Como crianças…

Postado em
0
por Ana Clara Menegazzi
(Integrante do Departamento de Jovens FLY – Verbo da Vida em Sinop-MT)

 
Uma pequena criança andando em um jardim, as flores estavam murchas, as árvores caídas, as folhas estavam secas e a grama não era verdinha, era uma grama sofrida, amarelada… O vento no jardim era suave, mas o clima era de tristeza e frieza, pois, tudo estava sem cor e vazio. 
 
Atrás dessa pequena criança havia um homem, um homem que acompanhava os passos dela. Quando olhou para trás e o viu, ela acenou com a mão, como se dissesse: “Você pode vir comigo?“. E o olhar daquele homem gritou dizendo SIM. Ele começou a dar passos em direção a ela e a ofereceu a mão, então começaram caminhar pelo jardim de mãos dadas. De um segundo para o outro, as flores começaram a ter cor, as árvores das mais baixas as mais altas começaram a frutificar, a grama que antes estava amarelada se tornou mais verde do que qualquer outra, e as folhas secas se tornaram as mais belas folhas. 
 
Os dois encontraram um tesouro, a chave do tesouro estava com ele, ela olhou no fundo dos seus olhos e disse: “Posso?“. E mais uma vez o olhar daquele homem gritou dizendo: “É seu! Abre, é todo seu!”. Quando ela abriu, uma música começou tocar, era um som, um doce som e aquela pequena criança começou a dançar, a girar, ela girava e dançava em um jardim com as mais belas flores, girassóis, rosas, tulipas, todas as flores estavam unidas, inclusive ela, foi uma dança de liberdade, foram giros de amor! 
 
Não há maior tesouro que um relacionamento vivo com o Pai! Um dia Ele nos permite entender, compreender, todas as coisas que Ele fala, Ele cumpre, Ele é mais real do que tudo que pensamos, vemos, imaginamos, ouvimos e falamos, Ele é vivo e eu não sei o que seria de nós se Ele não estivesse vivo! 
 
Um jardim vazio e sem cor é uma vida sem luz e sem amor, um jardim vazio e sem cor é um coração ferido e cheio de dor, um jardim vazio e sem cor é uma trajetória inteira – uma vida inteira ou até um pedaço da vida – longe dAquele que nos amou! 
 
“Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam” (João 1.4-5)
 
Mas, um jardim colorido e com as mais belas flores é uma vida inteira, uma trajetória inteira de plenitude. Claro que algumas flores tem espinhos, mas o Jardineiro é o mais qualificado pra cuidar delas; Às vezes, na grama pode ter algo que machuque, mas faça como aquela pequena criança fez, olhe sempre pra Ele e lembre daquele olhar gritando EU ESTOU AQUI, ABRA, É TODO SEU! – e então, essa vai ser a hora de abrir a porta do seu quarto e mergulhar na maior aventura de amor que existe, que existiu e que sempre existirá: UM RELACIONAMENTO COM JESUS! 
 
“Mas, ao orar, entre no seu quarto  e, fechada a porta, ore ao seu Pai, que está em secreto (…)” (Mateus 6.6 NAA)
 
Relacionamento de paz, esperança e confiança, relacionamento de entrega de inseguranças, medos e falhas, um relacionamento no qual se recebe amor, cuidado, conforto, confronto, mudanças, um relacionamento sem decepções!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA