A jornada do missionário Getúlio Ribeiro de Fortaleza (CE) até Londres

Postado em
2

Há dois meses fora do Brasil, o missionário Getúlio Ribeiro conta um pouco sobre como foi sua jornada de Fortaleza, no Ceará, até chegar em Londres, na Inglaterra. Leia abaixo!

Em João 6.68, Pedro declara: “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna”

Assim como Pedro, desde o início da minha caminhada com o Senhor, eu já sabia que eu não teria outra opção que não fosse segui-lo, aonde que quer que Ele me enviasse, ainda que não tivesse consciência de chamado missionário. 

Eu me lembro que, desde a adolescência, eu sonhava com a possibilidade de falar, ler e entender a língua inglesa, mas era frustrante. Por ser de uma família grande e sem muitos recursos, fazer um curso de inglês não era algo viável, nem mesmo em sonho. 

Quando eu mudei para a capital do meu estado, Fortaleza (CE), descobri algumas instituições que ofereciam cursos de línguas, gratuitamente, desde que fosse aprovado em um teste de seleção. Isso trouxe mais uma frustração, pois não conseguia ser aprovado, apesar dos testes não serem no idioma desejado. 

Depois de alguns anos, agora servindo ao Senhor, no primeiro teste de seleção que fiz, fui aprovado (1996 – 1998) e comecei a dar os primeiros passos naquilo que seria o projeto de Deus para a minha vida. 

Em 2000, concluí o então Centro de Treinamento Bíblico Verbo da Vida. Nessa ocasião, eu já estava ciente do meu chamado nos cinco dons ministeriais, porém ainda desconhecia a inclinação para missões. 

Minha vida girava em torno das coisas do Reino. No ano de 2004, fui convidado pelo pastor Mansuêto Filho, pastor da igreja Verbo da Vida Benfica, em Fortaleza, para servir na igreja, dando início ao ministério de tempo integral – integralmente cuidando das coisas do Senhor. 

À medida que o tempo passava, comecei a notar um desejo se desenvolvendo no meu coração de ser a “voz que clama no deserto”. Porém, ainda sem identificar a direção que deveria tomar, até que, quase de repente, o meu coração começou a ser possuído por um fogo intenso pelo povo inglês e por sua nação e, em 2006, entrei em contato com Suellen Emery, coordenadora da Agência de Missões Verbo da Vida, em busca de orientação. 

Naquela altura, ela me disse que eu deveria mudar para Campina Grande (PB) e estudar nas Escolas de Ministros e de Missões. Diante disso, a única coisa que eu conseguia pensar era no que Paulo disse, em Atos 20.24, “Porém em nada considero a vida preciosa para mim mesmo, contanto que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus para testemunhar o evangelho da graça de Deus.” 

A partir de então, eu comecei a declarar que, em breve, eu mudaria para Campina Grande e começaria a nova etapa da minha vida, o que aconteceu no ano de 2008. Nos anos de 2008 e 2009, concluí as Escolas de Ministros e de Missões, respectivamente. No ano de 2010, eu comecei a trabalhar para o Ministério Verbo da Vida e a lecionar no Centro de Treinamento Bíblico Verbo da Vida, ficando ainda mais envolvido com as coisas do Reino. 

Entre os meses de dezembro de 2011 e janeiro de 2012, eu pude realizar a minha primeira viagem missionária para a nação que o Senhor colocara em meu coração para amar e servir. Senti como se a flecha que havia sido esticada, em 2006, havia sido lançada. Não tinha mais como olhar para trás. 

Nos anos que se seguiram, outras viagens missionárias foram feitas, tanto para a Inglaterra como duas viagens para Angola, na África, nos anos de 2013 e 2019, ficando naquela nação por um período de três meses e meio e dois meses, respectivamente. 

No ano de 2018, com o auxílio da minha liderança, na pessoa de Juliana Borba, comecei a preparar as coisas para que eu pudesse finalmente levantar as velas e deixar o vento do Espírito soprar. Foi um processo longo e, às vezes, angustiante, porque esperar sempre foi uma virtude que precisei trabalhar. Finalmente, em novembro de 2019, na plenitude do tempo, com a bênção do Senhor e a liberação da minha liderança, as minhas raízes foram arrancadas de solo brasileiro e plantadas em solo britânico, onde tenho estado desde então. 

Estando aqui, logo fui convidado para integrar a Secretaria de Missões da nossa igreja, que é multicultural, tendo o inglês como o idioma falado em nossas reuniões, o que eu achei sensacional. 

Também fui convidado para estar à frente das atividades acadêmicas e financeiras da nossa Escola Bíblica Verbo da Vida. Na igreja, eu tive a oportunidade de ministrar, em inglês (risos), e falar sobre as atividades da Agência de Missões dentro do Ministério Verbo da Vida. Além disso, assumi a liderança de um grupo que faz parte de um programa que lembra muito os Grupos Familiares, em Campina Grande, o qual tem o propósito de discipular, desenvolver a visão da liderança local, na pessoa do pastor Jourdel Lord, e estreitar os relacionamentos. 

Na semana em que cheguei, fui apresentado a uns amigos dos irmãos que me hospedam. Descobri que eram pastores e que, há alguns anos, haviam sido expostos à Palavra da fé. À medida que o tempo passava, os laços foram se estreitando e recebi um convite para ministrar em sua igreja, em um domingo. No mês seguinte, veio outro convite e, depois, fui convidado para ministrar na igreja sede desse ministério. 

Em cada uma dessas oportunidades, pude compartilhar daquilo que o Senhor tem imprimido em meu coração e, também, divulgar a nossa escola aqui em Londres. Recentemente, um desses pastores, o qual tem se tornado um bom amigo, decidiu compartilhar uma das minhas mensagens em uma das suas redes sociais e enviar para outros pastores amigos seus, gerando a possibilidade de mais portas sendo abertas para a divulgação daquilo que temos recebido. 

Só faz dois meses que cheguei, mas coisas têm acontecido de uma forma tão extraordinária, que a sensação que tenho é de que tenho estado aqui por muito tempo. 

Como disse o apóstolo Paulo: “Sou grato para com aquele que me fortaleceu, Cristo Jesus, nosso Senhor, que me considerou fiel, designando-me para o ministério(I Timóteo 1.12).

 

 

Graça e Paz,
Getúlio Ribeiro

2 COMENTÁRIOS

  1. Conviver com você no dia a dia só prova que seu testemunho é verdadeiro e genuíno. Você é uma pessoa linda que chega sempre para acrescentar. Somos gratos ao Senhor por seu chamado!

  2. Que jornada linda Getúlio, fui ricamente abençoada ao ler tudo isso que você viveu e tem vivido. Você é um sucesso. Nossa família verbo da vida Zona Sul sentimos a sua falta, mais estamos muito felizes em vê os planos de Deus se cumprindo em sua vida e através da sua vida. Estaremos aqui sempre em oração pelo vida do nosso mais novo missionário em campo. Avance, estaremos aqui vendo o seu crescimento e o crescimento do reino através da telinha. Amamos sua vida.

DEIXE UMA RESPOSTA