A importância de guardar o coração

Postado em
9

CARLOSJUNIORCarlos Júnior
Pastor auxiliar na Igreja Verbo da Vida na Zona Norte em Recife-PE

O Senhor quis instruir Israel e eles foram teimosos em seu coração. Mas, se eles tivessem obedecido à voz do Senhor, rapidamente venceriam seus inimigos, iriam prosperar e estar estabelecidos em segurança. É muito importante para nós ouvir a voz do Senhor. Todos os homens da Bíblia só tiveram alguma significância porque ouviram a voz de Deus.

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” (Provérbios 4:23)

O coração é a parte do seu homem interior onde estão os seus valores, que são as fontes dos seus pensamentos, sentimentos e de onde se produzem palavras e ações.

“Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem”
(Mateus 15:18)

Cuide do seu coração, porque ele produzirá palavras que podem contaminar sua vida. É no seu coração que Deus vai falar, é do coração que emana vida. O Senhor está querendo preservar nosso coração para coisas grandes. Quando Deus pede que analisemos o nosso coração, é porque Ele quer acelerar coisas na nossa vida, nos levar a um novo nível de glória, nos levar a uma nova estação.

O diabo está interessado em nosso coração e, em Provérbios 23:26 o Senhor nos convida a entregar a Ele nosso coração: Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos”. O coração é o que regula sua vida. Se seu coração está em paz, sua vida está em paz. No coração está o bombear da vida e, é por isso que o Senhor nos convida a protegê-lo. Se protegermos a fonte, iremos usufruir de coisas grandes em Deus. O que podemos desfrutar de Deus depende daquilo que sai do nosso coração.

“Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus” (Mateus 5:8)

Precisamos ver Deus nas nossas vidas, família, finanças, relacionamentos, mas a maneira de vermos a Deus é mantendo nosso coração limpo; protegido de ofensa, amargura, ódio, falta de perdão. Precisamos ouvir a voz de Deus, ouvi-Lo falar em nosso coração. O Senhor não quer uma formalidade ou aparência, mas um coração que O adore em sinceridade.

Em Marcos 8:17 Jesus estava dizendo que os discípulos estavam com o coração endurecido: “E Jesus, conhecendo isto, disse-lhes: Para que arrazoais, que não tendes pão? não considerastes, nem compreendestes ainda? tendes ainda o vosso coração endurecido?” Eram pessoas que estavam com Jesus, que, juntamente com Ele, operavam grandes milagres, mas ainda estavam com o coração endurecido, não compreendiam o que Deus estava fazendo. É possível ser nascido de novo, receber um novo coração e, ainda sim, perder o coração ao longo do processo e encontrar-se endurecido, incapaz de perceber o que Deus está fazendo.

Guarda o teu coração! Não perca durante o processo! Guarda o coração! Não perca o melhor de Deus para a sua vida!

Os discípulos perderam a sensibilidade espiritual. Quando nosso coração endurece, perdemos sentidos espirituais. Não sentimos, não percebemos e, facilmente caímos no engano. Um coração endurecido não observa a atuação de Deus. Não tem a alegria, a fé não flui e fica conformado. Quando está conformado, entra em uma fase de cegueira espiritual e não consegue reter a bênção, porque nele não existe atuação divina. Um coração endurecido sempre tem desculpas para não fazer nada, mas Deus está disposto a transformar o nosso coração. Transformação tem a ver com o Reino de Deus. Conformação tem a ver com o reino das trevas. Para saber o estado do seu coração, sonde suas atitudes. O Senhor experimenta nosso coração para recompensar o que sai dele.

O que faz um coração ficar endurecido:

  • Pecado não confessado.
    Cada vez que pecamos, algo em nosso coração morre. Estamos perdendo uma experiência divina em nossas vidas. O pecado que você não se arrepende endurece seu coração e você não percebe a voz de Deus.
  • Ofensa.
    Apenas um coração imaturo fica ofendido. Devemos aprender a lidar com a ofensa para não perder a voz de Deus, a presença do Senhor, aquilo que Ele tem para nossa vida.
  • Rebelião.
  • Desobediência a voz de Deus.
  • Feridas, mágoas, dores.

Um coração endurecido é sinal de um começo de morte espiritual. A perda de salvação é um processo e o primeiro sinal é um coração endurecido; depois, vem a indiferença com as coisas de Deus. Em seguida, perda de consciência (voz do seu espírito); depois se começa a criar prazer pelo pecado e, por último, nega a Cristo.

O coração do homem é o lugar de repouso de Deus. Guarde seu coração para que, uma vez que você teve experiências com Deus, não entre em uma fase de cegueira.

O Senhor habita na vida daquele que tem um coração contrito. Quebrantamento é um mecanismo de Deus para nos livrar da independência, para ter comunhão conosco e liberar vida.

9 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA