Ser como criança 

Postado em
0

diego eloiDiego Eloi

Professor do Centro de Treinamento Bíblico Rhema

Muitos de nós já ouvimos a expressão: “precisamos ser como crianças para entrar no Reino de Deus”. Bem, esta é uma questão interessante, pois em outros versículos bíblicos a Bíblia nos ensina que não devemos mais ser como crianças. Afinal, precisamos ou não sermos como crianças? O que está escrito é algo que Jesus disse :
“O povo trazia-lhe também as crianças, para que as abençoasse. Mas assim que os discípulos notaram isso, repreenderam aqueles que as haviam trazido.  Jesus, porém, chamando as crianças para junto de si, ordenou: “Deixai vir a mim os pequeninos e não os impeçais; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a eles. Eu vos asseguro com toda certeza: Quem não receber o Reino de Deus como uma criança, de maneira alguma entrará nele!” ( Lucas 18:15-17 – KJV).
Veja, a Bíblia não fala para sermos “como crianças” totalmente, mas esta versão nos dá um entendimento melhor sobre isso. O que Jesus quis dizer é que existem qualidades nas crianças que é importante que obtenhamos. Pensando sobre isso, certa vez eu estava em um parque de diversão e haviam alguns brinquedos que eu não tinha coragem de ir. Eram brinquedos onde você despencava lá de cima e não pareciam  seguros. Sei que todos eram seguros de fato, mas cheguei a sentir aquele “frio na barriga” algumas vezes e, em outros, eu simplesmente não fui. Percebi que na fila de alguns desses brinquedos haviam crianças de 11 ou 12 anos! Na mesma hora lembrei desta passagem!
Sabe, é importante que sejamos destemidos como as crianças! Muitas delas não olham para o “perigo de algo dar errado“, ou seja, não olham para a circunstância! Se entregam, se jogam mesmo! Muitas vezes o que precisamos é tomar uma posição, e nos lançarmos como elas fazem! Outra característica interessante é a pureza. O próprio apóstolo Paulo escrevendo a Timóteo disse que o mesmo se esforçasse para ser exemplo também na pureza. Uma criança é um “ser humaninho” puro! Além disso, em Mateus 18:1-5 fica descrito que é importante sermos humildes como as crianças. Então, Jesus estava se referindo a características importantes presentes nas crianças.
“Portanto, livrando-vos de toda malignidade e de todo engano, hipocrisia, inveja e toda espécie de maledicência. Desejai o puro leite espiritual, como crianças recém-nascidas, a fim de crescerdes, por intermédio desse alimento para a Salvação. Se é que já provastes que o Senhor é bom”( I Pedro 2:1-3, KJV).
Outra dessas características tem a ver com o crescimento espiritual, é importante desejarmos isso, como crianças recém nascidas! Apesar das coisas boas apresentadas até aqui, existem passagens que nos inspiram a crescer da condição de “crianças espirituais“:
“Irmãos, não vos pude falar como a pessoas espirituais, mas como a pessoas carnais, como a crianças em Cristo. O que vos dei para beber foi leite e não alimento sólido, pois não podíeis recebê-lo, nem ainda agora podeis, porque ainda sois carnais…”( 1 Coríntios 3:1-3, KJV).
“Quanto a isso, temos muito que ensinar, assunto difícil de explicar, especialmente porque vos tornastes indolentes para aprender.  Apesar de que, a essa altura, já devêsseis ser mestres, ainda estais precisando de que alguém vos instrua mais uma vez quanto aos princípios elementares da Palavra de Deus. Voltastes a necessitar de leite, quando já devíeis estar recebendo alimento sólido! Ora, quem precisa alimentar-se de leite ainda é criança, e não tem experiência no ensino da justiça. No entanto, o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante da fé, tornaram-se capazes de discernir tanto o bem quanto o mal”(Hebreus 5:11-1, KJV).
Nestas duas passagens, fica claro que é importante crescer e sair da condição de criança espiritual, alcançar a maturidade em Cristo! Não estou com isso dizendo que nenhum de nós pode ser criança espiritual, cada um de nós está em um nível diferente e claramente os “novos convertidos” são crianças espirituais. Estas tomam do leite espiritual, são ensinados sobre os princípios básicos da Palavra, mas veja que os escritores expressam o desejo de escrever como a espirituais experimentados, que pelo exercício constante da fé, sabem discernir tanto o bem quanto o mal.
Uma criança muitas vezes não sabe ainda discernir o bem do mal, pois lhe falta experiência. Será que não nos encontramos na mesma condição desses irmãos? Já passou tanto tempo, recebemos tantas coisas, por que ainda receber leite espiritual? Este é um bom questionamento, pois assim como em um dos textos acima, pode ser que já devêssemos ser mestres com relação a algum assunto, mas por negligência ainda não somos. A bíblia fala que precisamos andar segundo aquilo que já alcançamos! E ainda:
“Isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador,  4. o qual deseja que todas as pessoas sejam salvas e cheguem ao pleno conhecimento da verdade”( 1 Timóteo 2:3, KJV).
O desejo de Deus é que alcancemos a maturidade com relação às coisas espirituais! Que cheguemos ao pleno conhecimento da verdade! É necessário sair da condição de criança espiritual e crescer, vamos avançar no que já sabemos, e alçar vôos mais altos!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA