Céus abertos, Corações rasgados

Postado em
0

por Débora Taynah
(Aluna do Centro de Treinamento Bíblico Rhema em Campina Grande-PB)

“CÉUS ABERTOS, CORAÇÕES RASGADOS”, tantas são as vezes que escutamos essa frase em músicas, em ministrações, etc. O que eu quero tratar hoje é sobre esses dois temas que estão interligados.

Quando falamos de Céu, nos vêm a lembrança dAquele que nos criou, Deus, traz à memória muitas passagens na Bíblia. Nos lembra que é lá que Jesus habita, assentado ao lado do Trono do Pai.

Já quando escutamos sobre corações rasgados, revela pureza, fidelidade, santidade, corações sedentos e rendidos. E é dessa forma que Deus quer nos encontrar, eu e você com sede de intimidade com a Palavra e a Presença do Senhor.

Muitas vezes, perdemos de receber coisas que estavam preparadas para nós por falta de confiança em nós mesmos, queremos nos limitar e limitar a Deus. Inclusive querer colocar Deus em uma caixa, e com certeza esse não é o melhor lugar para Ele estar.

Pedimos coisas ao Senhor e muitas vezes nos perguntamos o porquê de elas não acontecerem e, um dos motivos delas não se manifestarem é que oramos de uma forma e declaramos de outra.

Escutei uma frase em uma ministração esse final de semana do Pr. Wellington Ricelli, da Igreja Verbo da Vida de Resende-RJ. A frase dizia o seguinte: “Nem sempre eu terei tudo o que eu oro, mas sempre eu terei tudo o que eu falo“.

Em Provérbios 18.20 na Nova Linguagem de Hoje afirma: “Você terá de aguentar as consequências de tudo o que disser. “Já na versão da Nova Bíblia Viva fala que “Sempre temos que comer o fruto das palavras que semeamos”.

Não temos como receber algo que estamos declarando totalmente o contrário daquilo que oramos e cremos.

As nossas palavras podem impedir que aquilo que nós oramos se manifeste.

Deus quer realizar cada um dos nossos sonhos, quer ver a manifestação do propósito que nos foi estabelecido, mas muitas vezes não recebemos, ou, por não estarmos maduros os suficientes para recebê-lo, ou, por não estarmos com a intenção correta no coração.

Deus não vai lhe dar algo, sabendo que se Ele lhe der, vai roubar o tempo de comunhão que você tem com Ele. Deus não lhe quer pela metade, Ele lhe quer por inteiro.

Eu e você nascemos com o propósito de adorarmos a Ele em espírito e em verdade, de todo o coração. Não é de qualquer forma. É por inteiro, são todos os dias.

“Mas está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. O Pai procura pessoas que o adorem desse modo” (João 4.23 NVT)

Os nossos frutos vão revelar quem somos no secreto. Se você é uma pessoa que investe em comunhão, no estudo da Palavra, em oração, no ajudar aos outros, é nisso que os seus frutos irão se revelar.

Os céus já estão abertos para a sua bênção se manifestar, está tudo preparado, é necessário só um pouco mais de perseverança. Mas, a pergunta é: Será que iremos manter o nosso Coração Rasgado até o cumprimento da promessa?

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA