Seja você mesmo

Postado em
1
1828

leniseLenise Freitas
Líder do Ministério Graça e Verdade

Certa vez ouvi que as pessoas perfeccionistas são as mais infelizes do mundo. Isso ficou marcado em mim.

Não sei se de fato a sentença é verdadeira, mas tenho percebido cada vez mais, pessoas tristes por seu desempenho, embora este de fato possa ser muito bom. Pessoas estão caindo em frustrações que levam a todos os tipos de embaraços por uma visão distorcida de si mesmos.

Vivemos em um mundo cada vez mais competitivo, quando até mesmo, ou principalmente, redes sociais, que deveriam ser instrumentos de socialização, tornaram-se rankings cruéis com sua contagem de likes. Pseudos “sucessômetros”, que podem mais nos fazer sentir isolados que nos aproximar.

Muitas vezes o perfeccionismo é visto como uma qualidade. Afinal, a própria Palavra diz: “Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial”. (Mateus 5.48)
Mas não é bem assim.

Procurando uma definição para perfeccionismo encontrei a seguinte: “Ser perfeccionista é ter a convicção emocional errônea de que a perfeição é o único caminho para a aceitação pessoal. É a certeza de que somente seremos aceitos como pessoas se formos perfeitos. Tentar ser perfeito é uma maneira de se proteger das críticas, da rejeição e desaprovação do mundo.” E eu acrescentaria aí, que o perfeccionista acredita que a perfeição é o único caminho para receber até mesmo aceitação de Deus, o tornando idólatra do próprio desempenho.

Não estou fazendo apologia ao erro ou a negligência. Lógico que devemos a cada dia buscar a excelência, mas sem esquecermos de que estamos em processo, vivendo diferentes estações. Perfeccionistas buscam a perfeição pela motivação errada. E isto se torna um grande fardo.

Jesus é perfeito, mas nunca foi perfeccionista. E por não ter um conceito distorcido de perfeição, permitiu-se até mesmo quebrar a lei, quando curou no sábado, desagradando escribas e fariseus. Jesus podia retardar sua chegada, ao parar para mais uma cura. Pedir água a uma mulher samaritana. Dormir no meio da tempestade enquanto seus discípulos se desesperavam, e ter esses discípulos cheio de falhas e até mesmo problemas de caráter. Jesus, o Salvador, chegou mesmo pedir ao Pai para livrá-lo da cruz, cogitando se não haveria um outro caminho.

Jesus pode ser perfeito porque não se deixou escravizar pelo que os homens estabelecem como perfeição.

Ele sempre soube quem era: o filho amado de quem o Pai já se comprazia mesmo antes de iniciar sua missão.

A convicção de que somos amados por Deus, a despeito de nosso desempenho, nos liberta do perfeccionismo.

E somente livres das comparações, das competições, da autocrítica demasiada que tanto nos paralisa, podemos começar a desenvolver todo nosso potencial.

Deve ser muito bom ter seu nome no Guinness book, e se você está sonhando com isso, quero dizer que você pode mesmo ter chance. Todos os anos sai uma nova edição. A má notícia é que o motivo de todo ano ter uma nova edição, é porque todos os anos recordes são quebrados.

O poeta já disse que:
Vai sempre sobrar, faltar
Alguma coisa, somos imperfeitos
E o que falta cega p’ro que já se tem (…) Seja você. Seja só você…

É tudo que Deus precisa e espera, que sejamos só nós mesmos. Com toda nossa originalidade, nossos erros e acertos, para que Ele possa completar a boa obra em nós.

Não desanime, mas também não se iluda. Isso só vai acontecer no Dia do Senhor (Maranata!).

Enquanto isso, seja livre do perfeccionismo! Desfrute da Graça e faça parte do time das pessoas mais felizes do mundo.

1 COMENTÁRIO

  1. AMÉM!!! Glória a Deus por essa excelente reflexão!
    O apóstolo Paulo, inspirado pelo Espírito Santo disse:
    “Não que já tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas vou prosseguindo, para ver se poderei alcançar aquilo para o que fui também alcançado por Cristo Jesus.” Fp 3:12
    Obrigada a Deus e a você Lenise!!! Me edificou muito.

DEIXE UMA RESPOSTA