o “eu primeiro” por “você primeiro”.

6) Não se conduza inconvenientemente – respeite as pessoas, não seja arrogante ou grosseiro.

7) Não procure seus próprios interesses – nem tudo é como queremos.

8) Não se irrite – não se exaspere ou seja raivoso.

9) Não seja melindroso – não se magoe por tudo (não se ressente do mal). Não guarde rancor. Não fique notando o mal que os outros lhe fazem, perdoe!

10) Não fique satisfeito com a injustiça, mas se alegre, quando a verdade triunfa.

11) Sofra – não exponha o erro do outro.

12) Acredite – acredite no melhor do outro.

13) Espere – sempre espere o melhor do outro.

14) Suporte – não desista do outro.

Colocar essas palavras em prática não é confortável para a nossa carne, mas pensando do ponto de vista do Princípio da Semeadura e Colheita, penso que todos nós queremos ser amados com esse tipo de amor, não é mesmo? Queremos que as pessoas tenham paciência conosco, sejam gentis conosco, nos perdoem, nos suportem… Queremos colher todas essas coisas!

Mas, para colher é necessário haver uma plantação. E para toda plantação há um tempo próprio de colheita.

Então, decida HOJE mesmo colocar mais lenha no amor de Deus que está em você! Praticando essas palavras, você vai experimentar o que está escrito no versículo 8 de I Coríntios 13, que diz: o amor JAMAIS ACABA!

Aqueça a chama do amor de Deus que está em você!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA