Muitas crianças estão sendo alcançadas pela Palavra de Deus

Postado em
1

2015_carta_katy_agosto3A missionária Katiuscia Gomes está avançando com a obra missionária, atuando no Projeto Moçambique. Recentemente, realizou diversas atividades com crianças moçambicanas, entre outras. Confira na carta abaixo:

Olá queridos amigos e irmãos em Cristo,

Continuamente estamos trabalhando com amor e carinho servindo a nação moçambicana, um povo tão bom e amável. Temos muito que fazer aqui, mas a alegria de ajudar aqueles a quem amamos supera tudo. É claro, desejo sempre te fazer conhecedor dos acontecimentos da obra do Senhor nesse lugar e na minha vida.

2015_carta_katy_agosto6Em Junho, comemoramos o dia das crianças moçambicanas. Estivemos colaborando com a festa que a JOCUM promoveu esse ano. Cerca de 80 crianças participaram, foi bem legal ver a alegria estampada nos rostinhos dos pequeninos. Tivemos uma programação bem dinâmica com momentos de recreação, louvores, lanches, e presentes. Como essas crianças são especiais! Sei que as alcançando poderemos, no futuro, ter um Moçambique melhor em todos os aspectos, por isso faz-se necessário sempre investirmos e ensinarmos as crianças que recebem abertamente a Palavra de Deus.

Outra novidade boa, além de tudo o que o Senhor está fazendo, é que tive a oportunidade de viajar ao Centro do País para uma reunião anual de líderes de bases da JOCUM em Moçambique, para representar o nosso ministério. Estava presente cerca de vinte líderes que estão trabalhando em vários estados e províncias de Moçambique. Agradecemos ao Sr. Shephen, líder nacional, o apoio que nos deu para entrarmos na nação e suporte ao nosso ministério no processo de chegada até o presente momento.  Reconhecemos a benção que a JOCUM tem sido para nós desde o princípio, por nos receberem, hospedando-nos e possibilitando a nossa estada no país.

2015_carta_katy_agosto7Ainda estive apresentando o projeto do Ministério Verbo da Vida para Moçambique. Em destaque, a Escola Rhema que contribuirá muito para o aperfeiçoamento dos cristãos e afetará a sociedade como um todo devido aos princípios bíblicos ensinados. Eles ficaram felizes em ver como somos sérios naquilo que estamos fazendo e no que pretendemos fazer pelos moçambicanos. Alguns até mostraram interesse em fazer o Rhema desejando também que venhamos estabelecer no futuro a escola nas cidades que vivem.

De fato, Moçambique tem clamado pelo ensino inspirado, os líderes, e pastores cristãos, a igreja de Cristo está sedenta. Vemos através daqueles que tem a oportunidade de nos ouvir falar do Rhema, ficam animados para receber esses ensinos, e alguns tem visto em nossas vidas os efeitos da Palavra Rhema. Os que apenas ouvem nas igrejas em que ministramos, também estão sendo impactados com a Palavra da fé.

2015_carta_katy_agosto4Em Marromeu (Aldeia do Centro do País), tive a honra de andar pela aldeia visitando as casas dos nativos, cantando com as crianças e orando. Todos ficaram tão felizes em ver uma MULUNGA, como eles chamam os brancos, a alegria estava estampada no rosto da criança, do adulto e do idoso, pois para alguns foi à primeira vez que viram uma branca. O fato de não falar o SENA, dialeto daquela região, dificultou a comunicação, mas ver o contentamento deles já foi muito gratificante. Vimos na prática como para um missionário é importante aprender falar a língua do povo que deseja alcançar, os estrangeiros que vivem lá há muito tempo afirmam, “só é possível conhecer o coração de um nativo quando se aprende a sua língua”. Lá quase ninguém fala o português, as condições são bem precárias, vivem em casas feitas de palhas, não tem energia, água, e às vezes nem o que comer.

Deus levantou o Big boy, um nativo que falava um pouco o português, embora estivesse embriagado durante todo o tempo que andou conosco nessa visita a aldeia, interpretando para nós. Honramos o seu serviço levando para ele uma feira básica, isso o fez reconhecer que Jesus é mesmo poderoso em sua vida e nasceu de novo. O deixamos aos cuidados do Tony, obreiro da JOCUM, que está levando-o para os cultos em uma igreja local. Foi estimulador ver missionários de diversas nações naquele lugar amando, evangelizando, doando sua vida e seus dons para servir aquele povo.

Nesse tempo vivendo em Moçambique posso ver o que Jesus disse: o campo está pronto para ser ceifado, o que precisamos é orar para que mais ceifeiros sejam levantados para a grande colheita das nações. Existem povos de todas as línguas, tribos e nações clamando por salvação.

Precisamos continuar trabalhando na grande seara do Senhor e sabemos que nem todos estarão aqui ou em outra nação, pois a sua missão no corpo de Cristo não é ir, mas todos nos temos a responsabilidade da evangelização mundial e quando você está orando, investido, segurando as cordas está fazendo também missões. Sou grata ao Senhor por te levantar para cooperar com minha vida e juntos estarmos servindo nesse tempo a esse povo.

 

Atenciosamente,
Missionária Katiucia Gomes.

1 COMENTÁRIO

  1. Fico feliz por vocês estarem avançando e cumprindo aquilo que Deus determinou. Amém!
    Sejam muito felizes e ganhem muitas pessoas para Jesus! Amo vcs! Em especial Juan, Iara e minha Professora do Rhema Katiucia. bjs!

DEIXE UMA RESPOSTA