“Permanecer firme na fé” foi o recado na segunda noite de evento

Postado em
0

Culto de Conferência de Ministros é um tempo de chamados avivados, restaurados e expandidos. Depois deste evento, é certo que estes conferencistas levarão daquilo que tem sido plantado em seus corações para suas congregações e por todo o mundo. Nesta sexta à noite, as sementes foram lançadas por Marty Blackwelder, que trouxe mais uma vez a Palavra em um culto cheio de celebração.

No início da noite, além do período de oração conduzido pelo pastor João Roberto, os irmãos adoraram ao som do grupo de música local exaltando a fidelidade de Deus.

Manoel Dias dirigiu o culto, compartilhou algumas informações e logo chamou os missionários Lúcio Ferraz e Maria Amélia à frente.

MOMENTO MISSIONÁRIO

“É com muita alegria que estou aqui, voltando a essa igreja como missionário”, disse Lúcio, enquanto relatava sua trajetória junto à Amélia. Eles foram a Campina Grande, casaram e moraram por um ano na Bolívia e na Angola em missões. Recentemente, foram enviados a Londres e atualmente estão na Suécia desenvolvendo uma obra no local. Eles relataram que estão com atividades específicas para as crianças e mulheres, além de estarem buscando estratégias para alcançar os nativos.

“Dois suecos já se converteram”, disse Lúcio se regozijando. “Jesus não abandona pessoas e precisamos ter atitude para cuidar daquelas que Ele tem colocado em nossas mãos para cuidar”, ressaltou Amélia.

MARTY BLACKWELDER

Na sua segunda mensagem, durante esta conferência, o reverendo Marty Blackwelder tratou os irmãos acerca da posição que o cristão deve manter diante de uma adversidade.

Iniciou destacando que os cristãos passam sim por aflições, mas o que é determinante é se manterem firmes na fé:

“Precisamos acreditar na Palavra de Deus e declarar a promessa como realidade, mesmo em meio a situações contrárias. Se você se mantiver firme, isso vai mudar!”

Alertou sobre as tentativas do inimigo em fazer com que os cristãos desistam da vitória: “O diabo quer que você desista quando, na verdade, existe uma vitória um pouco mais adiante. O diabo quer dizer que sua fé não está funcionando, mas está sim!”.

Por fim, ainda falou sobre as mudanças de rota que o Senhor é capaz de fazer quando encontra alguém com o coração cheio de fé: “Deus muda o cativeiro. Quando Ele muda a direção de algo, executa maravilhas! Se você se conectar com isso em fé, vai se cumprir!”.

Acesse este ensinamento completo clicando aqui!

Após a mensagem, Marty motivou os conferencistas a se alegrarem na vitória que Deus tem para cada um. “Hoje é o dia da virada”, disse o ministro, exclamando que esta era uma noite para ativar coisas em Deus.

Alertou também que, na música, existe algo liberado através do Espírito Santo. Leu Atos 16.26 e destacou o poder do louvor de Paulo e Silas na prisão, de modo que esse louvor abriu as cadeias. “Podemos criar uma atmosfera de louvor e, não somente a sua situação vai ser resolvida, mas as portas das prisões de outros ao seu redor serão afetadas e liberadas também”, completou.

Assim, Marty chamou a equipe de louvor, que cantou: “Seja a arma que for, você pode saber que eu venço”. Foi quando o ministro incentivou a todos se lembrarem daquilo que estão enfrentando e verem isto como já vencido, com alegria!

Manoel Dias subiu ao púlpito para encerrar o culto dizendo: “Às vezes queremos escolher como a vitória vai vir, mas não é como você quer, é como o Espírito se move”. Falou isso, enquanto cada um dos irmãos presentes tinha uma reação diferente, seja correr, bradar ou chorar, se alegrando com as promessas de Deus.

A conferência continua neste sábado, às 9h30. Continue conectado nos acompanhando por aqui e através das nossas mídias sociais!

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA