Apenadas do Sistema Prisional do Recife (PE) recebem libertação pela Palavra

Postado em
0

E conhecereis a verdade e ela vos libertará
(João 8.32)

A Palavra continua chegando aos corações e libertando mulheres da Colônia Penal Feminina Bom Pastor, no Recife (PE). Há 5 anos, um grupo de irmãs do Verbo Zona Norte realiza trabalhos evangelísticos e de estudos da bíblia, por meio do Rhema Prisional. Desta vez, além da ministração da Palavra, foram realizadas palestras na área da saúde e distribuídos  livros para a edificação pessoal de cada detenta.

A forte imagem mostra parte dos 210 livros doados na unidade prisional. Ainda no pátio da instituição, 160 mulheres foram alcançadas na distribuição. Outros 50 exemplares ficaram com a direção para controle de leitura na biblioteca. Este lindo momento marca o retorno das visitas do grupo ao local, depois de uma suspensão em virtude da pandemia. De acordo com a idealizadora da ação, Vânia Reis, participaram das atividades três monitoras, duas palestrantes e uma ministra de fé, além da coordenação do Presídio. A tarde de libertação contou com uma ministração poderosa de Edna Loureiro, professora do Rhema Prisional, que faz parte do Verbo Recife Campo Grande. A médica ginecologista, Janilva Amorim, palestrou e afirmou:  

Foi um trabalho muito gratificante porque percebemos no rosto daquelas mulheres a receptividade quanto a este trabalho tirando dúvidas quanto ao cuidado da saúde da mulher fazendo essa visita. Foi um trabalho muito maravilhoso.

Como a ação só previa a participação de homens, o pastor, jornalista e escritor, Cristiano Arcoverde, teve a oportunidade de semear a Palavra de libertação as encarceradas através de um do seus livros: Livres da Amargura (disponível no Verboshop). Quando ele viu os registros da distribuição, relatou ter ficado emocionado. 

Meu Deus! Que emoção saber que muitos hoje estão vivendo cárceres físicos, emocionais e espirituais estão sendo alcançados. Quantas pessoas por conta de um ressentimento mudaram o curso de suas vidas para um caminho de morte, prisão, destruição… mas o quando O MARAVILHOSO JESUS entra na História, ela muda ao ponto da liberdade chegar mesmo cumprindo prisões físicas!

Pastor Cristiano afirmou também que já recebeu inúmeros testemunhos de de pessoas que ficaram “livres da amargura” dentro de unidades prisionais. Ações semelhantes a estas, inclusive, foram realizadas outras vezes por ele. Em Campina Grande (PB), um impacto evangelístico conseguiu alcançar 30 apenadas por meio da doação de uma boa literatura. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA