O “grego-cearense” está alcançando o mundo através do Ap. Guto Emery

Postado em
0

Uma pessoa muito fácil de encontrar em diversos bate-papos on-line relacionados ao Verbo da Vida é ninguém menos que o apóstolo “quinturaGuto Emery. Se duvidar, ele participa de mais de uma live ao mesmo tempo. Guto tem aparecido, muitas vezes de surpresa, em inúmeras lives, trazendo graça àqueles que estão nos chats dessas transmissões  on-line. O mais interessante é que sua divertida participação fez surgir uma nova linguagem neste tempo de quarentena: o “grego-cearense”. Uma “ruma” de gente que já viu as “presepadas” do presidente do Ministério Verbo da Vida durante essas ocasiões, tem “dado o maior 10”. Fica todo mundo “se abrindo” com as brincadeiras do apóstolo.

O próprio Guto nos contou que, antes de entrar em um chat, fica primeiro “pastorando” as lives que estão acontecendo. Depois, “pei bufe”, ele entra no bate-papo de uma delas. Mas, não pense que ele fica “mangando” do povo não. É pura brincadeira. Muitas vezes, o apóstolo usa palavras do linguajar do povo cearense, conhecido como dialeto “cearês”. Em outras ocasiões, ele cria o verbete na hora. Com a estratégia, qualquer live que mais pareça “caldo de bila” fica muito divertida quando o Ap. Guto participa. Quando a live já é animada, a sua presença é “sopa no mel”. 

COMO SURGIU O “GREGO CEARENSE”

O Ap. Guto lembrou que o grego-cearense foi inspirado em uma ministração que o Pr. Agnaldo Marques fez na Conferência de Ministros, em Brasília, quando ele falou que uma palavra veio do grego de Alagoa Grande e significava tal coisa. “Aí, eu achei engraçado demais aquilo porque a gente sempre vê o pastor Rick Renner falando que tal palavra vem do grego, do hebraico. Aí, certa vez, quando eu ouvi uma palavra difícil que alguém estava falando em um live, eu troquei a cidade de Alagoa Grande, que Agnaldo falou, pelo Ceará. Isso porque eu tinha recebido de Cleiton, um amigo meu, um dicionário cearês”, contou o apóstolo.

E, assim, Guto percebeu que os participantes das lives pegaram gosto por sua divertida participação. “Agora, toda vez, o pessoal provoca para eu falar mais. Às vezes, eu tô sem live nenhuma e aparece um convite para eu ir para alguma e o pessoal diz: ‘Apóstolo, venha traduzir aqui essas palavras do grego-cearense, que está difícil de traduzir e compreender a mensagem’. Aí, o bate-papo vira um momento de alegria, uma interação entre aqueles que estão fazendo a live com o público que está assistindo. Eu acho isso muito divertido e muito edificante. Neste tempo, eu tenho me comunicado com pessoas que, em outra época, eu não teria acesso”, disse o Ap. Guto, bastante animado.

Raphael Frota, que hoje é pastor do Verbo da Vida Central em João Pessoa (PB), é um dos alvos principais das brincadeiras feitas pelo Ap. Guto. Por ser natural do Ceará, ele conhece bem os termos usados pelo apóstolo. Mas ele não fica “desenxavido” quando Guto parece que “caçoa” dele não. Já está mais do que acostumado. Rapha nos falou que, na verdade, acha esse tipo de brincadeira uma demonstração de carinho do seu líder.

O pastor comentou ainda que essa brincadeira do grego-cearense é exatamente isso: “Guto mostrando essa simplicidade e essa conexão. Isso faz com que pessoas que falam ativamente o ‘cearês’ se sintam amadas e percebem essa conexão de carinho mesmo. Da mesma forma acontece com as pessoas que não entendem, muito bem, tudo aquilo e que aprendem. Elas acabam tenho uma perspectiva diferente sobre um outro grupo de pessoas e sobre o próprio Guto”.

O APÓSTOLO CONECTADO

Bem antes do isolamento social, Guto já estava marcando presença no meio virtual. Tudo começou pelo Twitter. Ele contou que muitos de seus líderes, como Thiago Garcia, Renato Gaudard e Thiago Borba, ficavam no seu pé para ele ter um perfil nessa rede social, pois seria uma forma mais fácil de se atualizar do que está acontecendo no mundo. “Eu comecei a ver algumas notícias rápidas no Twitter, pois já estava sem tempo de ver alguma coisa na TV. Já tem quase dois anos que estou por lá. De vez em quando, eu posto algum comentário, uma frase de um livro”, comentou ele.

Quando veio a pandemia, o apóstolo começou a ser convidado para fazer algumas lives no Instagram. Ele falou que, no início, ele usava o perfil do Ministério Verbo da Vida: “Eu também comecei a entrar em algumas lives  que alguma igreja que estava fazendo porque ficava interessado nos temas. Aí, comecei a querer colocar alguma mensagem no bate-papo, para contribuir com aquilo que os irmãos estavam falando. Mas, eu entrava com o perfil do Ministério. Assim, eu ficava meio que oculto. Eu brincava um pouco e o pessoal ficava sem saber quem era. Terminou que eu e Suellen achamos melhor criar o meu perfil para as pessoas identificarem direto”

Esse novo perfil surgiu também da necessidade do Ap. Guto fazer as próprias lives. Com a entrada na nova rede, ele também passou a interagir com as igrejas e ministros. “Para mim, foi a oportunidade de estar em igrejas que eu nunca tinha ido e conversar com ministros que eu nunca tinha conversado, porque nossas igrejas cresceram demais e eu não tinha mais acesso a eles. Essa foi também uma grande oportunidade de fazer conhecida a história do Ministério e do Pr. Bud, que é muito rica”, festejou ele. 

 

Essa presença digital tem empolgado muito o apóstolo, que falou ainda:

“Nesse universo on-line, eu tenho tido contato com ministros de igrejas já grandes como de igrejas que estão começando, além de ministros itinerantes. Ver essa pluralidade de ministérios e diversidade de ministros é uma coisa linda que tem acontecido. Eu sempre agradeço a eles a oportunidade de estar naquela igreja que eu não sei quando eu poderia ir, se não fosse pela internet, se não fosse por essas lives”

Neste tempo, o Ap. Guto também tem conferido, além das lives, os cultos on-line de boa parte das igrejas Verbo da Vida. “Eu vi tantas ministrações maravilhosas, que me marcaram e encheram a minha vida de alegria, pela Palavra sendo ministrada na sua integridade, na sua fidelidade, além das lives de bate-papo entre cada ministro que eu escutei. Eu sempre vou em lugares que eu nunca fui. Agora, estou indo a essas igrejas de forma virtual, participo das lives e também vou aos cultos. Já tem dois domingos que eu assisto ao culto da igreja de Palmas. E tem sido assim. Eu entro mesmo para ouvir e ser edificado com a Palavra de Deus”, emocionou-se o apóstolo conectado.

Para Raphael Frota, a maior habilidade do Ap. Guto é mesmo se conectar com as pessoas.

“Que fé, amor, alegria e simplicidade são marcas do Ministério Verbo da Vida todo mundo já sabe. Mas Guto, é a personificação dessas coisas. Por causa da alegria e da espontaneidade dele, ele consegue se identificar com as pessoas e as pessoas com ele. E ele faz tudo isso por meio dessa forma suave de alegria, paz e brincadeiras, que também eram marcas do Pr. Bud”, lembrou o pastor. 

DICIONÁRIO CEARÊS

Confira a seguir o significado de algumas palavras usadas no texto, extraídas de um dicionário cearês, facilmente encontrado na internet.

Quintura – pessoa legal, gente boa.

Ruma – uma grande quantidade de alguma coisa.

Presepada – palhaçada

Dar o maior 10 – gostar muito

Se abrir – rir de alguma coisa engraçada

Pastorar – vigiar, espreitar

Pei-bufe– onomatopeia que indica imediatamente

Mangar – ridicularizar

Caldo de bila – uma coisa muito fraca

Sopa no mel – quando uma coisa vem de encontro à outra de forma ideal

Desenxavido – sem graça

Caçoar – fazer chacota de alguém

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA