Reunião das esposas de pastores despertou o potencial para servir

Postado em
0

Nesta sexta (23) pela manhã, foi realizada uma programação específica para as esposas de pastores do Ministério Verbo da Vida, durante a Conferência de Mulheres 2020. Elas foram cercadas dos cuidados de Deus através de instruções indispensáveis para a missão que realizam em suas cidades.

Essas mulheres lideram as igrejas do nosso ministério auxiliando os seus esposos e realizam o trabalho com intensidade, adorando ao Senhor através de um serviço cheio de excelência. Na manhã dedicada só para elas, durante a conferência, elas começaram o dia declarando o seu amor ao Senhor, mergulhando na comunhão com Ele.

Cinthya Miranda conduziu o período de música, que elevou as participantes a um refrigério celestial através de canções munidas de verdades da Palavra. Suellen Emery veio logo em seguida, para dar as boas-vindas, e destacou que mais de 400 mulheres estavam acompanhando a reunião de maneira on-line. Após isso, ela chamou Jan Wright para ministrar.

MAMA JAN

Nossa Mama está de volta ao Brasil, depois de um tempo em missões no seu país de origem, os Estados Unidos. Ministrando pela primeira vez depois de haver retornado ao seu “país do coração”, Jan falou às esposas de pastores acerca do potencial das mulheres no ministério.

Fomos criadas para gerar, não só no natural, mas no Espiritual. Você, como esposa de pastor, tem a capacidade para produzir e multiplicar grandemente!

Ela explicou que as igrejas locais são muito importantes para Deus e, portanto, importantes para seus filhos. Jan também destacou que as esposas dos líderes da igreja são ajudadoras:

“Tem que ter alguém com autoridade. Duas cabeças em um lugar, dá confusão. O pastor é autoridade em uma igreja para haver ordem. O homem, como pastor, tem a visão que Deus lhe mostra, já a mulher é chamada para completar esse quadro e enchê-lo de detalhes. Precisa ter o toque da mulher!”

Ela alertou também que, assim como o homem protege a mulher, a mulher protege o homem e o honra. Segundo ela, a mulher deve edificar, ajudar e consolar em seu lar, criando um ambiente suave e cheio de amor em sua casa.

Jan prosseguiu falando sobre o potencial da mulher, que é cheia de habilidades e é capaz de fazer muito. “É bom você sempre se permitir a fazer algo que pensa que não pode fazer, só para você descobrir que pode”.

“Você tem a capacidade para criar e gerar grandes coisas. Aumente a sua visão para a grandeza que Deus tem para você!”

SUELLEN EMERY

Após um coffee-break para as mulheres presentes, Suelllen ministrou no segundo momento. “Somos zeladoras!”, destacou ela, que explicou que as mulheres precisam se esmerar em guardar a visão da Palavra, mesmo diante de questões errôneas que estão surgindo e se fortalecendo no mundo. 

“Existe uma cobrança de que a gente dê respostas de forma rápida e, muitas vezes, erramos nisso. Nem paramos para ouvir o Espírito de Deus dentro de nós.”

Com isso, ela disse que uma forma de ouvir as instruções do Senhor é orando em línguas.

“Tenho uma cobrança para estar sempre ouvindo a Palavra de Deus, durante o dia. Coloco, por exemplo, a Bíblia em áudio enquanto faço outras coisas e, se me distraio, volto para escutar novamente”, relatou ela.

Suellen ensinou que não é preciso estar dentro de um quarto para orar: “Desenvolva o hábito de orar em línguas em todo o tempo. Assim, você vai tomar as decisões de maneira correta”.

Ela aconselhou que as esposas de pastores devem se treinar para se encherem todos os dias com a Palavra e o Espírito, pois “renovar a mente é um trabalho diário”.

Nós, ministras, estamos o tempo todo doando de nós para os outros, por isso, precisamos nos manter fortalecidas no Espírito e em nosso corpo físico.

Ela finalizou falando da primazia que as mulheres devem ter quando assunto é não carregar um peso que não lhes pertence. Fazer a sua parte, mas sem carregar a função do seu esposo foi um dos conselhos finais de Suellen, que também orientou as mulheres a treinar pessoas para auxiliá-las e fazer seu trabalho caso tenham que se ausentar.

Sylvia Lima veio à frente para finalizar a manhã e concluiu agradecendo às esposas de pastores que estiveram acompanhando on-line. Também ressaltou a importância de muitas igrejas estarem reunidas nos templos de suas congregações, assistindo ao evento virtualmente.

À noite tem mais da Conferência de Mulheres, a partir das 20h! Fique ligada na nossa cobertura e se prepare para um tempo de fervor no poder e na Palavra de Deus!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA