Fé para exercer o chamado

Postado em
1

por Rick Renner
(pastor da Igreja Boa Nova em Moscou na Rússia)

Hoje, quero encorajar o seu chamado. Eu sei que muitos de vocês estão fazendo grande sacrifício, então vou te encorajar. 

“Algum tempo depois Jesus partiu para a outra margem do mar da Galiléia ( ou seja, do mar de Tiberíades ), e grande multidão continuava a segui-lo, porque vira os sinais miraculosos que ele tinha realizado nos doentes. Então Jesus subiu ao monte e sentou-se com os seus discípulos.Estava próxima a festa judaica da Páscoa. Levantando os olhos e vendo uma grande multidão que se aproximava, Jesus disse a Filipe: Onde compraremos pão para esse povo comer? Fez essa pergunta apenas para pô-lo à prova, pois já tinha em mente o que ia fazer. Filipe lhe respondeu: ‘Duzentos denários não comprariam pão suficiente para que cada um recebesse um pedaço!’ Outro discípulo, André, irmão de Simão Pedro, tomou a palavra: ‘Aqui está um rapaz com cinco pães de cevada e dois peixinhos, mas o que é isto para tanta gente?’  Disse Jesus: ‘Mandem o povo assentar-se’. Havia muita grama naquele lugar, e todos se assentaram. Eram cerca de cinco mil homens. Então Jesus tomou os pães, deu graças e os repartiu entre os que estavam assentados, tanto quanto queriam; e fez o mesmo com os peixes. Depois que todos receberam o suficiente para comer, disse aos seus discípulos: ‘Ajuntem os pedaços que sobraram. Que nada seja desperdiçado’.” (João 6. 1- 12)

Esse texto é a base do que vou compartilhar.

O Espírito Santo está nos mostrando uma ilustração, aqui nesse texto, ele mostra a maior multidão que havia seguido Jesus e essa multidão só crescia.

A Palavra nos diz que eles o seguiam, seguiam, se Jesus ia para o leste e oeste, eles o seguiam, eles estavam viciados em Jesus e esses versos nos dizem o porquê. Eles viam os seus milagres. Ele estavam vendo, vendo e vendo, esses milagres.

Constantemente eles viam, viam, e seguiam, seguiam a Jesus. Eram milagres de natureza criativa, não eram milagres normais, ele criava olhos onde não tinha olhos, braços onde não tinham.

A Bíblia não possui os registros completos dos milagres de Jesus, apenas fragmentos desses milagres. Se houvessem os registros completos, não caberia em todos os livros do mundo.

Toda vez que tem uma crise tem também uma oportunidade

Testar alguém é semelhante a experimentar esse alguém a ponto de perceber uma deficiência sendo exposta.

É muito fácil dizer que você vai obedecer a Jesus quando Ele não te pede nada, mas quando Ele te pede algo é ai que você descobre que tipo de gigante espiritual você é.

Às vezes, uma única pergunta de Jesus nos restabelece na fé rapidamente.

Tudo o que você precisa é de fé. Se você obedecer a Deus, essa obediência vai trazer tudo o que você precisa. Nunca diga que você não tem dinheiro, porque dinheiro não é o seu problema.

Se você disser somente SIM, Ele vai trazer.

O texto nos mostra o milagre dos pães e dos peixes e ele nos mostra uma simples pergunta: “Onde será a loja que o Senhor vai trazer pão?”

Essa pergunta no meio do deserto, precisava de uma resposta.

Você não vai ter condição de suprir a sua própria necessidade, então desista antes de começar. Jesus é quem supre a sua necessidade.

Uma multidão a caminho de Jerusalém, faminta, no meio deles um garotinho, de uns sete anos, que preparou um lanchinho. O equivalente a alguns biscoitos cream cracker e um peixinho dentro.  Mas ele deu as suas bolachinhas e o peixinho para que o milagre acontecesse.

Jesus recebeu o lanche do menino, mandou que todos sentassem em grupos. Os discípulos sabiam que o que tinha era apenas o lanche do menino, mas Jesus sabia do milagre que estava por vir.

Provavelmente os discípulos pensaram que seria uma propaganda enganosa, mesmo sem verbalizar, a gente, às vezes, faz isso.

Jesus tomou os pães, no grego, podemos dizer. Jesus recebeu aqueles pães, porque Jesus não toma nada, se você colocar algo nas mãos dEle. Ele está pronto para receber, e quando isso acontece, tudo muda. Então, Jesus segura aquilo nas mãos, dá graças. Olha para cima, eleva a Sua voz e ao agradecer a Deus, se movendo nesse alto nível de gratidão, a comida começa a se multiplicar nas mãos dEle.

A GRATIDÃO LIBERA O MILAGRE!

Não sabemos quanto tempo durou as ações de graças, mas a Bíblia diz que eles comeram dos pães e dos peixes o quanto queriam. E quanto mais comiam, mais se multiplicavam. E quando já estavam fartos, ou seja, saciados, esse relato nos mostra que Jesus sempre faz mais do que o suficiente.

Sessenta e sete mil toneladas de maná caíram do céu! Deus está dizendo que vai abrir uma janela!

Doze discípulos e doze cestos! Esses cestos eram bagagem. Eles viram Jesus fazendo algo novo, era um degrau para um próximo nível. As pessoas não tinham ideia de onde essa comida saiu. Mas aquele garotinho sabia como tudo começou.

A sua igreja nunca vai saber com você paga as contas, mas você sabe como tudo começou.

Eu e Denise sempre fomos obedientes. A gente começou com um biscoito! Eu disse: “Senhor se você nos quer, nós estamos aqui!” E o que Ele fez foi coisa lendária! Deus tem canalizado milhões e milhões de dólares para o trabalho do Evangelho. Mas sabe onde a gente está? A gente continua em pé, firmes na fé. Quando entregamos tudo o que temos nas mãos dEle, Ele é fiel para multiplicar!

*Trechos da mensagem durante a Conferência de Ministros Verbo da Vida, em Julho de 2019  

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA