Dependência emocional

Postado em
0

por Fabiana Lira (Campina Grande-PB)
*Graduada da Escola de Missões Rhema

Só quem já viveu em uma relação de dependência sabe que é impossível viver assim por muito tempo sem que haja morte.

Mas como assim, morte?

Dependência emocional, por exemplo, é quando projetamos, depositamos em alguém toda e qualquer expectativa, perspectiva, tomadas de decisão. Dentro dela, há uma incapacidade de desenvolver, projetar planos pessoais que não envolvam a outra pessoa, há insegurança, há medo de rejeição, há ciúmes…

Xiiii, isso não é vida! Eu já vivi assim e quando percebi, já estava “mortinha da Silva”. Morta de mim mesma, do que me fazia bem, do que eu amava, morta para meus sonhos, para o meu futuro, para meus amigos e até para minha família.

Graças a Deus, me libertei, e enfim, VIDA! Minha vida, que agora não é mais minha, porque na verdade, me envolvi em outro processo de dependência e desse eu nunca mais quero sair, DEPENDÊNCIA DE DEUS. A única dependência que trouxe morte de mim, mas produziu VIDA, essa vida que tenho hoje, que transborda, que me sacia, que me guia em cada passo, que me preenche em cada espaço.

Uau, isso é que é viver!!

Talvez você esteja passando por um processo de dependência, seja emocional, química, ou sei lá o quê. Decida hoje colocar um basta nisso, tome de volta a sua vida e entregue para aquele que é digno da sua dependência, DEUS !

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA