Saúde espiritual em tempos de pandemia

Postado em
0

por Godofredo Couto (Campina Grande-PB)
*Graduado na 
Escola de Ministros Rhema


A pandemia instalada hoje no mundo com o Coronavírus – Covid 19, tem causado mortes, transtornos físicos, financeiros e emocionais em muitos países. A mídia tem explorado o tema de uma forma espantosa, o que assusta ainda mais a população mundial. Junto com o vírus, muitos têm sido contaminados também pelo pânico, pelo medo e pela insegurança. Mas não deve ser assim com os crentes, que têm sua fé alicerçada naquilo que a Palavra de Deus diz.

No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor” (I João 4.18).

“Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação” (II Timóteo 1.7).

É importante destacar que Deus não coloca doença em ninguém. Se Ele fizesse isso, quem iria nos curar? Pelo contrário, Jesus levou sobre Si todas as doenças para que fôssemos sarados (Isaías 53.5). Assim, além de já termos conquistado a cura por meio do sacrifício que Jesus já fez, temos uma proteção que vai muito além do natural. Temos os anjos do Senhor a nos guardar e o próprio Deus como nosso refúgio e fortaleza. 

A Bíblia é repleta de versículos que garantem a nossa proteção e fortalecem a nossa fé. Leia:

“O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente diz ao Senhor: Meu refúgio e meu baluarte, Deus meu, em quem confio. Pois ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. Cobrir-te-á com as suas penas, e, sob suas asas, estarás seguro; a sua verdade é pavês e escudo. Não te assustarás do terror noturno, nem da seta que voa de dia, nem da peste que se propaga nas trevas, nem da mortandade que assola ao meio-dia. Caiam mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido.”(Salmo 91.1-7)

“Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo” (I João 3.8).

“…carregando Ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados” (I Pedro 2.24).

“É esse tipo de palavra que devemos declarar diariamente sobre as nossas vidas e famílias. Jesus disse que falamos daquilo que nos enchemos. “O homem bom do bom tesouro do coração tira o bem, e o mau do mau tesouro tira o mal; porque a boca fala do que está cheio o coração” (Lucas 6.45).

Para ter boa saúde espiritual é simples. Basta nos alimentarmos continuamente da Palavra de Deus, praticarmos a declaração dela em fé e praticarmos a oração. Fazendo isso, é certo que os resultados virão e estaremos firmes física e espiritualmente para vencermos os dias maus. 

Mas, por que muitos cristãos não conseguem manter uma disciplina diária de leitura da Palavra e tempo com Deus em oração, deixando o medo, a ansiedade e a preocupação dominarem suas vidas? Porque praticar a meditação e oração é algo simples, mas não é fácil. É preciso ter disposição e disciplina. Somente na comunhão com o Pai e Sua Palavra, Ele nos revela e nos ensina todas as coisas a respeito da Sua aliança conosco, para que tenhamos uma vida espiritual saudável, frutífera e equilibrada. 

Somente firmados em Deus e nas verdades da Palavra é que ficamos firmes para enfrentar as situações adversas e obstáculos da vida, com alegria, disposição, fé e muito amor no coração.

Poderão vir pandemias, vírus de qualquer espécie e catástrofes de toda natureza, mas nós, os que cremos e confiamos no Senhor, não seremos abalados. 

“Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha” (Mateus 7.24,25).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA