Seja honesto!

Postado em
1
812

Rev. Scott Webb
*Trechos da ministração do Rev. Scott Webb na Conferência de Ministros Sudeste em 2017.

Eu sei como Deus gosta de trabalhar. Nem sempre se trata de informação, mas tão importante quanto a informação, são as transposições, coisas que Deus deposita em nosso espírito.

Eu gostaria que você abrisse a sua bíblia no livro de II Samuel 23.12-13:

“E depois dele Samá, filho de Agé, o hararita, quando os filisteus se ajuntaram numa multidão, onde havia um pedaço de terra cheio de lentilhas, e o povo fugira de diante dos filisteus. Este, pois, se pôs no meio daquele pedaço de terra, e o defendeu, e feriu os filisteus; e o Senhor efetuou um grande livramento”.

Davi se tornou famoso após matar o gigante. Mas, uma coisa que as pessoas não observam muito é que ele atraiu outros homens que também mataram gigantes.

Existe algo a respeito dessa história de II Samuel, que me agrada. Aqui tem esse homem chamado Samá e ele tinha um pedaço de terra. A única coisa que sabemos sobre isso é que ele tinha um terreno cheio de lentilhas e, lentilhas não tem muito valor. Mas, ele o defendeu porque era algo que Deus tinha dado a ele e, por isso teve grande vitória.

Só porque Deus lhe dá algo não significa que o diabo não vai tentar roubar. Primeiramente, ele vai tentar lhe impedir de receber, ele vai tentar lhe convencer do contrário, lhe desanimar, mas se você não desistir Deus vai lhe dar exatamente o que Deus disse que daria.

Mas, não falo de ficar só na defensiva, só recebendo golpes, tentando não perder nada. Eu estou falando sobre estar vigilante para proteger aquelas coisas que Deus nos deu. Para o mundo, pode ser que não pareça muita coisa, mas a diferença é que elas são importantes para Deus, então deveriam ser importantes para nós.

Estou falando, especificamente, sobre as coisas que a nossa igreja, o nosso ministério, estão construídos. Não importa quão intimidador possa ficar, quão desafiador possa ser, precisamos permanecer em nosso território em relação a certas coisas e, não retrair ou retroceder.

Estou falando das coisas que foram confiadas a nós. A palavra da Fé, o mover do espírito, essas coisas são dignas de serem protegidas, que lutemos por elas. Vão ter coisas que o diabo tentará roubar. A vitória sobre essas coisas não é tão difícil assim. Jesus disse que o jugo dele é leve, que o fardo é suave.

Antes de Jesus ter vindo na sua vida, você estava debaixo de jugo, A biblia diz que a unção alivia o fardo e remove o jugo.

Honestidade, Humildade e Honra. Essas são coisas que você precisa para manter na sua vida, não importa quão longe você vá.

Honra por Deus, honra pelas coisas de Deus. Para mim é aí que tudo começa. Se quiser resumir tudo em uma só palavra, ela seria “honra”.

Muitos problemas na igreja originam da falta de Honra.

Portanto, diz o Senhor Deus de Israel: Na verdade tinha falado eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente; porém agora diz o Senhor: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram honrarei, porém os que me desprezam serão desprezados”. (I Samuel 2.30)

Tudo no mundo está cooperando contra a honra de Deus. Todo o sistema do mundo está operando contra aquilo que Deus diz que é honrável e, esses espíritos sempre tentam entrar dentro da igreja. 

Deus quer fazer coisas no nosso ministério, mas precisamos proteger as coisas que Deus tem nos dado, da mesma forma que Samá protegeu aquele terreno de lentilha. Fazemos isso honrando aquilo que Deus honra.

Você honra a Deus colocando um valor alto naquilo que Deus valoriza.

O que eu estou falando é que precisamos não ceder território.

Existe uma tentação tão grande para inventar algo novo, algo fresco. Mas entenda, fresco e novo não são a mesma coisa. Só porque você já ouviu, não significa que não é algo fresco, novo. A Palavra sempre tem algo novo.

Não existe nada mais atraente do que Jesus. Nada pode alcançar a Jesus, nem prédios, nem carros, nem dinheiro. É muito importante que todas as coisas sejam apenas meios para os fins e, não fins para os meios.

Muitas igrejas no mundo estão tentando impressionar a congregação com a sabedoria de homens. Pegando sermões na internet, músicas prontas. Mas, Paulo não fazia assim, Paulo pregava e havia poder, porque ele queria que a fé deles estivesse enraizada no poder de Deus.

Não queremos que as pessoas saiam das nossas igrejas dizendo: “que pregação maravilhosa”, mas sim, “nossa, servimos a um Deus tremendo!” . Quando pregamos a Palavra como ela é, serão esses os resultados que teremos.

Nosso trabalho é pregar a Palavra! Mas, isso volta para a questão da honestidade. As escrituras têm muito o que dizer sobre honestidade. Você pensaria que em uma sala cheia de pastores e ministros a honestidade não seria um problema, mas é. Ser honrável, é ser honesto, falar a verdade. Honestidade e verdade andam juntos. Você não pode separar as duas.

É errado um homem de Deus pregar sobre algo que ele não está vivendo. Não é certo que você exija que todos façam algo, se você mesmo não o faz, isso é desonestidade.

Você entende quando eu falo honestidade? Eu não estou acusando ninguém de intencionalmente mentir, mas o que quero dizer é que precisamos ser honestos conosco mesmo. Precisamos reconhecer que essas coisas são importantes.

Precisamos ser honestos com o nosso povo e dar a ele o que precisa.

Temos que ter a certeza de que quando as pessoas entrarem para as nossas igrejas elas vão entrar em uma atmosfera de ajuda, vitória e libertação. Elas vão entrar em um lugar que irá mudá-las, ao invés delas nos mudarem.

Satanás está sempre trabalhando para entrar nos nossos ministérios e comprometer o que Deus está falando. O que Deus quer é igrejas fortes, cheias de crentes fortes. Então, é necessário segurar e proteger as coisas que Deus nos deu e confiou.

Há alguns anos, fizemos uma Conferência de Homens em Campina Grande-PB e uma das coisas que eu compartilhei foi que todo brasileiro deveria carregar um canivete. E eu disse: “tenha uma faca, você nunca sabe quando vai precisar dela. Pode ser para abrir uma porta, como salvar uma pessoa”. Isso faz parte de ser homem. E eu sei que por um tempo, todos estavam carregando os seus canivetes. O que quero dizer é que precisamos estar prontos para defender aquilo que é valioso. 

Ao invés de diluir e comprometer, deixa a Palavra ser o que ela é, Ela é a verdade e funciona. Seja na música, em pregações, seja no que for, seja honesto. E no que pregar, tenha a certeza de ser honesto no que falar.

Pregue sem se desculpar. Apenas pregue e Ela irá funcionar. Onde ela for recebida e crida. Temos que ser sérios a respeito disso. Pregue a Palavra como ela é e as pessoas vão pegar. E você irá levantar campeões, pessoas sérias, comprometidas. Simplesmente pregue a Palavra.

Permaneça no seu território e honre a Deus. Se você O honrar Ele irá honrar a você. Honre a Deus, honre o mover do Espírito, honre a Fé.

O que você pregar, Deus vai deixar você andar nisso. Então, pregue forte, pregue a Palavra. Pregue prosperidade, pregue sobre plantar e colher, pregue sem se desculpar. Seja honesto consigo, seja honesto com Deus. Não estou falando de você ser agressivo, a bíblia diz pra falarmos a verdade em amor. Nós pregamos essas coisas, porque amamos as pessoas.

Ele faz o pão, a Palavra é o pão e, eu só entrego. Sem comprometer, apenas entrego o pão pronto, em amor e, Deus vai me deixar andar nisso.

Pregue a Palavra!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA