Conectados com o reino

Postado em
0

por Helmiton Oliveira (Campina Grande – PB)
*Pastor auxiliar na Igreja Verbo da Vida Sede

“Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33).

Jesus estabelece que na caminhada da vida cristã existe uma prioridade, e a prioridade é a busca do Reino de Deus. Quando eu me detenho, busco e me entrego a esta condição, as demais coisas são acrescentadas. Você não precisa fazer muito esforço, a única coisa que é estabelecida é que busque primeiro o Reino de Deus e a Sua justiça.

Eu creio que nós temos buscado o Reino de Deus, mas essa busca não é algo que você procura por acaso, tem que ser específica. Em nossos corações deve existir uma intensidade pelo Reino para estabelecer uma conexão ligada na terra diretamente com os céus. Quando fazemos essa conexão, as coisas vão chegar para nós, as bênçãos correrão e nos alcançarão.

Não é necessário você ficar atormentado com circunstâncias, busque em primeiro lugar o Reino de Deus e tudo o que você necessitar será acrescentado na sua vida. Essa busca tem que ser com intensidade, de coração. Nos últimos tempos, os filhos de Deus têm perdido essa intensidade.

Estamos deixando que as coisas do dia a dia tenham uma importância maior do que a busca pelo reino de Deus.

Existe uma frieza espiritual nos cristãos de hoje. Só estar presente na igreja, não diz que você está conectado com os céus. É bom estar presente, mas quando eu me coloco na posição de acolher com mansidão a Palavra e me apegar às verdades ditas, eu estou me direcionando para me conectar com o Reino. Essa frieza que está vindo sobre a igreja é uma estratégia de Satanás que está tornando comuns os nossos cultos e relacionamento com Deus.

Nosso relacionamento com Ele tem que ser sobrenatural… algo extraordinário, porque somos seres espirituais. Não somos mais seres normais. Vivemos em mundo onde as coisas parecem normais, mas nós não pertencemos a esse mundo, então nosso posicionamento tem que ser diferente. Temos que buscar essa ligação com o Reino dos céus.

Quando olhamos lá para a Igreja primitiva, lemos que até as sombras curavam. Os homens tinham essa intimidade e intensidade com Deus.  Na minha vida, houve um tempo em que a expressão do Espírito Santo era bem mais forte. Eu vivia mais dessa intensidade, mas  nós acabamos prestando mais atenção às coisas do mundo, que vão nos tirando do foco daquilo que é o Reino de Deus.

Precisamos despertar de um sono espiritual. Nós não somos comuns, somos filhos de Deus, temos um poder para expressar o Reino!

Você não é qualquer um. Você é um com Deus e, com isso, você é tudo. Muitas vezes, nós falamos como Josué:  “Eu e minha casa serviremos ao Senhor” (Josué 24.15), mas, agora, precisamos entender o que ele quer dizer e que servir é esse? É muito bom estar envolvido e servir ao Senhor em um departamento, no evangelismo, num Grupo Familiar… é maravilhoso. Isso é uma expressão do servir, mas a essência do servir é estar conectado com aquilo que Deus quer que você faça e se submeter a isso.

Servir é uma expressão de Deus através de você. Você serve ao Senhor, você não faz sua vontade, você faz o que é melhor para Deus e, quando você se coloca nessa condição de servir ao Senhor, coisas são acrescentadas na sua vida.

Nós víamos os dons espirituais serem mais fluentes em nosso meio, mas hoje as pessoas não os desejam mais, desejam uma posição e uma colocação, mas não desejam essa conexão com Deus. Durante uma oração, o Senhor me disse: “Servir não é só uma expressão física de um corpo, servir é estar conectado comigo para expressar a minha presença”. Estar envolvido fisicamente é muito bom, mas o extraordinário é quando você expressa a presença do Senhor através da sua vida. Uma coisa é você saber que tem a presença, outra é você expressar a manifestação dela. Todos temos a presença e somos templos do Espírito Santo, mas qual é a expressão do Espírito Santo através da sua vida? 

Em Êxodo 33, antes de partir para o deserto, Moisés disse: “Se a tua presença não vai comigo, não nos faças subir deste lugar”, e o Senhor disse: “A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso”. Devemos buscar a expressão da presença de Deus em nossas vidas. Aqui, Moisés está falando da arca da aliança, que era a presença de Deus. Conhecer a presença faz toda diferença,  pois quer dizer se colocar em uma posição de consagração e humilhação.

Quando eu não reconheço a presença, quando eu não honro e não me dobro a ela, nada acontece. É como se houvesse um espelho que mostrasse a casa de alguns irmãos que se perguntam porque em seus lares não há prosperidade. Eles são abençoados, mas talvez não haja um extraordinário na casa deles, porque não há um relevância com sentido na presença de Deus. Existe uma intensidade, uma busca, uma condição que lhe traz um favorecimento. Existem princípios na Palavra.

Quando eu cumpro os princípios, Deus cumpre as promessas.

Não estamos enxergando que existem princípios que precisam ser cumpridos, parece que a Bíblia se tornou algo comum e natural. Existem famílias sendo desfeitas e relacionamentos sendo quebrados porque nas nossas casas nós sabemos que existe a presença, mas não estamos buscando a essência da manifestação dela. Não estamos nos entregando nas nossas casas, não vivemos como filhos de Deus. É na minha casa que eu expresso quem eu sou, então é na nossa casa que tudo começa e tudo termina.

Obede-Edom poderia ter rejeitado a presença de Deus na casa dele, mas ele e sua família reconheceram que aquela arca estabelecia a presença de Deus naquele lugar. Entregaram e honraram essa presença e, em três meses, eles foram abençoados (II Samuel 6.11). 

Nós devemos ter esse ardor de estar na presença de Deus. Ele tem uma expectativa na minha vida e na sua. Ele quer se expressar através de mim e de você, mas espera que nos acheguemos a Ele, que tomemos uma atitude de estar na Sua presença, nos consagrando, nos humilhando, adorando. Nós não podemos perder a essência de adoradores.

É hora de despertarmos, é hora de levantarmos as mãos dentro de nossas casas em adoração ao Senhor. É necessário que eu e você cresçamos e que haja um amadurecimento. É necessário estarmos em uma condição na qual a conexão flui. Não se acomode, quanto mais você se aprofundar em Deus, mais da parte de Deus você vai expressar, mais coisas vão acontecer e a sua casa será ricamente abençoada. Deus faz infinitamente mais do que aquilo que pedimos e pensamos. Deus é poderoso para fazer, mas Ele quer uma busca, Ele quer uma intensidade da nossa parte.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA