O Fazer o Bem – Projetos Sociais entrou em uma nova estação. Apesar de toda a decoração com flores, na ação realizada no último sábado (7), podemos mesmo chamar  este novo tempo de “estação dos diamantes”. O fato é que o grupo está iniciando mais um projeto, desta vez, para alcançar e discipular mulheres em diversas esferas da sociedade. A novidade recebeu o nome de “Fazer o Bem – Diamantes” e irá lapidar muitas vidas que precisam de transformação interior e exterior.

Para dar início aos novos trabalhos, foi promovido um dia de beleza para as mulheres do bairro Catolé do Zé Ferreira, em Campina Grande-PB. A ação ocorreu em parceria com o projeto Transformação, que atende cerca de 80 crianças da localidade na igreja Comunidade Evangélica de Campina Grande. O Fazer o Bem prestou atendimento para as mães dos filhos atendidos pelo Transformação. Entre os serviços oferecidos estavam: corte de cabelo, escova de cabelo, manicure, sobrancelhas e maquiagem. A produção de cada mulher foi ainda exibida em um chá que ocorreu seguido da ação social.

Os voluntários começaram a atuação por volta das 14h e seguiram até as 17h30 embelezando as mulheres e, entre as conversas, auxiliando-as com a Palavra de Deus . Assim como as mulheres, aos poucos, o salão também era decorado por parte da equipe para o chá que seria realizado logo mais. Bárbara Araújo, líder do Projeto Transformação, passava entre o salão com um sorriso de orelha a orelha ao ver um sonho realizado. Segundo ela, há muito tempo havia um desejo de realizar algo com as mães das crianças que atende, mas não tinha como fazer nada ainda. A novidade do Fazer o Bem vem como resposta às suas orações.

À noite, no chá, tudo estava lindo e as mulheres animadas com o tratamento que receberam. O salão lotado tinha cerca de 60 mães atendidas durante a tarde. Flores enfeitavam as mesas e paredes e muito perfume feminino dava o ar desta nova estação. Sylvia Lima, que esteve empenhada na maquiagem das mulheres mais cedo, agora transmitia a mensagem de Deus por trás de todo aquele embelezamento promovido:

Eu creio que a partir de hoje muita coisa vai ser diferente na sua vida. Deus nos levantou e nos trouxe aqui somente para mostrar o quanto você é preciosa. Deus não te quer bonita apenas por fora, mas também por dentro

Sylvia seguiu contando testemunhos pessoais da sua vida e família para demonstrar o amor e cuidado de Deus com cada pessoa. Ela abordou pontos específicos da Palavra de Deus como a importância de declarar as palavras certas e o papel da mulher em sua família.

Após a mensagem, a ministra ensinou a importância de Deus na vida de cada mulher para que elas sejam transformadas. Fez o apelo para quem desejasse aceitar a Jesus e o som de muitas cadeiras arrastadas impactou a equipe de trabalho. Mais de 40 mulheres nasceram de novo. Após a oração para o Novo Nascimento, muitas receberam oração também para cura.

Foi um dia especial para todos; tanto para as mulheres da comunidade, quanto para as voluntárias do Fazer o Bem Projetos Sociais e do Projeto Transformação. A participante Maria Jocelia afirmou que gostou muito do dia e que nunca havia participado de um “negócio desses”.

Outra participante, Janaina, de 37 anos, ficou maravilhada com a ação: “Foi uma maravilha. Não é sempre que a gente tem um dia assim só para a gente”.

Barbara Araújo, líder do projeto Transformação

No final, Barbara Araújo fez um sorteio de brindes, distribuiu as cestas básicas que cada mulher ganhou e revelou para todas a grande novidade: O curso “Diamantes” que será realizado com as mães no bairro .

FAZER O BEM – DIAMANTES

O início do projeto “Fazer o Bem – Diamantes” acontecerá através de um de discipulado realizado com as mães que foram atendidas no último sábado. Durante o chá, elas foram matriculadas e, em breve, passarão a participar quinzenalmente do curso “Diamantes”, que se apresenta como mais um braço do Fazer o Bem – Projetos Sociais.

A ideia é inspirada no curso Mulher Ideal, criado por Adelai Quefar, que junto ao esposo lidera a igreja Ponto de Pregação em Brasília-DF. No projeto, são utilizados diversos livros da autora Joyce Meyer para ensinar a Palavra de Deus de maneira prática em aspectos essenciais da vida cotidiana, com foco em pontos que se destacam no “universo feminino” como os pensamentos, sentimentos e ações.

Em visita a Brasília, Miriam Leal conheceu a pastora Adelai e o projeto Mulher Ideal e, seguindo direções de Deus, decidiu obedecer e fazer o mesmo em Campina Grande-PB. Miriam se uniu a Suellen Emery, líder do Fazer o Bem – Projetos Sociais, para realizar os sonhos do Senhor. O “Diamantes” surge em parceria com o projeto realizado na capital brasileira e com formato semelhante. São apenas algumas variações, como a frequência do discipulado, que em Brasília é realizado semanalmente e em Campina Grande acontecerá quinzenalmente.

Miriam Leal

Miriam Leal revelou estar com grandes expectativas. Ela viu e ouviu os frutos do que tem acontecido em Brasília e deseja que em Campina Grande-PB muitas mulheres também tenham suas vidas completamente renovadas através do conhecimento da Palavra de Deus.

Além das ações no bairro Catolé do Zé Ferreira, o projeto também já entrará com tudo no presídio da cidade. Na próxima semana, as graduadas do Rhema no Sistema Prisional de Campina Grande participarão de um chá exclusivo no qual conhecerão a proposta de um curso que dará continuidade ao que conheceram no Rhema: A Palavra de Deus revelada.

FAÇA PARTE DESSA NOVA ESTAÇÃO:

Banco do Brasil

Agência 1591-1

Conta Poupança 9386-6

Variação 51

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA