Não feche as portas do Reino

Postado em
0
271

por Gabriel Jasset
(Aluno do 2º ano do Centro de Treinamento Bíblico Rhema em Campina Grande-PB)

Certa vez, conversando com uma pessoa sobre o amor de Deus, ela me falou algo:  “Se for para ser cristão como fulano, prefiro continuar como estou”.

E fiquei refletindo sobre isso…

Sabe que, muita das vezes, pessoas estão se distanciando de Jesus por causa de atitudes e um modo de vida “cristão” que estão fechando as portas do Reino para as pessoas?

O Cristão deve ter uma vida exemplar, ou muita das vezes deveria, por estar sendo observado por outros. As pessoas do mundo podem não ler a Bíblia, mas certamente lerão a nossa vida, que deve ser uma carta viva a testemunhar o Seu Criador.

Aversão aos Cristãos parece estar ficando cada dia mais forte. As razões são simples: muitos não cristãos, embora não tenham compromisso com a Palavra de Deus, têm seus valores éticos e esperam, no mínimo, coerência entre o discurso e a prática. Eles estão de olho na igreja.

Em II Coríntios 3.2 está registrado: “Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens”. Tem muita gente dizendo ser crente, mas que na prática, no dia a dia, não demonstra o que prega, pelo contrário, têm atitudes que provam o contrário.

A Palavra fala que devemos nos examinar, gostaria de fazer uma reflexão com você agora:

  • Será que estamos sendo referência para as pessoas ou  as nossas atitudes não estão condizentes com o que dizemos?

Não podemos fechar as portas do Reino para as pessoas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA