Assuma a sua autoridade 

Postado em
1

por Patsy Cameneti (Brisbane -Austrália)
*Ministra da Rhema Family Church 

Em 1975, o irmão Kenneth Hagin trouxe uma palavra de profecia. Possivelmente, você já tenha ouvido falar sobre ela pelo impacto que ela trouxe. O irmão Hagin viu e ouviu algumas coisas assim como os profetas da Bíblia. Era comum eles ouvirem alguns sons, Zacarias e Ezequiel tinham grandes visões. João, aquele que era amado viu e ouviu coisas, e essas coisas que ele viu e ouviu também escreveu. 

Da mesma forma que outros profetas viram e ouviram coisas, e o irmão Hagin viu e ouviu algumas coisas. Ele viu um exército. Mas não somente ele viu, mas ouviu esse exército e  somos que ele ouviu ele repetiu vez após vez aquilo que ele estava ouvindo viu o exército o Senhor marchando, e esse exército superava qualquer impedimento. Havia barreiras de denominações, pensamentos equivocados, mas esse exército marchava e passava por cima de tudo isso.

Havia barreiras culturais, mas esse exército não era parado por coisa alguma. Eles marchavam em vitória. Debaixo de uma direção do Espírito Santo, debaixo de uma liderança de Jesus Cristo que é o cabeça da igreja.

Uma das razões pelas quais o Rhema começou foi na verdade para cumprir essa profecia e visão. As pessoas que são graduados e associados do Rhema eram as que compunham esse exército, elas não eram as únicas, mas eram predominantes e você está nesse exército.

É um exército que está marchando adiante. Não é um exército que está fugindo e se retirando por causa das dificuldades, esse exército que está voltando atrás não somos nós, não nos foi dado a ordem de se retirar não.

Durante essa temporada do Coronavírus, quando as pessoas começaram a se isolar, pessoas estão recuando de medo no mundo inteiro, o exército do Senhor não está recuando. Não é tempo de ficar confortáveis e proteger apenas a nós mesmos é a hora de nos render ao nosso comandante, porque ele tem coisas para que nós façamos, ele não está com medo e nem nós estamos. 

Deixa eu lhe fazer uma pergunta: quantos de vocês receberam esse dom da justiça? Se você recebeu, se Jesus é o seu senhor, então, com ousadia onde quer que estejas diga: eu sou justo, recebi o dom da justiça. 

Paulo também fala de recebermos da abundância da graça. Temos relacionamento com Deus e uns com os outros, mas o primeiro dos nossos relacionamentos é com ele: Jesus. 

Através dessa comunhão com ele recebemos graça e quanto mais comunhão nós temos com ele, mais recebemos dessa graça que é viva e fortalecedora, através desse dom da justiça e da abundância da graça, a Bíblia diz que nós reinamos em vida.  Se algo está reinando sobre você, dá uma conferida nessas duas coisas: será que você esqueceu da sua justiça? Será que esqueceu que existe um trono que você pode entrar com ousadia?

Essa justiça o torna ousado como um leão. Não é que você tente ser ousado, não é estar tentando reinar, as qualidades de abundância da graça e dom de justiça produzem essa qualidade de reinar. 

Ao invés de se curvar diante da vida, você vai se levantar!

Deus o chamou para reinar na sua cidade, Deus o chamou para reinar no Brasil ou aonde quer que Ele o mande. Nós fomos feitos reis e sacerdotes diante de Deus. Nós reinamos como reis nessa vida. Eu sou um sacerdote e também sou rei. E Jesus é o rei dos reis. Como rei eu posso decretar as coisas e elas precisam acontecer. Quando eu estiver falando pelo Espírito.

Atualmente, o Salmo 91 foi muito observado. Ele traz muitas promessas. Ele promete que praga nenhuma chega a nossa tenda. Mas essa não é a única coisa do Salmos 91, a proteção é uma coisa linda, mas quero que olhe o verso 13. Na primeira parte dele nos mostra habitando naquele esconderijo do altíssimo num lugar seguro, mas esse versículo mostra percorrendo de maneira agressiva, então, essa não é a hora de nos escondermos do diabo não. 

O efeito da comunhão com o Senhor não nos faz retroceder, recuar e nos esconder. Pelo contrário, o produto dessa comunhão é visto no verso 13, nós vamos pisar no leão e na áspide. Deus tem lugares para nós irmos e são lugares perigosos. Estamos falando espiritualmente também, quando estamos em comunhão não temos medo de leão e de áspide. Em Lucas 10.19, Jesus está dizendo que lhe deu autoridade. Autoridade para esconder-se, para se isolar? Não! 

Ele como cabeça da igreja nos autorizou, aquele que conduz o nosso exército em triunfo. Ele está nos dizendo que já nos deu autoridade não recue, não recue diante de uma pandemia.

Até Jesus voltar coisas como essas vão acontecer mais e mais na terra, mas não estamos com medo, é hora de se levantar. Não quer dizer que tudo está lindo, nem espere isso, mas mesmo tendo aflições, tende bom ânimo porque Ele já venceu o mundo.

Devemos nos alegrar pois estamos em um exército que não pode ser derrotado, nós vencemos!

Existem pessoas que estão enfrentando desafios além dessa pandemia, desafios familiares, desafios no casamento, no seu emprego, nas finanças, desafios na igreja, existem desafios entre amigos, tem desafios que o diabo está levantando para pará-los, mas Jesus quer que você saiba hoje que Ele foi quem lhe deu autoridade para marcar e avançar. Não fique parado e paralisado de medo, não se encolha em um canto.

O livro de Provérbios fala sobre reis e pessoas que estão em posição de autoridade, eu gosto desses versículos e até grifo para eles se destacarem. Recentemente, eu estava olhando esses versos e me senti impulsionada a ler a luz do que diz Romanos 5.17, de uma forma que esse versículos estariam falando diretamente para mim.

Um rei não fica apenas sentado comendo suas comidas. Ele não está ali apenas para ver as pessoas facilitando as coisas para ele, um rei tem um trabalho a ser feito, um rei reina e você é um rei, você é um filho de Deus. Você também tem um trabalho a fazer e esse trabalho é reinar. Talvez esteja no ministério, talvez esteja nos cinco dons, mas cada filho de Deus que tem esse dom da justiça e que tem a abundância da graça, tem um trabalho a ser feito.

Aquilo que você julgar incorreto aqui na terra também será julgado no céu e aquilo que você julgar correto na terra, será julgado correto no céu. Devemos declarar ilegais as obras do maligno. 

Deus o posicionou na cidade e nos lugares onde você vive. Ele não o colocou lá apenas para cuidar da vida cotidiana, mas para que você reinasse e se você discerne em seu coração que está acontecendo impiedade ele lhe dá autoridade para assumir contra essa corrupção.

O nosso inimigo não é carne ou sangue, agora mesmo ele se levanta através de pessoas e tem coisa iníquas acontecendo, e  essas coisas afetam comunidades inteiras, regiões e nações inteiras. O desígnio dessas forças malignas é manter as pessoas nas trevas para impedir a colheita que acontecerá antes da volta de Jesus.

Não é trabalho de Deus fazer parar e cessar essas obras, em Efésios vemos que Deus nos dá uma armadura e nós devemos colocá-la, ele nos diz que temos uma arma, essa arma é a espada do Espírito, a palavra de Deus, a palavra falada é o Rhema de Deus. 

Não fique de boca fechada numa hora dessa. Nesse momento temos máscara em nosso rosto, isso pode nos dar a impressão que estamos amordaçados, mas Deus quer que falemos a Palavra.

Fale a Palavra na sua casa, na sua vizinhança, fale a Palavra enquanto dirige pela cidade, nas suas igrejas, ao invés de recuar e calar. Espiritualmente, o diabo quer colocar uma mordaça na boca do corpo de Cristo. Espiritualmente, jogue isso fora e fale a Palavra, declare aquilo que Deus lhe diz sobre você mesmo, sua família, a igreja, a sua cidade, sobre o Brasil. E sobre tudo aquilo que Ele lhe der para fazer, vamos falar as palavras dele e enquanto fazemos isso pelo Espírito vamos estar marchando e avançando.

 

*Trechos da mensagem do dia 15 de julho, na Conferência de Ministros on-line 2020.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA