Lugar secreto

Postado em
0
2667

cristinaCristina Santana

Professora do Rhema

“A palavra do SENHOR, que veio a Jeremias, dizendo: Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras. E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas, Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer. Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o Senhor. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.”  (Jeremias 18:1-6)

O texto acima é um alerta para nos dispormos, mas, antes, precisamos decidir estar com Ele, na casa do oleiro, e, assim, ouviremos Suas palavras, Suas instruções todos os dias. Talvez escutemos o que não queremos, mas ouviremos o que precisamos! É na casa do oleiro que há recomeços e reconstruções. Quando estamos neste lugar, não tem como errar. Lá receberemos as instruções e seremos guiados para onde formos.

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.”  (Provérbios 4:23)

É dos nossos corações que procederão todas as coisas. Por isso, devemos protegê-lo para que não nos desviemos do propósito do Senhor.

Quando escolhemos estar com Deus, nós passamos a perceber que, se não fosse essa escolha, nós poderíamos não estar onde estamos hoje. Mas, porque escolhemos estar com Ele, coisas grandes virão para nossas vidas. Que estejamos todos os dias com Ele pois, nesse lugar, na casa do oleiro, ouviremos as palavras certas e seremos guiados a fazer as coisas certas.

“E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.” (Atos 4:31)

O lugar onde orarmos é o lugar de tremer, ou seja, algo vai acontecer. Quando estamos na Igreja, é fácil acreditar que as coisas vão acontecer, mas devemos ir ao lugar que reservamos para passar um tempo com o Senhor, descer à casa do oleiro, pois é ali que coisas acontecem.

A oração tem resultados, e quando estamos nesta conexão aprendemos coisas ou ouvimos coisas que nunca ouvimos ou aprendemos antes. É necessário que algo mude para coisas acontecerem: primeiro nos disponibilizamos e decidimos estar com ele e, então, o Senhor fará o que precisa ser feito.

Quando o Senhor fala “Eis que faço coisas novas”, Ele quer dizer que algo será  depositado em nós quando estivermos prontos. Para recebermos algo do Senhor, precisamos estar preparados.

“E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força.”  (Habacuque 3:4)

O poder está presente na Presença de Deus, e, por meio disso, faremos as coisas diferentes. Devemos rever nossas prioridades. Devemos nos desconectar do que nos atrapalha.

“Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.” (Romanos 8:4)

Devemos andar pelo Espírito, e não pelos desejos da carne.

As promessas de Deus são atemporais, porém vão acontecer. Não é no nosso tempo, nem do nosso relógio, mas no tempo Dele. Precisamos estar conectados com Ele.

Que possamos estar atentos às instruções do Senhor, porque por Ele e para Ele são todas as coisas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA