Líderes do Sergipe e da Bahia se reuniram em evento anual da supervisão

Postado em
0

A Supervisão do Ministério Verbo da Vida na Região de Sergipe e Bahia, representada pelo pastor Darren Wray, realizou este mês a 5ª edição da Conferência Regional de Pastores e Líderes. O evento teve a duração de três dias e contou com ministrações do supervisor local e dos ministros Edma WraySimon e Adriana Potter que também fazem parte da supervisão do Ministério. 

Para o pastor Darren Wray, a principal razão de um evento como esse é mostrar o cuidado que a Igreja tem com seu corpo de líderes. “No campo trabalha-se muito e, se a gente não cuidar dos ministros, acabamos esquecendo que o nosso maior chamado é sermos filhos, antes de servos. Estar em primeiro lugar no colo de Deus garante a força para a jornada, o fluir da unção vem da intimidade no relacionamento com o Pai”, explicou o supervisor.

PRIMEIRO DIA

A Conferência iniciou-se com muita celebração. Simon Potter foi o responsável pela mensagem da noite que enfatizou a importância do relacionamento íntimo com Deus. Ele deu prosseguimento e ensinou que o ‘colo de Deus’ é o lugar de partida para todo ministério e, é onde se encontra descanso e paz para correr a carreira proposta. “Percebo o Senhor falando sobre um lugar de descanso, mesmo dentro da Sua obra. Um lugar de trabalho em paz”, disse ele.

SEGUNDA DIA

No segundo dia, Simon foi guiado para ativar chamados missionários de servos fiéis; pessoas que estão se preparando para alcançar as nações com a Palavra da fé. Segundo o pregador, existe uma estratégia de Deus para os países de língua portuguesa. Diversas pessoas serão enviadas à essas nações como resposta.

O Simon nos ensinou sobre fazer as coisas sem esforço, mas nos posicionando plenamente em Cristo. E, no decorrer da Conferência percebemos o quanto o Espírito Santo tem para fazer quando damos espaço para Ele. Eu vi o Espírito Santo transformando essa conferência em uma conferência missionária”, afirmou Zuleica Messias, professora do Centro de Treinamento Bíblico Rhema.

TERCEIRO DIA

Edma Wray ministrou no terceiro dia acerca das pressões que o apóstolo Paulo sofria no ministério. Ela ensinou que a resposta para esses desafios está no poder que está no interior.

“Cada esfera de autoridade desfruta de uma unção e a Igreja está em treinamento para entender como agir debaixo dela. Foi sob esse comando que o Ap. Bud Wright veio ao Brasil: ‘para que o povo recebesse a Palavra da Fé’. E por mais que venham as pressões por todos os lados, a resposta está no poder dunamis que está dentro de nós. Somos explosivos!”, afirmou Edma.

Em seguida, Adriana Potter esteve com a mensagem e comparou a igreja aos vulcões – cujo poder é tão abrangente que, em alguns casos, altera o clima ao redor do mundo. De acordo com ela, cada cristão borbulha o dunamis (Poder) capaz de mudar tudo em sua volta, sem destruir, mas edificando vidas e atraindo o céu para Terra (Mt 6.11). Ela mostrou que o papel de cada um é expressar o Reino e a vontade de Deus aqui na Terra. Para isso, é vital explorar áreas espirituais em oração, desejando o que Deus deseja e orando a Palavra dEle por meio da intercessão.

“Fazemos barganha quando nossas orações são fruto da necessidade do nosso povo. Mas, quando entendemos que a intimidade tem que ser a prioridade nos momentos de oração, passamos a receber todo o suprimento para as necessidades. O início da intercessão é intimidade e o final dela é mais intimidade, porque o alvo é Ele”, revelou Adriana.

O evento encerrou-se ainda com outra ministração do supervisor Simon Potter, quem ressaltou o poder disponível para a igreja e a autoridade do crente pelo nome de Jesus.

“O Corpo de Cristo é capaz de agir conforme o próprio Cristo na terra. Qualquer atitude que intimide o ministério da igreja, vem do diabo e você não precisa de dom de discernimento para saber disso. Aqui está um precioso conselho: ore a Palavra e declare a falência desses planos em nome de Jesus”, ensinou ele.

DEPARTAMENTO DE CRIANÇAS

O Departamento de Crianças funcionou a todo vapor durante a Conferência. Além das ministrações da Palavra de Deus direcionadas para cada faixa etária, houve ainda atividades extracurriculares que rechearam os dias dos pequeninos com muita diversão, tais como: atividade sensorial com macarrão, desfile de pijama, oficina de artes, banho de mangueira, brinquedos infláveis, show de talentos e gincana. Depois dos cultos as crianças recebiam um delicioso almoço preparado por uma nutricionista especializada em nutrição infantil, além de lanchinhos para lá de gostosos no turno da noite.

“Colossenses 3.23 diz ‘E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens’. Assim o fizemos. O trabalho dos voluntários que atuaram no Departamento foi fundamental para o que Deus queria fazer naquele lugar. Fizemos tudo com amor e excelência, que é a marca de Jesus. Temos certeza que, assim como os pais, as crianças foram impactadas nesse tempo”, relatou a líder do Departamento de Crianças, Paula Costa Souza Pasquetti.

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA