A influência certa na sua vida

Postado em
2

Quando recebemos a Palavra de Deus. Em cada culto, em cada mover de Deus em nosso meio, as instruções que Ele trás para a nossa vida é uma construção constante. É como se Deus fosse colocando um tijolo de cada vez nessa construção. Afinal, estamos sendo construídos e trabalhados pelo Senhor para assim, chegarmos ao nível de plenitude, que é a vontade do Senhor para a nossa vida. Quando estamos trabalhando nessa construção não podemos colocar qualquer conhecimento dentro do nosso coração.

Quando estamos envolvidos nessa construção, que diz respeito a nossa vida, não podemos usar qualquer material. Pois é a nossa vida que está sendo edificada. Se você tivesse uma oportunidade única de construir a casa dos seus sonhos, você usaria qualquer material para construí-la sabendo que seria a única chance que teria em sua vida inteira?

Pegaria qualquer tijolo e telha e colocaria na sua casa? Pegaria qualquer ferro enferrujado que achou na sucata e colocaria na sua casa para fazer os fundamentos e alicerces dela? Ou pegaria o melhor material que pudesse? Porque você a quer bonita, estruturada e fundamentada?

Na nossa vida é da mesma forma. Estamos sendo construídos pelo Senhor. As coisas que entram em nossa vida fazem parte das nossas escolhas, nos deixamos ser moldados por Deus ou não. Expomos-nos a um tipo de influência ou não.

Cada um de nós está sendo construído, cada dia uma medida, uma porção, um novo vislumbre, uma nova expectativa, correções, trabalho, escolhas, e, às vezes, algumas dessas escolhas são desconfortáveis.

É necessário força para fazer o que precisa ser feito, sem nunca desistir. Sem retroceder, mesmo quando tem vontade de fazer algumas coisas diferentes. Devemos fazer as coisas sem visar obter aplausos e reconhecimento. Faça mesmo sem público, sem credibilidade. Seja perseverante, fiel e constante. Isso fortalecerá a sua vida.

Que possamos seguir cada dia vencendo a nós mesmos, lidando com as nossas limitações, por obediência ao Senhor. Isso vai nos fortalecer, e um dia, as pessoas verão que não somos mais a mesma pessoa. Saiba que isso vai acontecendo ao longo do tempo.

Precisamos aprender que as estações mudam, os tempos mudam, existem ciclos que precisam ser completados para que outros comecem. Deus começa um ciclo e precisa concluir. Até que outros comecem.

É muito importante estar atento a qual influência você está se colocando. Se você escolher uma boa influência, sua vida será conduzida de forma correta.

O chamado de Deus não é recompensa e nem galardão por sua fidelidade. Chamado não é prêmio. Quando Deus coloca um chamado na vida de alguém é porque Ele pode reconhecer a fidelidade dela cumprir aquilo que Ele falou. Ela não vai executar esse chamado porque está “se achando” boa demais. O chamado não é para a nossa honra, não é para chamar a atenção pra gente, mas pra quem Deus é. Você vai trabalhar para levantar Deus aqui na terra e chamar a atenção das pessoas para Ele e não para si mesmo.

Você vai ter que ser cada dia menor para que Deus seja cada dia maior. Você tem que trabalhar em prol do reino. Esquece essa coisa de: “Deus me ungiu e por isso sou uma pessoa muito top”. Se você tem um chamado e Deus te ungiu é porque você tem sido achado fiel, não é por causa de você, é pelo que Deus tem para cumprir aqui na terra.

Deus precisa de pessoas fiéis, íntegras que não queriam tomar a glória para si. Mas que cumpram a missão, que a obra seja concluída.

Quando olhamos para a Bíblia vemos Josué debaixo da influência de Moisés. E mesmo Moisés tendo recebido a missão, ele não conseguiu cumpri-la até o fim. Quem deu o desfecho a missão foi Josué. A missão de Moisés era tirar o povo do Egito, ele não conseguiu cumprir completamente, ele não foi até o fim e quem assumiu foi aquele que estava debaixo de sua influência.

Josué estava sempre disponível para servir a Moisés e Deus encontrou coragem e fidelidade na vida dele. Por isso, ele cumpriu o propósito. Ás vezes, precisamos tirar os nossos olhos de nós mesmos e colocarmos na missão de Deus, no propósito de Deus, porque se você colocar seus olhos apenas no seu chamado, talvez fique muito egoísta. Seu chamado não é por causa de você, mas por um contexto que Deus tem na Terra e você é parte disso, uma peça do quebra cabeça, você não é independente.

 

 

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA