Atento ao que ouve

Felipe Aguiar

Graduado da Escola de Ministros Rhema e músico integrante do louvor da IEVV em Pedra de Guaratiba,RJ

“Morte e vida estão no poder da língua” (Provérbios 18.21)

Mesmo dentro do meio gospel, é possível ter uma variedade naquilo que ouvimos. O mercado musical gospel no Brasil é muito grande, e nos dias de hoje é impossível falar que você conhece de tudo. Como compositor, eu me habituei a escutar canções e discos novos todas as semanas, mesmo aqueles em que eu não estaria interessado. E eu tenho tido algumas boas surpresas no caminho.

Apesar de ouvir de tudo, entretanto, é preciso selecionar aquilo que o inspira. Ainda dentro do “gospel”, existem canções que não sobreviverão ao teste do tempo. São canções baseadas em clichês e modismos. São letras que, ao invés de exaltar o caráter de Cristo e do Pai, exaltam a ânsia do “eu” por milagres, riqueza e intervenção divina, deixando de lado as verdades bíblicas.

De tempos em tempos, no mercado gospel, somos invadidos por uma enxurrada de modismos que empobrecem a música e deixam de lado a verdade. Então, não gaste muito tempo ouvindo àquilo que não vai ser útil em longo prazo, mas lembre-se que o que é Verdade é eterno.

Além de tudo isso, a música tem o poder de se fixar em nossa mente. Quantas vezes você já se pegou cantando uma música sem ao menos perceber, e muitas vezes uma música que você nem gosta? A música tem esse poder. Então, tenha cuidado com o que você ouve, porque naturalmente, você vai declarar isso através da sua boca.

Então, ouça aquilo que lhe faz bem. Seja guiado pelo Espírito para fazer escolhas certas, e não se deixe levar pelas aparências. Se você não entende outra língua, tenha cuidado com o que você ouve da música internacional. Até dentro da música gospel há canções que não trazem boas mensagens, e até mesmo trazem mensagens em oposição à mensagem bíblica. E se você não entende, como poderá julgar? Busque na internet traduções, perceba no que determinado artista acredita e o que ele prega em suas canções. Ouvir e ser influenciado de maneira desatenta não é uma boa atitude para um compositor.

*Trecho do livro: Trazendo a Terra as canções do céu

Ver todos os arquivos de:
Mensagens - Música

Gostou do artigo? Compartilhe!

Conteúdo Relacionado

Deixe um comentario


5 + = doze

Todos os direitos reservados - 2012