Deus quer te curar

Postado em
12

Thayse SousaThayse Sousa

Integrante dos Jovens Mais de Deus

Quero escrever hoje sobre meu testemunho de fé e cura. Quando nasci meus pais perceberam que meu processo de respiração era diferente, por não respirar bem não conseguia deglutir o alimento normalmente pela falta de ar. Então, me levaram ao médico, e foi descoberto que eu tinha adenoide (As adenoides são duas pequenas glândulas compostas por tecido linfoide, semelhantes às amígdalas. As adenoides crescem durante a infância. Quando elas crescem muito, podem causar obstrução da passagem do ar respirado pelo nariz). Ao passar por todo processo de exames, o médico informou aos meus pais que a cirurgia seria a única saída.

Minha avó materna que hoje já está com o Senhor (Dona Eliete), era uma intercessora nata, uma mulher cheia de vigor e fé. Ao saber do meu diagnóstico, me levou ao círculo de oração e lá em uma terça-feira à noite oraram por mim, e ela retornou para casa comigo me entregou aos braços da minha mãe e disse: MINHA NETA ESTÁ CURADA FILHA. Minha mãe nesse tempo ainda não conhecia a Palavra, então não levou em consideração o que minha avó havia dito. O tempo foi passando e ao completar 3 anos meus pais decidiram marcar a cirurgia. O dia da cirurgia se aproximava e uma noite antes do dia marcado Deus falou em sonho com minha mãe dizendo que não fizesse a cirurgia, porque Ele já havia me curado! Minha mãe ainda em tempo de inocência desconsiderou, no entanto, sentiu seu coração apertar.

Mesmo assim fomos, no dia seguinte como o combinado. Minha mãe, me arrumou me entregou a anestesista. Ela relata que ao me entregar a doutora e quando eu ia entrando para sala, olhei para ela sorrindo e disse: tchau mamãe eu já volto. Esse ponto foi onde tudo começou (durante o procedimento de anestesia), me deram a primeira medicação e meu organismo começou a reagir, e a cirurgia começou. Para deixar bem claro essa cirurgia era um procedimento simples que deveria ter a duração de 30 minutos, no máximo 40, no entanto, do lado de fora meus pais perceberam que o tempo havia extrapolado, pois eles estavam na sala de espera já fazia 2 horas meu pai precisou voltar ao trabalho com o coração aflito.

Então, se passando todo esse tempo a anestesista saiu da sala, foi ao encontro da minha mãe e disse: “Mãe deu um probleminha na cirurgia dela”, minha mãe ficou muito nervosa perguntando o que havia acontecido, a doutora disse que o médico já vinha falar com ela. O médico veio ao encontro dela e disse: “Nós estávamos todo esse tempo tentando reanimar sua filha, que teve durante a cirurgia duas paradas cardiorrespiratórias e entrou em coma”. Minha mãe entrou em desespero ligou para o meu pai que ao saber da notícia também ficou desesperado saiu do trabalho correndo e foi para o hospital. Ao chegar lá meu pai ficou perguntando aos médicos o que tinha acontecido, os doutores tentavam acalmar os dois, mas disseram que não sabia o que havia acontecido, o porquê, eles simplesmente não tinham a resposta para dar.

Fui encaminha para UTI em estado grave e minha mãe relata que por muita revolta ela acusava os médicos porque ela entregou sua filha bem, e agora eles a devolviam uma menina em estado VEGETATIVO. Passei dois meses em coma, durante esse tempo tive outra parada cardiorrespiratória na frente da minha mãe, onde os médicos entraram correndo arrancando ela de dentro do quarto dizendo que eles precisavam agir rápido porque eu iria morrer.

Ao passar esse tempo em coma, finalmente acordei. Meus pais ficaram felizes pelo acontecimento, no entanto algo inesperado aconteceu. Pedi baixinho para acenderem as luzes, e perguntei: por que está escuro? E assim os médicos descobriram que eu tinha perdido a visão, os movimentos das pernas, os membros do meu corpo atrofiaram, logo após descobriram também que eu estava com retardo mental e também um quadro de surdez.E os médicos não tinham respostas para esse quadro clínico que a cada dia tinha um agravante.

Após todo esse tempo na UTI, os médicos solicitaram aos meus pais que me levassem para casa, porque meu caso tão tinha mais jeito se continuasse por mais tempo poderia pegar uma infecção hospitalar. Minha mãe relutou e disse: “Mas, não vou levar minha filha desse jeito porque eu não a trouxe assim” E o médico olhou nos olhos dela e respondeu: “Leve sua filha porque de agora em diante ela vai ficar assim em estado vegetativo e isso será para sempre.”

Ele prescreveu quatro medicamentos controlados que eu deveria tomar para o resto da minha vida. Minha mãe me trouxe para casa de cadeira de rodas CEGA,SURDA, PARALÍTICA, EM ESTADO VEGETATIVO, SE ALIMENTANDO POR SONDA. Nesse tempo comecei a fazer fisioterapia (por isso hoje tenho minha irmã fisioterapeuta que ama sua profissão e sabe que é agente de milagres para vida das pessoas). E o tempo foi se passando, entre fisioterapia e meus familiares lutando todos os dias para minha melhora, minha mãe entendeu que os diagnósticos dos médicos não era o diagnóstico de Deus para mim.

E então ela entregou de uma vez por todas seu coração ao Senhor e começou a exercer FÉ, e meu pai mesmo sem ter o conhecimento da palavra ele entendia e entende que Deus é PODEROSO PARA FAZER. E eles, exercendo fé em todo tempo, começaram a ver pequenas melhoras na fisioterapia, comecei a evoluir, a sentir as pernas, gradativamente minha visão começou a voltar, voltei a ouvir, voltei a comer aos pouquinhos, tudo de uma forma sobrenatural.

Até que um dia as amigas do círculo de oração da minha avó vieram na minha casa orar pela minha vida, minha mãe me colocou no colo e uma irmã olhou nos meus olhos e disse: “Thayse você crê que Jesus pode curar você agora?” E com quatro anos de idade, olhei para ela sorri e disse com minha fé: “EU CREIO”, então ela sorriu olhando para mim e disse: “ENTÃO THAYSE, ANDE!” Minha mãe me colocou de pé no chão e eu comecei a dar passos.

E nesse exato momento eu fui completamente restaurada, voltei a andar e todas as outras coisas se restabeleceram. Os médicos disseram que eu nunca mais teria infância, que meus pais e minha irmã nunca mais me veriam saudável e eu estou aqui compartilhando tudo isso com você.

Esse testemunho é para lhe lembrar que DEUS QUER LHE CURAR E ELE ESTÁ DISPOSTO A FAZER, Deus é o mesmo hoje, Ele continua a fazer MILAGRES!

12 COMENTÁRIOS

  1. Esse Deus! Inexplicável, maravilhoso e perfeito ❤️ Parabéns pelo lindo testemunho. Que muitas pessoas sejam alcançadas pelo Senhor através da sua vida.

  2. Deus é fiel!! Lembro de cada detalhe, o desespero de minha irmã!! Minha querida Thayse é muito bom ter presenciado um milagre de Deus em sua vida!! O seu foi o primeiro!! Depois veio o da minha filha.. agradeço todos os dias. Te Amooooo.

  3. Que testemunho tremendo!! Deus continua fiel, tenho uma filha que não anda,não fala vive na cadeirinha de rodas tem 8 aninhos,ainda espero um milagre.

  4. Maninha, como é lindo lembrar de tudo isso( glória que hoje são apenas lembranças )sabemos que passou, e Deus mudou todo um contexto. Hoje é o dia de muitos entenderem o peso da Glória… Seu oculto sendo revelado para Glória Dele…
    Te amo ❤

  5. Ah, meu Deus! A tua vida, amiga ♥ Que testemunho maravilhoso! Não tem como não ver e sentir o agir de Deus em tudo isso.

    Te admiro ainda mais – e nem sabia que isso era possível -. Te amo! <3

DEIXE UMA RESPOSTA