Verbo em Olinda-PE recebeu a cantora Ana Nóbrega. Confira entrevista

Postado em
0
987

IMG_5178

Recentemente, a cantora Ana Nóbrega – Durante turnê em Recife-PE para divulgar o seu trabalho mais recente lançando pela Som Livre, ‘Perfeito Amor’ – atendeu ao convite da Igreja Verbo da Vida no bairro Rio Doce localizado na cidade de Olinda-PE, para conhecer o trabalho desenvolvido através do Rhema no Presídio Feminino de Abreu e Lima (PFAL). A mesma também esteve participando de um evento de lançamento do CD solo da cantora e professora do Rhema Karol Araújo. O Portal verbodavida.com entrevistou Ana Nóbrega e você pode conferir esta conversa mais abaixo.

WhatsApp Image 2017-07-31 at 20.51.48A cantora falou que já fazia algum tempo que não entrava em um presídio e, com muita satisfação, abençoou as graduadas da turma pioneira, alunas do segundo ano e outras reeducandas que desejaram participar. Na ocasião, Ana Nóbrega compartilhou alguns testemunhos pessoais e estimulou todas a aproveitarem, com sabedoria, o tempo que elas têm dentro da Penitenciária; aplicando toda diligência no estudo da Palavra e oração.

WhatsApp Image 2017-07-31 at 20.51.27Ana cantou algumas músicas com play-back, sucessos de outros projetos, também outras do seu trabalho mais recente e canções do Diante do Trono, como “Me ama” e “Preciso de Ti”. Deus trouxe ao coração da ministra algumas palavras de conhecimento que foram liberadas sobre as alunas através de imposição de mãos. Houve muito contritamento e alegria nesta tarde. Ao final, o pastor Devaldo Nóbrega (esposo da Ana) orou pelas mulheres e uma das reeducadas, já graduada do Rhema no local, honrou os convidados diante de todos com um presente e orou pelos mesmos.

Ana Nóbrega postou em suas redes sociais o quanto este momento foi especial para ela:

Captura de Tela 2017-08-07 às 21.15.54

ENTREVISTA

Ana Nóbrega – Natural de Fortaleza-CE. Cantora, compositora, pastora e multi-instrumentista.

IMG_4858

PORTAL Esta é a sua primeira vez em Olinda-PE ou já esteve aqui outras vezes?

Bom gente, obrigada por estarem aqui, interessados na nossa história com esse carinho todo. já vim a Olinda sim outras vezes, estive aqui visitando outras igrejas, e também, na época do Diante do trono, nós sempre andávamos por aqui, na grande Recife, como também na capital Pernambucana. Sempre que eu venho é essa delicia, é meu nordeste. Eu amo, eu digo sempre ao pessoal do escritório: “não dificulta minha agenda para lugar nenhum, principalmente para o nordeste”. Primeiro é uma questão de propósito, de amar a minha terra, a minha origem, e saber que é um povo tão carente, tão necessitado, as vezes esquecidos pelos governantes, pelas autoridades. Depois, também tenho o desejo de ver a nossa região despontando, não só no humor, não só no forró, mas exportando para as outras regiões brasileiras homens e mulheres de Deus, sendo berço do avivamento e do reavivamento, das diversas formas.

PORTAL Você cantava no Diante do Trono e, depois, seguiu para a carreira solo. Nos conta como se deu esse início e a transição.

Eu tenho muita gratidão pelo tempo que passei no Diante do Trono (DT), amo aquele grupo. Talvez eu não seria o que eu sou hoje sem aquele período, mas, como a própria Palavra diz, eu também não posso desprezar os pequenos começos. Então,  na verdade eu não comecei no Diante do Trono, comecei na igreja que eu me converti, ali eu fui forjada, ali eu errei muitas vezes como líder de louvor. Na época, eu tinha meus 12 anos de idade. Me converti ao protestantismo, porque a minha família já é de tradição católica. Então foram 10 anos nessa primeira igreja, e eu aprendi muito ali.

IMG_4869Era uma igreja riquíssima de Palavra, instrução, cuidado, discipulado, uma igreja pequena mas maravilhosa, de pastores incríveis, eu fui criada ali, eu posso dizer que ali eu comecei, de fato e, depois daquela igreja pequena, o Espírito Santo foi soprando meu nome para outras igrejas em Fortaleza, daqui a pouco eles tinham que me compartilhar com outros ministérios, então em Fortaleza, eu já tinha esse ministério interdenominacional, que me enriqueceu muito.

Quando eu cheguei no Diante do Trono, a bagagem que eu já tinha chamou atenção. Posso dizer que o Diante do Trono para mim foi uma grande vitrine. Foi o que me revelou para o Brasil. Foi um tempo maravilhoso, sai de Fortaleza fui estudar, fazer seminário na escola do Diante do Trono, eu nem imaginava que tudo aquilo ia acontecer, nem nos meus sonhos mais incríveis eu havia pedido isso a Deus, porque era uma coisa tão difícil, muito impossível. Existe uma mentalidade do nordestino, não todos, de que é impossível para nós, de que é tudo muito difícil, então, talvez isso nunca me deixou sonhar tão alto. Deus fez coisas maravilhosas, foram sete anos no DT e, também, depois de formada, trabalhei na Escola do Diante do trono. Fazem aproximadamente quatro anos que eu estou na intinerância como Ana Nóbrega, é tudo novo, e é engraçado isso, porque quanto mais a gente pensa que sabe, menos a gente sabe. Acho que esse é o grande segredo para a mente sadia, isto te leva sempre para a cruz, sempre para o nível de dependência total. Isso na versão “Twitter” (curta) é o álbum da minha história.

PORTAL Você lançou esse ano o álbum “Perfeito Amor”. Sabemos que cada CD é como um filho gerado em oração e com as direções no Senhor, como foi o processo de construção desse novo projeto?

Foi muito especial, foi difícil pra mim, mas foi muito especial. A gente vinha em uma progressão, depois que a gente saiu do DT havia toda aquela especulação, aquela expectativa do que a Ana Nóbrega vai trazer com o `Nada temerei`?. Então, a gente procurou fazer um trabalho bem feito, no qual eu podia mostrar as minhas composições e, depois, veio – `Não me deixes desistir`, foi meu primeiro DVD, eu amei o projeto. Passei a amar ainda mais o DVD, foi algo amadurecido, teve uma aceitação incrível, de muitos testemunhos, é o álbum que tem oceanos, que quando pensam em Ana Nóbrega, já ligam com Oceanos.

Eu passei para a carreira solo com muita influência da Ana Paula Valadão, quando a gente convive com aquela pessoa e ama ela, acaba ficando parecida. Comecei a buscar de Deus: “Quem eu sou? Qual a minha identidade?”, desejei que o Senhor me ajudasse a me lembrar isso, da Ana que começou a liderança do louvor lá com 12 anos de idade “aonde está a verdadeira Ana Nóbrega?”. Começamos a trabalhar isso também, ai vieram as canções do `Perfeito Amor`. Na verdade, eu tinha outro projeto, completamente diferente, se chamaria `Alegria`, eu tinha canções, muitas canções sobre a alegria do Senhor.

IMG_4916Contudo, a gente encontrou um produtor chamado André Aquino, ele é de São Paulo, proprietário do Dovestúdio, e é um lugar muito especial, um estúdio especial, a mentalidade do André é bem bacana, ele tem um berço musical bem diferenciado no estilo de produção, que é muito gringo, e eu queria isso para o próximo projeto. Então, quando o André falou “Ana o que você quer?”, eu falei: “quero isso, quero esse som”. Passei por um grande processo nas composições, porque as minhas composições não culminavam com aquilo que eu queria chegar. Foi muito difícil cortar filhos pela metade, teve filho que eu tirei braço, tirei perna, foi bem difícil, porque a gente tem muito ciúme né?

Fiz vários testes, porque ele queria capturar algo novo, mas eu me rendi completamente e, depois que ficou pronto, eu vi que valeu a pena. Eu me entreguei ao Senhor e cresci muito nessa experiência, então, estou apaixonada por esse novo CD, ele é lindo. Realmente o Senhor nos deu ele. Nós conseguimos alcançar o nosso objetivo, são canções que falam desse amor que é perfeito.

Quanto a mensagem, eu me alegro de cantar essa verdade. Em um tempo em que a gente não tem referencia do que é o amor, acha que amor é permissividade, vive esse conflito, essa falta de verdade; nós temos recebido de Deus essa palavra de cantar e falar sobre o que é o amor, o que é o amor de Deus, `que amor é esse que moeu seu próprio filho? que amor é esse que fez pesar sobre o seu filho os nossos pecados?`. Então nós temos aprendido bastante, as pessoas que já ouviram esse CD também estão sendo muito abençoadas graças a Deus.

PORTAL Karol Araújo está lançando seu CD e, assim como ela, tem muitos ministros de louvor sendo levantados. Qual é a expectativa do seu coração para esse novo tempo?

Ana Nóbrega orando por Karol Araújo no lançamento da cantora.
Ana Nóbrega orando por Karol Araújo no lançamento da cantora.

Conheci a Karol bem recentemente, mas eu sou muito observadora. E tudo o que eu vi dela esses dias, o trabalho que ela realiza aqui no Verbo em Rio Doce, a seriedade dela, a transparência – a gente pôde ver a transparência dela, da família – estive com ela em obras sociais que eles realizam, que me impactaram bastante. Observei o interesse dela, a responsabilidade que ela tem, ela não é uma cantora, é uma mulher de Deus que, além de ter uma bela voz, tem muito o que contribuir, aonde ela for vai ter Palavra, vai ter revelação, é mestre… Então eu me alegro mesmo de estar aqui, como que respaldando isso, fico feliz mesmo de ver essa geração se levantando, e quero abençoa-la. Estou aqui para celebrar com ela, para abençoa-la. Nesse tempo que nós estivemos aqui, estivemos na casa dela e ela é muito curiosa, querendo aprender, sempre muito bacana, e o nosso prazer é compartilhar, é ensinar das experiências que a gente já viveu, para que ela não caia nos mesmo erros de situações que nós um dia enfrentamos. É muito bonito ver esse coração que ela tem, creio em um tempo de muitas bênçãos para ela e para toda essa nova geração que tá se levantando.

PORTAL Por fim, gostaríamos que você deixasse três conselhos para os músicos.

O primeiro conselho que eu dou é vigiar o coração, cuidar muito do coração, porque é inerente ao nosso caráter, a nossa personalidade sermos mais melindrosos, achar que as palmas são para o jumentinho e não para quem está montando no jumentinho. Nós temos essa coisa da vaidade sim, somos competitivos sim, podemos ser invejosos sim. Somos criativos, sensíveis, carregamos algo muito precioso, mas, temos esse outro lado do nosso caráter que é inerente ao perfil artístico, que deve ser vigiado. Do coração procede as fontes da vida, então cuide dele.

IMG_4879Meu segundo conselho é: Busque ao Senhor de todo coração. Tenha certeza mesmo de que é um chamado, porque muitos estão vendo só a visibilidade, só o `glamour` da coisa, e acabam morrendo no meio do caminho. Devemos realmente buscar de Deus: “esse é o meu lugar? eu tenho esse chamado?”, se não, eu vou morrer fora do propósito de Deus para a minha vida.

Em terceiro lugar, lembro do que tenho sido tão ministrada pelo Ministério Zoe, pela Tamires: “Nunca foi sobre nós, nem sobre o que podemos fazer, é tudo sobre Você, tudo para Você, Jesus”, então, não é nada sobre nós, é tudo sobre Jesus. Quando nós fazemos para Ele, nós estamos servindo ao Seu Corpo. Penso que está faltando esse cuidado, esse zelo; o amor, cuidar, o orar. Existe um propósito em tudo isso, e o propósito não é sobre nós, não é engrandecer nosso nome, não é fazer fama, não é fazer sucesso, não é enriquecer, não! É tudo sobre Jesus, e Ele mesmo fala: “se você me ama, você vai amar também os que são meus” (I João 4.20 – parafraseando).

Então, é isso, cuide do seu coração; busque ao Senhor; busque estar no centro da vontade dEle e sirva ao Senhor, sirva a Igreja.

Abaixo mais algumas fotos da visita da cantora ao Rhema no presído:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA