Não jogue pessoas quebradas no lixo

Postado em
0

por Cíntia Angra
(Graduada no Centro de Treinamento Bíblico Rhema)

Olhando para os carrinhos quebrados do meu filho, eu só conseguia imaginar boas possibilidades para eles. Com a roda quebrada, caçamba solta ou sem as peças que o completavam, eles estavam sempre de escanteio, sem utilização, praticamente abandonados e ainda trazendo transtorno por ocupar espaço.
Não sei se a maioria diria que era hora de irem para a lixeira, mas de lixo, para mim, eles não tinham nada! Eu só via lindos vasos de plantas.
Eu tenho certeza que você conhece muitas pessoas que estão quebradas. Pessoas que foram machucadas ou deformadas pelas más situações da vida e que hoje reagem negativamente a diferentes situações.
Estou falando daquele jovem que não sabe lidar com responsabilidades, porque nunca teve um pai presente para ser exemplo. Ou daquela mulher briguenta que só age (ou reage) assim porque nunca recebeu carinhos em casa. Tem ainda aquele alcoólatra, que chegou a essa condição depois de tentar inúmeras vezes um trabalho, mas que, por já estar com idade um pouco avançada, nunca conseguiu uma nova fonte de renda para sustentar a família. Se não olharmos o contexto, só veremos o “quebrado”, o irresponsável, a grossa ou o bêbado.
Muitos anos já podem ter passado, você já pode ser um grande líder, pregador renomado ou ministro de louvor aclamado… mas, acontece que foi exatamente assim que Jesus lhe encontrou: quebrado! E a Palavra de Deus diz que Ele lhe amou quando você ainda era um pecador! (Romanos 5.8)
Com a lembrança viva sobre nosso caso, resta olhar para o espelho e fazer uma séria pergunta: como eu estou tratando as pessoas “quebradas” ao meu redor?
Precisamos tomar cuidado para não as “jogarmos no lixo”. Fazemos isso quando não as consideramos dignas de estarem ao nosso lado, ou aptas para receberem novas chances ou simplesmente não reconhecendo o potencial que está escondido debaixo das feridas. Jesus nos amou, perdoou e vem transformando nossas vidas em lindos vasos de flores, que já estão ou logo estarão coloridos, alegrando a vida de muitos.
Você pode ser o canal de bênçãos que o Senhor usará para curar, consertar vidas. Mas nunca deve ser a arma usada pelo diabo para descartar alguém, como quem joga um carrinho no lixo. 
Assim como nosso Mestre, vejamos boas possibilidades, onde muitos só veem lixo!
“E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas” (Apocalipse 21.5)
 
 
 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA