No Mato Grosso, 1ª Conferência de Mulheres reuniu mais de 100 participantes

Postado em
0

2015_conferencia_mulheres_matogrosso15A Igreja Verbo da Vida em Sinop-MT, realizou a 1ª Conferência de Mulheres do estado, contando com a presença de aproximadamente 150 mulheres das cidades Lucas do Rio Verde, Sinop e Cuiabá, como também de Vânia Nascimento como preletora.

2015_conferencia_mulheres_matogrosso68
Vânia Nascimento

Na abertura do evento, os homens também participaram do culto. Na ocasião, Vânia Nascimento ministrou sobre não remover os marcos antigos, lembrando-se dos ensinamentos de fé que o Ap. Bud colocou como fundamento nesse ministério.

No segundo dia pela manhã, houve um período especifico para líderes e o ministério de socorros. Mais uma vez, Vânia ministrou sobre o valor da unção em nossas vidas, enfatizando a importância de ter um caráter inabalável, “é melhor ter um bom nome do que ser conhecida como uma mulher cheia da unção que vive de qualquer forma”, disse. Ela animou as lideres a crer em Deus por milagres, falando a fé em todo tempo e nunca fazendo uso da posição de autoridade para manipular as pessoas.

2015_conferencia_mulheres_matogrosso30À noite, Vânia pregou a Palavra de Deus as exortando sobre receber o amor de Deus, reconhecendo o quanto são amadas por Ele independente das circunstâncias vividas. Durante a ministração, ela testemunhou algumas situações que vivenciou e como a Palavra a levantou, sarou e transformou o que era necessário.

No encerramento, Vânia ministrou encorajando as mulheres a cumprir os planos de Deus e crer que a unção as capacita a fazer o que naturalmente não poderiam fazer.

“Somos todas ungidas independente de ter chamado para o púlpito. Eu quero chegar diante do Senhor e dizer: ‘Eu cumpri tudo Pai, eu não fui covarde, o diabo quis me parar, mas eu confiei na unção’”, concluiu ela.

2015_conferencia_mulheres_matogrosso38DEPOIMENTOS

“Essa conferência foi de um valor muito especial, tocou muito a liderança, quando Deus nos chama precisamos fazer tudo com excelência. Conscientizou que somos mulheres ungidas e só pode ocorrer crescimento quando há disposição para mudança”. (Tânia Brito – Sinop)

“Essa conferência foi uma experiência renovadora em minha vida. Foi nesses dias que senti pela primeira vez o amor de Deus como meu Pai. Ele me ama”. (Andreia – Cuiabá)

“Participar dessa conferência foi um marco, um avanço e um privilégio desfrutar da unção liberada. Se expor a palavra assim como que ao sol é impossível não ser impactada e carregar consigo uma marca”. (Alzira Asahide – Lucas do Rio Verde)

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA