O Que Todo Mundo Precisa Saber Sobre Pornografia no Século XXI

Postado em
0
665

por Lenise Freitas
(Líder do Ministério Graça e Verdade e membro da Igreja Verbo da Vida em Pedra de Guaratiba-RJ)

Um Convite à Leitura

Deus tem nos dado tudo que diz respeito à vida e piedade, pelo pleno conhecimento de Cristo. E como Ele tem sido gracioso conosco! Ele sempre foi e sempre será. Temos entrado em um tempo tão maravilhoso de revelação da Palavra, tempo de manifestação de dons, de milagres. Mas o Senhor nos chama para algo ainda maior. Jesus está voltando. Breve ele virá. Ele já derramou sobre nós o seu Espírito, Ele já nos deu a chuva temporã e nos dará também a chuva serôdia.

 É certo que os últimos dias serão de grandes desafios. A iniquidade aumentará, virão perseguições; mas também um grande derramar de poder trazendo o maior de todos os avivamentos, a grande colheita.

Mas, uma Palavra tem me saltado forte nesses últimos tempos:

“Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós” (Josué 3.5)

Não é tempo mais de coxearmos entre dois pensamentos. Na verdade, nunca foi. Mas há uma urgência em nosso espírito, uma voz que ecoa: Maranata! E que nos diz que seu dia está próximo. Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz à Igreja.

Deus nos chama para um tempo de santificação radical. E a imagem que me vem, quando escrevo estas palavras, são mãos de médicos lavando-se para iniciar uma cirurgia. Deus deseja operar maravilhas através de nós, mas é necessário que nossas mãos estejam limpíssimas, sem nenhuma contaminação.

Mãos santas, de um povo de propriedade exclusiva do Senhor, que decide viver por ele e para Ele. Que possa dizer como Cristo: Vem aí o príncipe desse mundo e ele nada tem em mim (Jo 14.30b). (…)

Não é fácil preservarmos nossos olhos quando a mídia em nossa volta nos oferece sem permissão uma infinidade de sugestões para nos cativar a atenção. E o que vem do mundo se não a incitação à concupiscência, aos desejos do corpo, aos desejos dos olhos e a soberba da vida? Vivemos em uma sociedade cada vez mais hedonista, que o tempo todo busca o prazer e foge de responsabilidades.

O homem vê limites apenas como cercas, quando na verdade limites muitas vezes são a proteção que necessitamos para sermos verdadeiramente livres de problemas, experimentando a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.

Somos seres com três dimensões: espirito, alma e corpo. Nosso espírito está recriado, mas nossa alma, nossos sentimentos, precisam ser renovados, e nosso corpo, dominado.

Paulo fala que esmurrava seu corpo e o reduzia à escravidão para que, dessa forma, pudesse viver aquilo que pregava e alcançar aprovação. Mas, ele também sabia como fazer isso, e era através da Graça; de uma habilidade sobrenatural disponível por meio da fé.

Todos nós conhecemos pessoas que hoje estão fora do de seu chamado, pessoas desligadas de ministérios ou até mesmo sem congregar por causa de tropeços na área da sexualidade. As mídias, especialmente a pornografia, costumam ser o ponto de partida para quedas maiores ainda.

Dessa forma, não poderíamos negar os desafios e as dificuldades, nem vender uma propaganda enganosa anunciando um mar de rosas nessa caminhada. Não temos uma fórmula mágica a oferecer; aliás, sempre duvide de fórmulas mágicas.

Mas, também não podemos deixar de sermos otimistas, quando temos um poder que abre mares, acalma tempestades, e nos faz andar sobre as águas. O preço nunca será maior que a Graça. Deus não seria injusto de nos pedir algo se Ele mesmo não nos desse o escape e as condições para vencer. Muito maior é o que está em nós que tudo que possa vir do mundo. “O mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre”. (I João 2.15-17)

Nossa proposta em mais essa conversa sobre sexualidade é um convite a conhecer os limites naturais do nosso corpo, abrirmos os porões da nossa alma, encarar o quartinho da bagunça e deixar o Espirito Santo nos conduzir, livrando-nos de todo peso, embaraço e pecado que tão de perto nos assedia,  e assim avançamos para correr nossa carreira, olhando para Jesus, autor e consumador da nossa fé, que suportou todas as nossas contradições para que n’Ele fôssemos fortalecidos e pudéssemos vencer também.

 

*Trecho do livro “O Que Todo Mundo Precisa Saber Sobre Pornografia no Século XXI”, de Lenise Freitas –  Série Conversas Sobre Sexualidade – Editora Reinar – Disponível no VerboShop

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA