Escolhas: o falar corretamente

Postado em
1
1254

GABRIEL RIOGabriel Silveira
Membro da Igreja Verbo da Vida em Pedra de Guaratiba, Rio de Janeiro-RJ

A escolha é algo presente a cada segundo do nosso dia. O que comer? O que vestir? O que fazer primeiro? O que deixar pro final? São escolhas de como, quando, de que forma executar. Agora, nós, como filhos de Deus devemos ter uma consciência especial sobre nossas escolhas, ter a noção ampla sobre o tanger dessa escolha. Por exemplo, o que você fala, com quem você fala, a forma que você fala.

Uma palavra dita erroneamente para uma pessoa pode gerar um grande problema. Um descuido, um “sem querer”, um “não me liguei”, pode ser uma dor de cabeça desnecessária. Nós que somos cristãos, devemos estar mais atentos com isso. Sabemos que existe poder nas palavras, afinal, tudo foi criado através delas. Jesus ser a Palavra em si não é algo à toa, isso nos ensina algo. Mostra o peso, a importância da palavra.

Paulo adverte devidamente em dois versículos em Colossenses. Um está em Colossenses 3.8 e o outro em 4.6. No primeiro versículo ele fala sobre ser indevido o falar palavras obscenas/indecentes. Os “palavrões” ou palavras torpes podem entrar aqui (futebol, sangue quente, não são zonas neutras). Junto a elas podemos acrescentar, focando na parte das palavras indecentes, falar coisas ou falas inapropriadas, que ferem a decência daquele momento.

Olhando pro segundo versículo vemos ele falando sobre uma fala “temperada com sal”. Esse “com sal”, segundo a versão STRONG, quer dizer sabedoria e graça expressa em discurso. Aí você pensa, o que eu disse expressa sabedoria e graça? Não só sabedoria, pois você pode achar que foi sábio, mas houve graça no discurso? Porque se não houve, pode ter certeza que não foi sábio.

E o que é ter graça no discurso? É falar sem ferir(incomodar não é ferir)! É ser minucioso no falar. Ou você, crente da fé, não lembra que fé é pro agora, que o verbo em um discurso de fé só pode estar conjugado no presente? “Eu creio que vai acontecer.” tá certo? Ou é “JÁ ACONTECEU!”? “Você irá ser curado em Nome de Jesus!” tá certo? Ou “Você é curado em Nome de Jesus!”? Mas então alguém pode dizer: “Mas existem curas que só acontecem depois de um tempo.”

E eu respondo: “Mas tem as que acontecem na hora”. E eu oro pela cura no agora. Se vai acontecer depois, que seja, mas eu me movo para o agora. Eu me movo em fé! Meu olhos naturais podem contemplar depois o resultado, mas meus olhos espirituais, meus olhos da fé, já enxergam, já podem ver o resultado da ação do poder de Deus(Tiago 2.17)!”

Preste atenção na sua vida, nas palavras que você proferir. Seja diligente, cauteloso. Haja com prudência e reverência ao entender que o Espírito de Deus habita em você. Viva graciosamente! Escolha falar corretamente!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA