Em São Paulo, aconteceu o 5º Simpósio Ministério de Socorros e Liderança Setorial

Postado em
0
902

A Supervisão do Ministério Verbo da Vida no Estado de São Paulo, representada pelos líderes Amauri e Marizete Garcia, promoveu neste sábado o 5º Simpósio Ministério de Socorros e Liderança Setorial. O evento é voltado para colaboradores no crescimento do Reino de Deus e tem se tornado, ano após ano, um momento de estímulo e instrução para todos os envolvidos com o serviço na igreja local. O objetivo é estimular e animar as lideranças capacitando-as com novas ferramentas para o cumprimento da visão de Deus com muito zelo e amor.

Este ano, esteve presente um público de mais de mil inscritos, ultrapassando 50 igrejas representadas, destas, 16 eram de outros ministérios. Aproximadamente 150 colaboradores serviram ao evento e auxiliaram para que tudo fosse excelente nas mais diversas áreas, garantindo o bom funcionamento e o conforto para todos os presentes.

Nesta quinta edição, o Simpósio teve como preletores Thiago Garcia, Rachel Bichusky Garcia, Fernando Leal e Marizete Garcia. Também participou o pastor André Martins, lançando seu novo EP “BOM” e trazendo seu primeiro título da Editora Rhema Brasil Publicações “O segredo de viver feliz”. A condução do Simpósio, desde abertura ao encerramento, ficou a cargo do supervisor e pastor, Amauri de Almeida.

Com a temática voltada ao serviço cristão, Fernando Leal tratou sobre a unção no texto de Romanos capítulo 12 e versículo 11, apontando a garantia de habilidade em nos manter fervorosos, com raízes firmes e base sólida ao crescimento. No segundo momento, no período vespertino, ele abordou o comprometimento com a visão e valores inegociáveis.

Thiago Garcia iniciou lendo Hebreus 5.11-14 e levou uma reflexão sobre o crescimento como um indício da maturidade. O ministro sinalizou que para um crescimento saudável, equilibrado e com propósito para o corpo de Cristo é necessário amadurecimento. No período da tarde arrematou tratando sobre quão único e distinto é aquilo que Deus confiou aos seus filhos e a importância da “justa cooperação”. “Sobrecarregamos alguém quando não estamos fazendo a nossa parte do corpo de Cristo, há esforço extra necessário quando não estamos ajustados”, disse ele.

Em Mateus 25, na parábola dos talentos, Rachel Garcia enumerou qualidades essenciais destacadas na Palavra como atributos de bons colaboradores, sendo elas: o papel de ser multiplicador, a competência de ser visionário, o compromisso em prestar contas e a responsabilidade de liderar fielmente independente do tempo já percorrido. Concluiu exortando os presentes a não temerem e fazer o que precisa ser feito ousadamente.

A segunda ministração da tarde, com Marizete Garcia, levou um convite ao descanso em Deus enquanto cada cristão executa o serviço. Livres da mentalidade de falta, pobreza e insuficiência, fora da condição do “apenas necessário”, do limite, do “vermelho”. “Pobreza é um legado da queda de Adão, é um hábito, um espírito, uma mentalidade polarizada, enfim, uma cultura. Tanto pobreza como riquezas podem ser ensinadas, e Deus nos ensinará hoje a romper com a falta e a nos posicionarmos para prosperar e ter força para conquistar”, afirmou ela.

“Quando você ganha dinheiro, você trabalha para outro. Quando você faz dinheiro, ele trabalha para você. Portanto faça dinheiro, enriqueça meditando, orando, dizimando, ofertando e trabalhando. Ouse fluir no poder da semente!”, concluiu Marizete

Os presentes encerraram a tarde celebrando as verdades transmitidas com tanto zelo e desfrutaram de uma unção poderosa. O 5º Simpósio foi um enorme sucesso e as expectativas para 2019 já estão elevadas!

Assista ao vídeo com os melhores momentos:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA