O Ministério de Jesus – Parte II

Postado em
2
242

por Tad Gregurich
(Diretor do Centro de Treinamento Bíblico Rhema em Tulsa, OK)

Estávamos falando do Ministério de Jesus Cristo, que precisamos fazer as obras que Ele fez. Vimos ontem à noite que da mesma forma que Deus enviou Jesus ao mundo, Ele nos enviou ao mundo, então temos que fazer como Ele fez.

Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras. Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim; crede-me, ao menos, por causa das mesmas obras”
(João 14.10-11)

Jesus fez o que fez por causa do relacionamento que Ele tinha com o Seu Pai, a união que Ele cultivava com Deus. Ele é a cabeça e nós somos o corpo, para fazermos as mesmas obras que Ele fez.

Ele disse: “Obras ainda maiores você fará”. A igreja tem lutado para fazer uma obra se quer, ver apenas um milagre. Jesus disse que vamos fazer o que Ele fez e ainda coisas maiores.

Jesus operava no sobrenatural. De fato, era normal para Jesus ser sobrenatural, porque Ele tinha um relacionamento sobrenatural com o Pai. Que seja normal para nós sermos sobrenaturais, porque também temos um relacionamento sobrenatural com o Pai. Não estamos limitados a este reino.

Jesus continua dizendo nesse capítulo que depois Ele iria para o Pai e enviaria o Espírito Santo. Depois Ele diz: “Naquele dia vós conhecereis que eu estou em meu pai e vós em mim”. Sim, Deus está em Seu trono e, Jesus está assentado à sua destra, mas ainda sim, neste âmbito sobrenatural do espírito, Ele está no Pai.

Quantos de vocês estão em Cristo? Se vocês estão em Cristo, eu estou em Cristo, Cristo está nós, de alguma forma estamos todos juntos. É por isso que quando uma parte do corpo sofre, todos sofrem.

A gente fala sobre a família Rhema, você é parte dessa família. Mas, você também tem a família Verbo da Vida e, quando todos nos movemos conjuntamente, nós somos imparáveis. Deus está em nós. O Espírito Santo está em nós. Cristo está em nós. O Pai está em nós. Pelo fato de estarmos em Cristo. Cristo está no Pai e o Pai está em Cristo. A trindade está em nós.

E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência”
(
Colossenses 1.18)

 

Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade. E estais perfeitos nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade”
(Colossenses 2.9-10)

Todas as nossas necessidades são supridas porque estamos em Cristo. Eu não preciso olhar para um outro lugar em busca da sabedoria de Deus. Ele está em mim.

Você é filho de Deus, você é cidadão dos céus. Só estamos ainda nesta terra para levar para esse mundo o evangelho. Mas, nós não temos o direito de levar um evangelho destituído de poder.

Não existe nada que falte no seu espírito. Tudo o que você precisa. Toda a provisão que você precisa virá do seu homem interior.

Você não tem que ministrar por causa de quem você é. Não se trata de você, não é sobre você, é sobre quem está em nós.

Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna”
(
João 4.14)

Quando você bebe uma água natural, você vai ter sede novamente. Qualquer coisa no natural vai proporcionar uma satisfação para o momento. Como ministros todos nós gostamos de um “tapinha nas costas”, mas se você vive disso, você vai ter sede de novo e,  vai mudar o seu ministério para que passe a receber o “tapinha nas costas” sempre. Mas, Jesus não estava procurando honra de ninguém.

Se você tem lutado para descobrir a sua identidade, você pode deixar as suas correntes aqui mesmo hoje à noite. Você não tem que produzir resultados por si mesmo, é a vida de Deus que alcança as pessoas por seu intermédio.

Eu vi uma mulher se levantar no seu leito no hospital. Graças a Deus pelo Espírito Santo. O Senhor disse pra mim: “Leia pra ela Salmo 91.6. Leia marcos 16 e pergunta pra ela: você acredita que se eu colocar as minhas mãos sobre você, você ficará curada?”. Ela estava paralisada. Orei por ela e falei para o marido: “Ela ficará sarada, amanhã eu voltarei aqui”. Quando eu orei não senti nada, mas no caminho de volta para a igreja eu rendia graças ao Senhor. Voltei ao hospital no dia seguinte, a filha estava rindo, o marido brincando e, eu pensando “eles aqui com piada, enquanto a mulher está paralisada”. Quando entrei no quarto a vi sentada na cama, arrumada, maquiada. O médico, que também estava no quarto, falou que ontem quando eu estive lá eles fizeram um exame no cérebro dela e havia evidências do derrame e, hoje fizeram novamente o exame e não tem nada.

O irmão Hagin costumava dizer “será que o Espírito Santo está dentro de você só pra pegar uma carona para chegar em algum lugar? Não, Ele quer lhe guiar”. Quando eu impus as mãos sobre aquela mulher eu não senti nada, ela não sentiu nada. Eu não sabia, mas o marido daquela mulher nem era cristão e, ele tinha acabado de pedir o divórcio, mas quando viu a mulher curada ele se tornou um cristão.

Maior é aquele que está em nós do que aquele que está no mundo. Maior é o poder para curar, a justiça, a unção que está em nós do que o pecado que está no mundo.

A fé não tenta, a fé faz!

Jesus já ressuscitou, Ele já fez a parte dEle, é tempo de fazermos a nossa.

 

 

*Trechos da mensagem do Rev. Tad Gregurich na Conferência de Ministros Verbo da Vida no Sudeste – Setembro 2018.

2 COMENTÁRIOS

  1. Béni soit Dieu le Père de notre seigneur et sauveur Jésus Christ qui nous a béni de toute sorte de grâce et de bénédiction spirituelle en Jésus Christ.

DEIXE UMA RESPOSTA