Vulnerabilidade

Postado em
0

por Rafaella Guedes 
*Graduada da Escola de Ministros Rhema e líder do departamento de Jovens da igreja Verbo da Vida Sede

Hoje vamos falar sobre vulnerabilidade. Todos nós somos vulneráveis a algo, ou alguém. Isso é fato! Estamos em construção, e não sei você, mas eu, particularmente, estou em muitas “obras”, distante da perfeição que parece bombardear nossas redes sociais diariamente.

Ok, mas o que essas lâmpadas ilustradas na imagem abaixo têm haver com isso? Boa garoto(a)! Poderiam não ter nada haver, até algo ter “gritado” dentro de mim enquanto eu as olhava (quem me conhece sabe que detalhes “bobos” falam muito comigo).

Enquanto olhava o teto desse restaurante, percebi que as lâmpadas foram dispostas de forma assimétrica – umas mais finas, outras mais largas; umas mais baixas, outras mais altas; enfim, acho que deu para entender.

Foi aí que o Senhor me lembrou do quanto nos tornamos vulneráveis quando esquecemos de olhar para dentro de nós, por olhar demasiadamente para o outro, para fora. Já fiz isso e é, no mínimo, muito nocivo. O outro sempre terá dimensões distintas das nossas.

Não há nada de errado em ser inspirado pela vida de alguém, isso é bom. Desde que esse alguém não se torne uma fonte de comparação. Aquela velha frase: “Por que só acontece com fulano e comigo não?” Já dizia vovó: “A grama do vizinho sempre parece mais verdinha”. Na vida real, todo mundo está vencendo um gigante, o qual é vulnerável. Todos estamos em um processo.

Eu vim aqui  lembrá-lo que não se assuste com os seus fracassos. Nada está perdido, respira fundo, respeite seus processos e o tempo de cada coisa vai chegar. Se preciso: recomece! Estamos juntos nisso. Afinal, as lâmpadas são distintas, mas todas elas brilham no seu lugar; ou seja, não há luz que seja descartável, todas são igualmente relevantes.

Declaro que teremos sabedoria para viver um dia de cada vez, mas todos brilhando, na estação em que estamos, por Aquele que habita dentro de nós, o Senhor!

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA